De volta à Origem

Dos Altos -bem alto sentado- sorridente
me vejo olhado por um punhado de Gent
os quais -des-zesperados- em total agonia
presenciam na pele o Tal "Final dos Dias"
 
No entanto não temo -assim como o sorriso-
não é de modo algum -creiam- por ironias 
ao ver os Semelhantes  voltando "A Origem"
sem saber o que fazer nesse "Final dos Dias"

E porquê não temo se também sou um igual?
Ainda que a vida tenha me dado um nome A velar?
Ah! Talvez a resposta  esteja na figura à mostra
onde como podem observar aprendi a Voar.

Diferente de todos os Seres que vi voantes -alados-
meus voos não são qual os que levitam deitados
E nem mesmo na horizontal com as mãos na frente
qual o Super Homem e outros Alados de Mente...

Quando alço voo -e isso desde quando Criancinha-
(ou seja desde o ano passado -salvo memória minha-)
Ou alço voo de pé sem nenhuma capa ou roupagem
ou então sentado no Ar como nos mostra a imagem.

Como vêem nA Origem tudo se re-tornara ao Pó
e o Homem que sem Deus se verá mesmo é só.
E nem sei se podemos dizer se merecedor de dó
desejando que aprendam quais os Escravos de Jó

Nos Mundos e Fundos Tsumamis, e Terremotos
arrazam as Cidades de todos os locais ignotos
Choram os Polititicos com as compras deVotos
de nada lhes valendo o dinheiro das falsas lotos

Até os Ares são envolvidos pelo pó lentamente
deixando bem claro de que não restará semente
Talvez  só se salve  o que foi na vida DecEnte
e há os que já se vêem com o inferno na mente.

Quem sabe -diferente do que Sodoma e Gomorra-
o Ser que cultivou o Amor de fato até não morra.
No entanto as Catástrofes -fazendo enorme "zorra"-
atinge o pecador inarrependido sem quem o socorra
 
 

TUDO GIRA... -E vai passando esse visual medonho...-
Me vejo de novo no solo... -¿Terá sido um Sonho???-*
 
 *Na realidade, se trata de algo sonhado realmente
e descrito em sinopse do vivenciado no sonhado!

 
12 / Jan / 2o15 - 09:17 hs - gaDs*** insPirado em Sonho (i)real Pirado!

DaO

DaO

Exibições: 73

Respostas a este tópico

Obrigado Querida Maria Iraci Leal - Poetisa MIL!

.

Na verdade verdadeira, sonho quase que "noitáriamente"

com situações "Fantásticas" parecidas.

Algumas (d)escrevi em meus Diários e Notários...

Outras ficaram no inconsciente comCiente do SubConsCiente!

.

Beijosss - gaDs!

Belo poema. me lembrei que em sonhos voamos. Sempre me preocupava com a altura que voava e com o solo. Voar sonhos ou a realidade. . Quem não se preocupa com seu voo como fala seu poema paga se o preço voar com azas  alheias paga se o preço politicamente incorreto e lá se vão os inocentes juntos.

 Saudações poeta

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço