No parque desabava uma chuva sem fim...

Este dilúvio perdurava dentro de mim

Árvores frondosas com folhas de todas as cores

O irisado daquele desenho assistia as minhas dores

.

Poucas horas antes, o cenário era diferente...

Em vez de solidão, o lugar estava repleto de gente!

Gritos de crianças que corriam; brincando de esconder...

Um casal se beijando; tinham acabado de se conhecer!

.

O pipoqueiro indagava: – Quem vai querer?

O canto dos pássaros era a canção; aquecia o coração!

Um horizonte de encontros e reencontros era a gravura...

Isto só durou até que chegasse ao céu uma nuvem escura!

.

Presenciei todo aquele momento de transformação...

A chuva que começou a cair abraçou a minha solidão!

Guarda-chuvas abrigavam os que ainda caminhavam...

O parque ficou triste; só eu sei das lágrimas que rolavam!

.

O chão se converteu num espelho; fitei o meu rosto nublado...

Aquele recanto viu o meu segredo e se tornou o meu aliado!

A essência relutava para continuar naquele sonho matizado...

Uma obra; um quadro mágico. O pintor estava bem inspirado!

.

Quem dera pudesse me vestir daquele colorido que inebriava...

Sentir o calor da alma daquela árvore que da chuva me abrigava!

De súbito o parque insigne alvoreceu; o clarão assumiu o legado...

Ignorou as lágrimas do elevado, e do meu pranto derramado!

.

Janete Sales Dany

Brasil - São Paulo

 Poesia registrada na Biblioteca Nacional

Registro: 652.761

Exibições: 259

Respostas a este tópico

QUERIDA JANETE, ENCANTADA DIANTE DE TEU POEMA, PARABÉNS POR MAIS UMA BELÍSSIMA OBRA, GRANDE BEIJO MIL.

Boa noite querida Iraci!

Obrigada por colorir a minha noite com a sua linda presença!

Fico muito feliz que você apreciou as minhas linhas singelas...

Com certeza um grande estímulo para mim!

Uma semana repleta de paz

Beijos no coração 

Belo,intenso e repleto de nostalgia e harmonia

Uma obra literária perfeita minha querida

Aplausos amiga...Gde beijo

Boa noite querida Selda!

Obrigada pela linda presença que sempre ilumina...

Se você gostou...isto me deixa muitíssimo feliz!

Com certeza um grande estímulo para mim!

Uma noite de paz e uma semana iluminada!

Beijos no coração

Belíssimo Janete!

Poema inebriante repleto de doçuras

Parabéns querida!

beijos

Boa noite querida Lais!

Fico contente que as minhas linhas singelas tenham lhe agradado,

agradeço o estímulo e a linda presença, uma noite repleta de muita paz

Uma semana maravilhosa

Beijos no coração

Doce Janete, a interação entre observador e a paisagem é uma tênue energia  -  luz e chuva, alegria e tristeza...

Uma tarde no parque quantas vidas abriga ? Quantos sorrisos, quantos sonhos, quantas cores para um quadro ?... Mesmo as lágrimas podem pertencer ao quadro  -  assim como a chuva e as fontes...

Teus versos são deliciosos, mais a cada dia.

Parabéns.

Bjs Wau

Boa noite querida Waulena!

Sim, a beleza se esconde até na dor, até mesmo a magia,

tudo é mágico quando o ambiente assim o faz...

Fico feliz que tenha apreciado as minhas linhas singelas,

agradeço a linda presença e o estímulo!

Uma noite de paz

Beijos no coração

BELO. ENTENSO A REPLETO DE NOSTAGIA E HARMORONIA... 

É SUA OBRA MARAVILHOSA...

Bom dia querido Tancredo!

Obrigado por iluminar a minha manhã com a sua presença!

Fico imensamente feliz que você gostou,

agradeço de coração

Uma semana repleta de muita paz

Mil abraços e felicidades

Ricas rimas Janete.

Encantando com teu ritmo e inspiração.

Bjsssss     

Boa noite querida Mônica!

Fico imensamente feliz que você gostou!

Muitíssimo obrigado por iluminar a minha noite.

Agradeço a linda presença que sempre acrescenta bons sentimentos

Uma semana repleta de paz

Beijos no coração

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...