Galope à beira mar nº 2

Cordel da amarração

 

Eu vô resorvê meus amô duma veiz...

Fiel às treis alma - de amor que morrero,

morrero afogada, enforcada morrero.

Ajunto mais treis, que no agora são seis

e vão apertar coração duma veiz.

- São treis apertada que deixam sem ar,

são treis beliscões e mais três badalar.

Faz tudo iscondido, não quero o sarado,

não durma o danado, que fique acordado

CORRENDO A GALOPE NA BEIRA DO MAR.

 

Desmanche otro amô, que não tenha sossêgo...

Eu quero esse amô bem inteiro prá mim,

num quero bebida, só quero jasmim.

Que arda di fome, que não tenha emprego

Que em tudo se apronte pro meu aconchego.

- Agora abro a porta e não posso errar,

o pé bato firme, treis vezes prá amar.

Que a vida lhe seja infeliz dimontão,

enquanto não vorte prá mim qual então

CORRENDO A GALOPE NA BEIRA DO MAR.

 

 Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz

Rio de Janeiro, 18 de junho de 2012 – 2h58

Exibições: 199

Respostas a este tópico

           Que bom que tu agora acordaste de vez            

batendo no amor que virou pro outro lado

não mais te queria que pagasse o que fez

morresse morrido tão pobre o coitado

mentira te disse prá crer como crês

que amor bem cuidado não pode enjoar

melado de mel como brisa ao luar

do amor de doçura beleza e carinho

voando no céu como faz passarinho

   FUGIU NUM GALOPE PRÁ BEIRA DO MAR.

Marco Bastos

18/06/2012

ARAVEJASÓ essa minina, careci di simpatia não prum sonho realizá...

Veja comu é mais fácir...

 

PRUM SONHU REALIZÁ

Marcial Salaverry
 
Se avexe não,
essa minina...
qui ieu tô cheganu,
pru teu sonhu realizá...
fique cum gastura não,
si u marvado du galo cantô...
vamu se arrochá
adonde o sonhu tava
cando u marvado isguelô...
nóis se aprochega,
nóis vai si garrá...
mai agora di verdadi,
i vamu botá o galo
pra drentu da panela...
vixi, si vamu...
sem galo pra cantá,
a jurupoca vai piá...
i nóis vai si amá
inté si fartá...
amô di verdadi é bão
dimais, essa minina....
Afeee, si é...
Careci di simpatia não,
nem di corrê pru tar di mar,
cocê mar conheci, ara...
Vem maisieu pra modi
essi sonho realizá...
Entonce? vamunessa?
Marcial Salaverry

Cunheçu uma simpatia infaliver pra modi ocê prendë de veiz seu amô inté eli num se sortá nunca mais das gradi...É só ocê colocá treis kilo di maconha na mochila deli i chamá a puliça... qui tá feito o rebuliçu

hehehe, num sabia qui ocê tá tão isprituoso como tá!... rsrs. Mai cumpadi, é tipática essa tar di simpatia, mai qui fonciona isso, fonciona. Pelo meno inté o seu delega consumi as fumarola e sortá o bichim, mandando panhá mais. noitis. abrçs.   

Pus num é qui é? Cumpadi Marcu ... Cuma é intonce qui elis sustenta lá

o mercadu das canabis, dos fuminhu si num for assim?

Vorta e meia a genti vê nus filmin dessas armaçòes

pra modi circuláe sustentá o cheirinho nos presidiu...

Tá dada a dica pra nossa delegada kkkkkkkkkkkkk.

quiá, quiá, quiá... Esse cumpadi Hilde é terrível! Valeu a dica, amigão. Beijussssssssssssss

Pois intão cumadi eu sobe qui noutrus presidiu essa prática

tá fazendo sucessu e a delegada tá ficano rica e prendendu

todus us amores kkkkkkkkkkkk

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...