A MANUELA DE PRETO


Ele é um Lobo-do-Mar e vai pescar, no mar tinha o pão da sua amada. Na cabeça a saudade de Manuela que deixou bordando na soleira da casa ao entardecer. Foi para regressar ao amanhecer. A pesca esta difícil tentou ir mais além, entre as rochas. A fama não era boa. Seu pai lhe dizia sempre e sempre, nunca deves ir mais além... Pensou nela a bordar e a espera dele com esperança. Ela merecia que ele sacrificasse por ela e foi e ouviu melodiosa musica, só podia vir de uma Musa ou de várias Musas. Sentiu a memoria a se esvaziar, a esvaziar, a esvaziar e viu, eram três Sereias lindas e teve a vontade de se aproximar. As rochas existiam e lá estavam  mas não as viu e foi fatal para ele. E ela a Manuela o preto escolheu para seu vestuário e nunca mais vestiu outra cor na longa vida de espera na soleira da casa bordando...

 

Fim

João Furtado

http://Joaopcfurtado.blogspot.com

Exibições: 69

Respostas a este tópico

Obrigada pela joão, gostei do conto da Manuela de preto.

jinhos

L  ivita amiga e artista perfeita
I  mporta ser eu a dizer obrigado
V  ocê fez a obra que me inspirou
I  mensamente bela e aqueles olhos a piscarem...
T  ão bela a tua imagem... Muito obrigado
A  té gostaria de saber fazer desejos tão lindos...

Bjssssss


que lindo joão.!!!

Obrigada.

Jinhos

Lindo conto. Não esperava um trágico fim, mas...

Margarida eu até gostei do fim. Diziam que as sereias encantavam os homens do mar e os levavam..e as mulheres ficavam viuvas, vestidas de preto para sempre. 

Livita, boa noite.

Aqui, segundo a minha mãe me contava... "Naqueles tempos as viúvas eram para sempre..." Bem na verdade é sempre difícil localizar aqueles tempos, pois depois vinha "ela foi destoucada por fulano de tal..." rs rs rs rs rs rs

Abraços,

João 

Pois..na minha terra (Portugal) também acontecia o mesmo. Mas agora já não é assim. Depende das terras, claro. Há sitios que quando os homens vão para o mar, as mulheres vestem-se de preto até eles chegaram..mas só as mais velhas.

Abraços.

Querida amiga e poetisa Margarida

Desculpa, mas foi a "Manuela" que levou-me ao este triste fim...

Obrigado por ter lido e comentado.

Abraços,

João

João e Livita,

O que eu já sabia sobre as sereias é que elas com seu canto "enfeitiçavam" os marujos e capitães de barco e eles enlouqueciam.

Muitos naufragavam.

Dá no mesmo!

Margarida, claro que as sereias são lendas, não é? Os pescadores morriam no mar, naufragavam...o povo inventava essas lendas que eu até acho lindas.

Eu concordo. São lindas.

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço