MEU BOM JOSÉ

Acróstico

(A José Alves de Lima, in memoriam)

Eri Paiva

 

Jurei  ficar contigo, na  tristeza ou alegria,

Ora bom, ora ruim, fosse o tempo,

Sadio ou  doente  de ti eu cuidaria,

Em qualquer hora, em qualquer momento!

 

Agora,  aqui,  já não estás!

Levantaste voo à pátria distante,

Voltaste à tua  morada  de luz e paz!

Enquanto eu, a tua alma amante

Saudades de ti,  guarda... demais!

 

 

Deus ao Seu regaço te chamou!

Eternidade é agora teu ninho de Amor!

 

Labirintos e laços nesta vida,

Inda me prendem, não sei por quanto tempo!

Meu bom José, eu quisera, alma querida,

Amar-te, outra vez, neste teu feliz momento!

 

Em  02. 05. 2012

 

 

Exibições: 23

Respostas a este tópico

Que bela homenagem, querida poeta!

Amor, que transcende a vida.

Beijossssssssssssssss

Sílvia, obrigada por estar junto! Bj

RSS

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...