POEMA TRÍVIOLETRA TC: ANDALUZ

A luz que emana // grandeza humana // a magia sevilhana (3)

N uance sefardita  // tolda a inquisição // nathir prana? (6)

D oble, Bizet e Carmen // mescla moura // vinho fervilha (4)

A rte Flamenca // júbilo, jondo // compartilhar emoções (7)

L uz anda alegre // brilha no céu a estrela  // canta a natureza (2)

U rbe em guerras //  Califas e Rainhas //  extensão da História  (5)

Z énite Historico // COABITAÇÃO E RESPEITO // moçárabe e sefardita (1)

Chantal Fournet -1

João Furtado - 2

Fernando José C.R..  Azevedo -3

Laís Müller - 4, 6

Antonio Domingos - 5

Manoel D.Fonsêca Neto - 7

POEMA TRÍVIOLETRA TS: ANDALUZ

Z énite Historico // COABITAÇÃO E RESPEITO // moçárabe e sefardita (1)

L uz anda alegre // brilha no céu a estrela  // canta a natureza (2)

A luz que emana // grandeza humana // a magia sevilhana (3)

D oble, Bizet e Carmen // mescla moura // vinho fervilha (4)

U rbe em guerras //  Califas e Rainhas //  extensão da História  (5)

N uance sefardita  // tolda a inquisição // nathir prana? (6)

A rte Flamenca // júbilo, jondo // compartilhar emoções (7)

Mapa de Andaluzia

Sobre o t7 do Poeta Manoel D. Fonsêca Neto

http://api.ning.com/files/iTmAuSUr3rjHmmTntt*q-GZbq-AaYSVO2YISl97Lfq7G3MWOYarVPu1rTNivBTb0GftVtfi-JO-iWBIlBLz8CjuyW0GrvQXZ/img130514140349_184.jpg

http://federicogarcialorca.net/obras_lorca/el_cante_jondo.htm

sugestão de leitura:

sobre o t6 de poetisa Laís Müller:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nadir

Em astronomia e Geografia nadir (do árabe ندير nadeer نظير nathir, "oposto") é o ponto inferior da esfera celeste, segundo a perspectiva de um observador na superfície do planeta.[1] Nadir é a projeção do alinhamento vertical que está sob os pés do observador, como se "um furo" varasse o outro lado do planeta. Nadir, cujo prefixo nad tem uma ligação com o sânscrito, significaria canaleta, córrego, ou fluxo do nada. Seria então o canal em que circularia o prana pelo corpo até ao infinito. Esse nome é o oposto ao Zênite, que é o ponto culminante em que um astro, com igual declinação, ficaria a 90º com relação ao observador.Também, nadir quer dizer "raro" em hebraico (נדיר) e em árabe.

OUTRAS LEITURAS:

http://peapaz.ning.com/profiles/blog/show?id=5503497%3ABlogPost%3A1337997&xgs=1&xg_source=msg_share_post

https://pt.wikipedia.org/wiki/Andaluzia

******

Do nosso mundo ~ Sul da Europa! ~ para o vosso!!

Brasão de armas de Andaluzia

Exibições: 312

Respostas a este tópico

Dos dias do passado, aos dias do presente..

mistério...alenta os corações enamorados...

da India, a fugir do Tamelan...povos ...novas terras.. novos hábitos se fundem...e se confundem!!!!!

Parabéns a todos os participantes que doaram suas contribuições, enamoradas também!!!!!

jinhos

querida poetisa Laís

Estas tuas palavras enriqueceram e deram o toque perfeito para encerrar:

" da India, a fugir do Tamelan...povos ...novas terras.. novos hábitos se fundem...e se confundem!!!!!"

beijossss de poesiaaaaaa

Chantal

queridos e amados Poetas Trívioletristas

ANTES QUE TUDO FALHE TENHO QUE ACLAMAR

ESTE BELO POEMA ANDALUZ

QUE A ARTE DE TODOS ENRIQUECEU!

Meu APLAUSO pelos aportes brilhantes que todos trouxeram

Estou bem grata a vós queridos Poetas Laís Müller e Manoel D Fonsêca Neto

pelo que aprendemos nos vossos ts!

Não esquecerei o Cante Jondo e o Nathir!

todos foram para lá da obviedade da escrita,

se ultrapassaram etendendo que, em Trívioletra,

tudo passa passa para lá, duma mera junção de "lindas palavras"

e do apressado na redacção dum t!

MUITO GRATA!

*****

Felizmente Laís conseguiu a pesquisa sobre o tema...

eu só tive tempo de fazer a Conclusão do Trívioletra e o computador sem bateria!

Tinha começado a minha actividade noutro lado...sobrou pouco tempo de bateria no PEAPAZ! Eu estava ao sol e não queria voltar logo para casa!!... 3h depois quando voltei a usar o computador bloqueou, assim que entrei no peapaz......

e nada nada a fazer, penso que nem consegui aplaudir um poema, que me agradou muito na antologia...alias foi mesmo aí que bloqueou....

Fiquei tão furiosa do bloqueio que apaguei o computador erradamente, ali no botão geral! É que o computador congelou totalmente nem FB nem mail nem nadaaaaaa

De los Rosales andaluces... quizas....

besossss

Chantal

Amiga Chantal,

A construção coletiva do Trívioletra permite visões diferenciadas e enriquecedoras sobre o tema.  Estou feliz em participar deste desafio compartilhado.

Grato

Manoel Fonsêca

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...