Obrigado Por Existir

Pode parecer frase comum: “Obrigado por existir”,

Pois nada há de mais verdadeiro a fazer-me sorrir...

Transpasso com o olhar as roupas que tu vestes,

Por ardente e incontido amor a quem as veste,

Desejando que nada a envolver-te tu tiveste,

Tenho medo de errar mesmo nunca a ti errando,

Ao acercar-me de ti, por incontido, a desejando.

 

Ter a ti é caminhar livre pela vida sempre adiante...

Inda que proibido de te desejar, mas já desejando...

Com medo de me entregar, já me entregando.
Acariciar sua pele morena de perfume inebriante,

Pousar entre flores a cada momento de amor ardente,

Dois rastros lado a lado nos longos caminhos deixando...

É ter o tempo nas mãos a respirar teu hálito quente,

 

Olhar a cada segundo e me ver dentro de teus castanhos olhos,

Ficar com saudade mesmo tendo-a enlaçada em meus braços

Seguir para onde quer que seja contigo, a cada ida sem escolhos
Ter a ti sussurrando em meus ouvidos palavras, incandescentes,

Em uma linguagem inteligível somente pelo meu subconsciente,

Os sonhos azuis de hortênsias surgem alegres no mesmo trilho,
É sentir em meu coração o refazer da juventude de fonte radiante.

 

Refazer o pulsar do sangue, a felicidade de fazer-me assim radiante,

Pulsa minha vida por tua vida, que busco em ti este incontido amor,

És minha amada, a razão de meu renascer, fazendo-me um gigante!

Exibições: 28

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...