Vento, sopro de ares pelo espaço,

Brisa que envolve corpos no tempo

Faz-nos sentir sua brisa quando na pele o seu contato.

Quando nos toca com sutil abraços

A friagem do vento dar-nos arrepios

Afagando-nos em todos os nossos passos.

Ficai conosco, oh, vento, e contagia-nos sempre.

Tua friagem nos faz sentir a harmonia e a pureza do tempo.

Francisco Martins Silva

Uruçuí-PI-Brasil

Exibições: 31

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...