Tertúlia Poética exclusiva para os membros da PEAPAZ

Tema: Dia do Halloween

- 31 de outubro -

Modalidade: Livre expressão

Participação: Livre - a partir de imagens

escolhidas no Grupo "Galeria de Imagens".

São mais de 100 imagens maravilhosas!

As publicações serão realizadas neste espaço,

nas caixas de comentário abaixo.

Período: 27/10/2011 a 31/10/2011 (à meia-noite)

Sílvia Mota - Criadora da PEAPAZ



Trilha sonora: Saint Seiya. Athena's Theme

Exibições: 1295

Respostas a este tópico

 

 

LUA VELEJA

 

leste - não luziu

(precipí_cio parece não alvoreja)

- sol fugidio da tua tulipa  -  a_qui flameja

 

Marco Bastos

 

foto publicada por Sueli Fajardo.

 

 

Lindo Marco,entendi perfeitamente  seu flamejar  só não sei como responder........bjus

FEITIÇO FEITICEIRO
 
Esse feitiço feiticeiro,
dominou teu coração por inteiro...
Fez você se apaixonar,
e perdidamente amar...
Para quebrar o encanto,
não adianta pranto...
nem sequer algum queixume...
tem que manter aceso o lume...
a esse amor se dedicar,
nem pensar em o abandonar...
Pra quebrar o feitiço,
não adianta nenhum serviço...
Ele é forte... dominou seu coração,
sei mesmo que tirou sua razão...
entregue-se a ele, minha querida,
senão você estará perdida...
perdida de amores...
sofrerá terríveis dores...
não suportará tantas penas...
e só depende apenas,
de manter-se enfeitiçada...
assim, por mim apaixonada...
Se o  feitiço você manter,
muito feliz vai ser...
mas se o quebrar...
infeliz vai ficar.
Tens que me amar...
 

Marcial Salaverry

Esse poema surgiu em época de Halloween, final de 2006, quando eu e amigas falávamos sobre situações hilárias e, ao mesmo tempo, temorosas...
Por ter sido às vésperas do Dia das Bruxas e porque achei que renderia um texto interessante, escrevi> Coisas que me deixam mais assustada. Um amigo músico se divertiu tanto, que musicou o poema, mostrou-o à mãe e esta disse que também se assustaria muito mais com qualquer uma das situações citadas no poema, do que ver alma penada ou bruxa.

Espero, portanto, que também gostem. Final de semana misteriosamente mágico. Beijos a todos.

 

COISAS QUE ME DEIXAM MAIS ASSUSTADA

Que ver bruxa ou alma penada:
Cara amarrada
Carteira furada
Estar desempregada
Conta atrasada
Ter dado uma engordada
Ser mal amada
Estar sendo enganada
Ficar adoentada
Deixar de ser admirada
Ser sogra adiantada
Ser avó encarregada
De SEMPRE cuidar da criançada
E não acreditar em mais nada.
Essas coisas me deixam tão apavorada,
Que de bruxa ou alma penada
Eu dou até risada.
Sueli Fajardo

É mesmo, bruxinha-bondade.

No mundo de pernas pro ar

assusta mais a realidade

que as sete bruxas do lugar.

 

Ser sogra adiantada

o que será que isso diz.

vai Ogum para a trombada

- eu atrás vou mais feliz.


Marco Bastos

rsrs

Ser sogra adiantada? rsrs Sogra da meninada, de adolescentes. rsrs Amiga minha estava, na época, muito preocupada com o namoro da filha, ainda muito jovem, acho que com 12/13 anos, se ainda me lembro bem. Marco, muito obrigada pelo comentário em versos, pelo carinho, pela presença, pela amizade.

Que bom, agora sei qual o adiantamento. rs. Sem saber não ia encarar a bruxa e mandei meu Orixá na frente. risos.

Gosto de seu trabalho artístico, Sueli e do seu jeito de pilotar sua página. rsrs

Muito

lisonjeada. Que bom que gosta. Ele é o reflexo do que sou: bem louca, não?

Pode ter a certeza de que eu admiro muito, muito o seu trabalho. Parabéns e muito obrigada

Não te acho louca não.

Se toda a loucura fosse assim.

Ai de mim - ia viver lá no hospício...

rsrs.

Muito bom, Sueli.

Bem criativa!  Essas coisas citadas no poema assustam e preocupam. Com certeza.

Beijossssss

Arlete.

B ela bruxinha // desça da vassoura // receba meu carinho... (2)

R é não dá // empinar não empina // não é vassoura de menina (5)

U ma divina wicca // com seus poderes benignos // para lhe conquistar (3)

X á prá lá essa vassoura !... // vôo e decolo // com você no colo (4)

A bracadabra... ABAR CAD // a_RA_nia e_xu_MAI // SAPO...? OPA! (1)

 

Sílvia Mota (1)

Marcial Salaverry (2)

Maria das Graças Figueiredo (3)

Marco Bastos (4) (5)

Trabalho maravilhoso! Parabéns aos poetas! Bjos.

RSS

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Poema ao acaso...

PLATAFORMA LATTES

É possível registrar, para efeitos acadêmicos, os textos publicados no Portal PEAPAZ. Quando se realiza o login na Plataforma Lattes, do lado direito da tela aparece uma janela com a pergunta: "O que você quer registrar?" com a listagem dos tipos de publicações a serem registradas. Entre essas, consta: "Redes Sociais, Websites, Blogs", onde o autor deverá clicar. A partir daí abrirá uma janela, na qual se realizará o registro. É necessário preencher todos os espaços.

Badge

Carregando...
*