Procuro do seu olhar
Que me faz viajar
Para no mundo de quem sabe amar
Sem ter que pagar para amar


Procuro da doçura dos seus lábios
Finos, coloridos e gostosos
Que me faz chegar na terra dos santos
Sem praticar os dez mandamentos


Procuro da sua mão agradável
Que acaricia o meu corpo menos amável
Recompondo o meu sistema vital
Sem ter que ir ao hospital


Procuro do seu amor que fez acordar o meu coração
Queimado pelo suor do calor
De um coração escravizado pela solidão

Poeta Orriba P.O

Exibições: 51

Respostas a este tópico

 Orriba

Versos maravilhosos, encantada com teu poema,

parabéns estimado poeta Orriba, bjs MIL.

RSS

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço