Mulher  das noites incautas.

maquiada com fios de luar,

perfume de fios de ouro,

nascida para deslumbrar.

Olhar de imã, prenúncio

de nova  manhã.

Com seu jeito impactante,

feita de especiais efeitos,

boca de beijar.

Se mostra sobre saltos,

no  passado  vindouro.

cotidianamente a reinar;

vive intensa,

nem pensa

tantos danos causa.,

insanos versos  negros

por uma noite  lhe louvar

Gustavo  Drummond-Brasil-

Exibições: 51

Respostas a este tópico

Amei. Belo poema 

Excelente, felicitacionesssssssssssssss

Gustavo Antonio Drummond

Estimado poeta, encantada com a grande beleza de seus versos,

parabéns, bjs MIL.

Lindíssimos versos, Gustavo.

Encantada com seus versos. Beijo.

RSS

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço