Uma   escada  pode ser uma imagem de ascenção, onde os níveis de aperfeiçoamento do ser humano sucedem-se a cada degrau, a cada melhora de sua moral, caráter e espiritualidade.

A cada ciclo corpóreo que vivemos, adquirimos experiências vindas de alegrias e de adversidades. Se soubermos enfrenta-las,  compreendê-las, e a suportá-las delas tirando lições, subimos os degraus desta escada, pouco a pouco.  As quedas são naturais, e com elas aprendemos  a corrigi-las. O erro pode ser o princípio do acerto.

Se a forma da escada for em espiral, o ser não cairá em um nível mais baixo do que estava anteriormente.

Para subir, será preciso persistir e esforçar-se, são muitas as virtudes a serem aperfeiçoadas, como por exemplo, a perseverança  e a paciência.

Os valores e os conceitos são essenciais, como bússolas a nos indicar  caminhos certos.

O Universo está apoiado sobre leis universais e o trabalho a ser realizado  é  durante  toda  a eternidade, tal a sua grandeza .

Algumas vezes me pergunto como é possível alguém dizer que pode  um ser humano viver uma só vida e “descansar para a eternidade”, sem ter realizado nenhum esforço para ser melhor. Não há nenhuma lógica nisso. Seria um completo desrespeito para com aquele outro ser que foi honesto e digno em todos os sentidos.

A humanidade tergiversou os verdadeiros conceitos que houve em épocas muito antigas e decaiu até chegar neste momento de guerras cruéis e de terrorismo.

Essa busca por si mesmo se encontra dentro de cada um de nós, em alguns com imensas inquietudes.  

O afeto, o conceito da vida, de conciliação, de  Deus, em tudo é preciso aprender e aprofundar-se. É necessário trocar o crer pelo saber. A grande diferença aí se encontra, e aprender a pensar com conhecimentos é o grande que podemos ir realizando.

Chegará o momento em que compreenderemos de onde viemos e para onde vamos.

      

 Arlete B. Deretti Fernandes.

                       Brasil

Exibições: 93

Respostas a este tópico

Expressiva crônica onde a autora mostra uma visão abrangente acerca da vida.Ressalta o mistério da vida sob uma ótica pessoal onde destaca o conhecimento e aprendizagem como alicerces da conduta ética e moral. Num mundo conturbado a autora tem um texto leve e deixa marcas da esperança em seu último parágrafo.
Um aprendizado e deleite para quem gosta de boa leitura.A autora mostra a imagem de duas escadas uma reta e outra em formato espiral.
Com mini desfechos torna o tema em grandeza maior.
Depreende do texto que é preciso dar avanços firmes e fracassos são prenúncios de recomeços.

Obrigado estimada amiga Arlete por tão brilhante texto

Obrigada, querido amigo Antonio.

Grata por tuas palavras  em minha crônica, muito bem analisada..

A vida humana permite-nos  subir e descer de acordo com os nossos objetivos.

Todos temos trechos leves e outros muito íngremes. precisamos ser valentes para nunca desanimarmos.

Grata, querido escritor.

Arlete Brasil Deretti Fernandes

Um texto belíssimo, muito rico em suas afirmações, tão verdadeiras,

parabéns querida Arlete, bjs MIL.

Grata, querida amiga MIL.

Tuas palavras são sempre delicadas e estimulantes.

Beijos da Arlete.

Amiga Arlete, gostei muito da crónica. Olha que estava a precisar de ler algo assim.

Obrigado e parabéns.

Obrigada, querido amigo João.

Tuas palavras deixam-me feliz.

Alegro-me por teres gostado.

Abraço.

Bom dia, amiga Arlete, uma bela e bem escrita exposição.Abraços carinhosos.

Grata, querida amiga Regina.

Tuas palavras delicadas sempre me alegram.

Beijos.

Não sou contra a modernização dos conceitos tradicionais. De modo geral, considero-os imperativos. Os próprios conceitos éticos e morais necessitam de renovação, para sustentarem as novas vicissitudes.

As guerras sempre existiram; as crueldades humanas, também. Qualquer trabalho histórico demonstra essa realidade. Modificaram-se apenas as formas, através das quais se concretizam confrontos e maldades. Os desatinos persistem. Necessária, portanto, a evolução do ser humano, para que se enxergue no Outro e desenvolva o sentido de solidariedade, amor e respeito ao próximo.

Parabéns, pelo texto, que nos provoca uma reflexão crítica sobre o mundo contemporâneo!

Beijossssssssssssssssssss

Querida Silvia!

Os conceitos precisam evoluir, jamais retroceder. Pelo atroz terrorismo do estado islâmico já podemos tirar nossas deduções. Se houvesse a compreensão do verdadeiro amor, que precisa ser aprendido  e exercido, as guerras não existiriam mais.

 Os  conceitos sempre formaram as reservas morais da humanidade. Muitas coisas retrocedem e podemos ver isto com frequência nas vidas humanas.

Será preciso sabermos o que estamos fazendo aqui neste planeta. Qual a minha missão. Sustentados nos conceitos,os homens podem viver em paz e inspirar mútua confiança. Ao contrário, quando os conceitos são alterados sobrevêm a confusão e o caos. seja no ambiente mental do mundo, seja no dos povos, aos quais acontecem tais alterações.  Quando a humanidade se desvia dos conceitos, sobrém a desorientação. Egípcios e gregos já tiveram estes conceitos. Até voltarem à destruição quando os abandonara.

Nada pode ser estático nem rígido. Para todas as coisas há um limite.

Beijosssssss

RSS

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...