Todo dia, sempre a mesma postura,

Diante da vida que corre célere

E não admite prostração, inatividade

Diante da necessidade maior de ser feliz,

 

 

Esperar, não agir, é não viver a vida

É entregar o destino próprio ao léu

Ou ao sabor do acaso, sem participar,

É, no mínimo, atitude covarde.

 

Eu quero, eu imagino, eu luto,

Começo projetando meus pensamentos

Para o universo assimilar a energia

Que me será devolvida na proporção

Do esforço por mim despendido.

 

O ensinamento do momento, frente

À imagem, que meu olhar capta, inerte.

É valorizar cada momento. vivendo-o

Com intensidade, pois a vida é uma só.

 

Age, linda mulher, com toda força

Capaz de teu ser jovem e belo.

Entrega-te com confiança e denodo

À vida que é benção e dádiva divina.

 

 

Isabel C S Vargas

Pelotas/RS/Brasil

 

 

 

 

 

 

Exibições: 244

Respostas a este tópico

Lindos versos Izabel

Parabéns minha querida

Gde beijo

obrigado querida, bjo

RSS

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Aniversários

Poema ao acaso...

PLATAFORMA LATTES

É possível registrar, para efeitos acadêmicos, os textos publicados no Portal PEAPAZ. Quando se realiza o login na Plataforma Lattes, do lado direito da tela aparece uma janela com a pergunta: "O que você quer registrar?" com a listagem dos tipos de publicações a serem registradas. Entre essas, consta: "Redes Sociais, Websites, Blogs", onde o autor deverá clicar. A partir daí abrirá uma janela, na qual se realizará o registro. É necessário preencher todos os espaços.

Badge

Carregando...
*