NAMORO DE TODA UMA VIDA - CONTO
Marcial Salaverry - SANTOS - BRASIL
 
Tudo começou em um baile de formatura, dia 27/12/1958, no Clube Transatlântico em São Paulo.
Fôra a essa baile, muito a contragosto, apenas e tão somente para acompanhar um amigo, com a idéia de ficar algumas poucas horas, e me retirar. Estava cansado, pois chegara de viagem. Aborrecia-me naquele baile, tudo me parecia entediante.  Estava disposto a afogar meu tédio em alguns Cuba-Libre.
De repente, vi aquela jovem loura, alta, esbelta... Com seu vestido rosa, seus lindos olhos azuis, seu sorriso angelical, compunha a mais linda figura feminina que jamais vira. Foi a primeira vez que senti aquele bater forte do coração, e naquele momento, pareceu-me ver um anjo descendo do céu. Pareceu-me que o salão se esvaziara, e os únicos que lá restavam, eram ela e eu. Nunca uma garota me houvera despertado tal impressão. Impressionou-me tanto, que comentei em voz alta com meu amigo:" Caramba... com essa eu me casaria amanhã mesmo." Quase cumpri a palavra... Casamo-nos alguns meses depois.
Há que se notar que sempre tivera extensa lista de namoradas, mas nunca houvera sentido a emoção do amor. Mas aquela moça, ela superava a todas. Jamais havia sentido algo parecido.
A música recomeçou. Despertei de meu enlevo, e tirei-a para dançar. Ao rodopiarmos pelo salão ao som de Fascinação, decretei que aquela seria a música de minha vida, e que aquela linda jovem iria acompanhar-me para sempre. Seu doce sorriso cativou-me ao primeiro momento.
De imediato, tratei de assegurar que o resto da noite, ela só dançaria comigo (como se fazia naquela época). A princípio relutante, terminou por concordar.
Fizemos par constante o resto do baile, pois por ela foi na verdade a primeira vez que senti amor em minha vida, um amor para toda a vida.

Exibições: 98

Respostas a este tópico

Uma linda história, Poetamigo, como um conto de fada ! rs

Ainda bem que foste àquele baile ...

Bjs Wau

Com toda certeza...

Quando nosso Destino mostra o caminho, é bom segui-lo...

Foi o meu segundo nascimento...em 27/12/1958...

Beijos poeticos,

Marcial

 Ela é sortuda !! rs

Pode ser que o sortudo seja eu...:))

Beijos boanoitais,

Marcial

Verdade !

Os dois são ! Com certeza.

Bjsssssssss

Até que tô de acordo..."ambos os dois" somos...

Beijos carinhosamente bomdiais,

Marcial

querido Marcial

tenho que penitenciar-me por aqui ainda não ter vindo te ler!!

Esse baile de uma vida é belo de se ler e nos comunica a Esperança que o Amor bem valsado bem dançado tem seu par constante na troca de passos e suas contra-voltas e reviravoltas!!

ainda bem que as Cuba-Libre........ficaram no bar!!! ahahah

Foi uma bela trama do Destino...

E se me fosse dado voltar ao passado, faria tudo do memso jeitinho...(e sem Cuba Libre...:))

Beijjos bosnoitais,

Marcial

Que lindo Poetamigo! Gostei muito de ler!

PARABÉNS!

Beijos admirativos.

Arlete M.P.Louro

E eu igualmente gostei muito de te ler...

Beijos poeticamente agradecimentais

Marcial

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço