Sexta feira


O dia não passa
Seguram os ponteiros
Sexta feira brava!
Fantasia por fazer
Gente pra convidar
Gata pra telefonar
Mas tem que trabalhar
Droga de Sexta!

Sábado

Sou um pierrô apaixonado
Não vivo só cantando não
Nem quero colombina
Quero rainha e princesa
Sou o rei do salão e do carnaval
Encarnei Rei Momo,
sábado é meu reinado. 

domingo

Abre alas para minha escola
Abre alas para mim, passista de jeito
Sapucaí me aguarda
Sapucaí me aclama
Sapucaí me dá o tamborim de ouro
Abre alas, estou passando
O rei da passarela
O rei da escola
Turista fica boquiaberto
Nunca viu coisa igual
Sou rei, sou rei, sou rei
Meu reinado é o samba

 

Segunda-feira


Plumas e paetês
Milhões de lantejoulas
Brilho na passarela
Júri de boca aberta
Bravo! Grita o público
E não é uma ópera
É apenas carnaval.


 

Terça feira

Olha o trio elétrico aí
Eu vou atrás, vou atrás
Apesar de estar morto
Mas não morri de tudo
Atrás do trio elétrico
Ô, morena gruda comigo
Vamos fazer um trenzinho
Agarra meu abadá
E vamos que vamos
É hoje só,

Amanhã não tem mais

Quarta Feira

Meio expediente
Mas o dia não passa
Seguram os ponteiros
Quarta brava!
Trabalho por fazer
Texto pra digitar
Fornecedor pra telefonar
Reunião pra agendar
Acabou-se o Carnaval
Virou Cinzas...

Exibições: 105

Respostas a este tópico

Que emoção, você deve ser carioca da gema. Não sabia que era assim, senti sua emoção, seu poema fala! Uauuu! 

Que belo desenho...

Escreveu cada dia vivido no carnaval de muitos.

Parabéns, pela criatividade.

Linda inspiração

Beijos

Originalidade envolta nos sonhos e realidades do Carnaval.

Parabéns!

Beijosssssssssss

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço