PARQUES DE MINHA INFÂNCIA

 

Jardins verdes de esperança.

Balanços que trazem memórias,

Sol que esquenta o coração.

Familiares saídos das brumas do tempo,

Embora nunca tenham estado fora do coração.

Ricas tardes de domingo,

Livre, nos parques de minha cidade.

Pipocas saltitam nas recordações

Promovendo um nostálgico retorno no tempo.

Isabel C S Vargas

Pelotas/RS

09.02.2017

IMAGEM: ARQUIVO PESSOAL

EDITOR DE IMAGENS:

 http://www.online-image-editor.com/?language=portuguese

Exibições: 84

Respostas a este tópico

Agradecida Miriam.ABRAÇO.

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...