Primavera

A andorinha em voo rasante
Vai fazendo o ninho no beiral,
Ela continua a ser o garante
Que mudou o tempo em Portugal.

Os bandos de andorinhas
Voam com suavidade
Elas nunca vêm sozinhas,
Trazem consigo a novidade.

Os campos verdejantes
Ficam todos floridos,
Apaixonam-se os amantes.

É tudo fruto da nova era.
Amores eternos prometidos
Quando chega a primavera.

Francis Raposo Ferreira
09/10/2014

Portugal.

Exibições: 84

Respostas a este tópico

Linda homenagem à primavera.

Estação que inspira os poetas.

Parabéns, pela maravilha em composição.

Bjssss

A Primavera premiou-te com bela inspiração!

Beijossssssssssss

Sinto o frescor da primavera em teus versos, Francisco.

Parabéns !

Bjs Wau

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço