Esses seus olhos maravilhosos;

Azuis e pequenos;

Expandem os raios de alegria;

Fazendo renascer a minha alegria;

 

Quando vi o seu olhar;

Permanece estático e sem ar;

De tantos olhares que existem somente o seu é que me fez flutuar;

Numa terra sem água e sem mar;

 

Esses seus olhos lindos;

É que me fazem atravessar os oceanos;

Dentro do seu coração;

Resistindo das tribulações da solidão;

 

Não me importa quem tu és;

O seu olhar, tirou minha timidez;

Não penses que é loucura;

Em seus olhos vejo uma doçura;

 

Não diga nada;

Os seus olhares já dizem tudo;

Que precisas alguém na sua vida;

Para beijar os seus lábios doces amelados.

Exibições: 16

Respostas a este tópico

Trouxe uma sensibilidade especial em sua maneira de versar os lábios e o olhar!  

Gostei.

Abraços  

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Autores em destaque - hoje 

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...