Perdas e danos (Anoitecer)

Apesar da fúria assassina
que arranca pedaços do peito e ele sangra,
jogado no vale das sombras
ao intenso sofrimento... Campo de cemitério!


Há algo incompreensível (?!) que impõe o renascer,
na luz que delicadamente se denuncia
na vida que continua, num sorriso, num abraço,
e tudo vai se transformando...


Viver, morrer, chorar, sorrir,
anoitecer, dormir e acordar para o dia,
a vida continua, independente de nós,
e segundo a vontade de viver e ser feliz,
tudo pode acontecer, apesar de tudo...

Maria Iraci Leal
POA/RS/Brasil
10/07/2017
Obra protegida

Exibições: 96

Respostas a este tópico

Bonita obra. Fala mesmo dos danos que nós mesmos nos causamos segundo a Lei de Causa e efeito.

Uma belíssima tradução das perdas, danos e ganhos que a vida nos impõe, oferece, proporciona e dá. Um testemunho de quem há muito a navega, sem desistir de escrever seu diário de bordo com belíssimos e primorosos versos, mesmo sob as mais cruéis tempestades. Bravoooooooo ! Encantador !    

Parabéns, Maria Iraci Leal! Você soube narrar de uma forma encantadora as perdas, danos e ganhos que acontecem em nossa vida.

A musica e seu escrito tocam a minha alma. Seja muito feliz sempre

Bjus

grande abraço

MARGARIDA MARIA MADRUGA

María Cristina

Paolo Lim

Dulce de Souza Leao Barros

Dione Fonseca de Barros

Elías Antonio Almada

Queridos amigos! Muito grata pela presença, e carinho que me consola tanto nestes meus momentos em que minha alma  purga para uma evolução maior ou resgata algum Karma, poderia até dizer... Muito grata de todo meu coração, um grande beijo para cada um, MIL.

Belas linhas querida amiga Iraci.

A vida sempre continua,

e que continue nos mostrando pessoas belas...

Como Você!

Meu abraço e carinho

Beijos 

Amada Maria Iraci, sem conseguir me expressar, faço minhas as palavas do Paolo!

beijos

Queridíssima Maria Iraci,

A vida é feita de momentos alegres e tristes, não podemos fugir dessa realidade. Mas, o que nos diferencia uns dos outros é a forma pela qual ultrapassamos esses momentos. Admiro-te, pelo exemplo de dignidade humana que transmites, através dos teus versos.

Estarei aqui, se necessitares de mim.

Beijossssssssss

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...