Não sairei da cama às pressas...
Quero uma espessa fatia de sossego
Não haverá mesa posta para café
Não levarei as crianças para escola
Não cuidarei das desditas finanças
Não irei à segunda jornada de trabalho
Não haverá mesa posta para almoço
Não levarei o cachorro a passear

Não terei inspiração para aspirador
Não regarei as plantas sedentas
Não colocarei roupas na máquina de lavar
Não esvaziarei as corriqueiras lixeiras
Não haverá mesa posta para lanche
Sem desculpas, não passarei roupas
Não arrumarei as gavetas das gravatas
Sem nenhum suposto Matriarcado
Não farei pesquisa de supermercado
Não haverá mesa posta para jantar 
Não espantarei traças, não lavarei louças
Não farei amor, nem sexo! 
Farei greve geral, internacional!
Serei mulher militante!
Lufague

Exibições: 137

Respostas a este tópico

Parabéns querida poeta-amiga  Lufague

Interessante que na listagem extensa de "Nãos" deu-me um cansaço só de ver escrito tudo o que uma grande mulher faz, só muda o CIC e o endereço. Dizendo NÃO, mostra a nós homens o TRABALHÃO ou TRABALHEIRA que na vida uma mulher faz... SIM!

Claro que a Lufague poeta, é por demais resolvida em sua vida de mulher , companheira, esposa, mãe... Porque só pode elencar essa "greve" de "nãos", quem conhece bem sua força, importância, valor, determinação, valentia e coragem no "OFÍCIO DE SER MULHER". [Mulher = M maiúsculo]

Separo dois versos que adorei:"Não terei inspiração para aspirador" - GRANDE TIRADA, FANTÁSTICA, ADOREI. rs.

E, "pô"- o merecido "castigo" para o gajo... Cruel - mas depois dessa...Merecido... Não haverá mesmo "inspiração"... rsrsrs.

Admirável, Lufague!!  (Se você permitir - aguardo seu  email - postarei em meu blog internacional As Cortinas do Tempo. 

Fiquei feliz só em saber que chamei a atenção de um homem para nossas tarefas do cotidiano, rsrs mas é assim mesmo e nem termina por ai... antes de resolver ir pra cama para o merecido descanso, existe uma outra listinha de afazeres: verificar a agenda de trabalho do dia seguinte, arrumar a mesa do café da manhã, verificar o que vai para o almoço, verificar a ração e trocar a água do gato, passar no quarto dos filhos, verificar uniformes de escola, passar a camisa do marido, fechar as portas e janelas, apagar as luzes e, só então, entrar no banheiro pra escovar os dentes e passar cremes... rsrs. Obrigada pelo convite e tem toda autorização para postar o texto em homenagem ao dia da mulher. Enviei por -email, fotopoema.

Carinho, 

Obrigada, pelo carinho, Miriam

Vez ou outra, merecemos um descanso.

Já tive o prazer de ler, essa tua excelente obra.

Mas não canso de admirar, tanta criatividade num só poema.

Parabéns. Lu querida.

Bjsss.

Obrigada, minha sempre presente amiga das letras !

Meu carinho, 

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...