Zilath caiu na Terra...

Vinda do Norte, Zilath, de outro planeta, pilotando a sua nave, perdeu o rumo, forçou um pouso de emergência, viu-se tombada entre as nossas montanhas, o que fazer? Enviou mensagens para os companheiros, aguardaria o resgate! Deixou a nave invisível, fez-se invisível também e saiu a percorrer o local (Os companheiros a encontrariam pela conexão energética)... Então buscou as redondezas, encantou-se com a grande beleza da nossa natureza... Descendo mais um pouco, aproximou-se da cidade, ouviu os tantos sons, barulho ensurdecedor, pessoas que passavam cabisbaixas, todos tinham pressa, mal se olhavam e, se falavam, a boca dizia uma coisa e o sentimento outra... Percebeu a guerra, a fome, o sangue e o ódio, Zilath pensou estar num manicômio ou numa destas prisões interplanetárias, para onde são enviados os pobres de alma... Percebeu que aqui era um tipo de inferno, viu-se obrigada a enfrentar sombras maldosas que sobrevoavam, voltou aos tempos de antiga guerreira, quando caçava monstros na galáxia! Zilath não chorava há milênios, de seus olhos ofuscantes e geradores de luz e amor, o imenso pranto jorrou, as lágrimas desciam volumosas, tocavam o solo e se petrificavam... Até hoje os estudiosos ainda não sabem, por que motivo certas pedras exsudam, choram! São as lágrimas de Zilath quando chorou por nosso planeta!

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
14/04/2016
Obra protegida

Exibições: 336

Respostas a este tópico

Encantada!!!

incrivel essas pedras que Zilath nos deixou!

gostei muito teu Conto Fantastico......!!

Queridas Silvia e Maria-José, muito grata pela colocação do meu conto, não esperava, wowwww, um grande beijo para vcs, MIL.

FELICITACIONES AMIGA QUERIDA POR TAN MERECIDO PREMIO A TU MARAVILLOSO CUENTO!!!!!

ABRAZOS Y BEIJOOOOS

Querida MIL

AMADA ESCRITORA!

FELICITAÇÕES POR TEU PRÉMIO!

Aqui as lágrimas de Zilath

fertilizaram a Rocha imponente!

te abraço com muito carinho e Amizade!

Chantal Fournet

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço