Resultado de imagem para agua

TRIVIOLETRA TI

A salgada... O mar // vasto mistério // via nossa... Lar da Sereia (4)
G ranizo em pedra // neve em flocos // chuva e orvalho e neblina (2)  
U ma dádiva // PRECIPITAÇÃO // trás benção e esperança (1)
A cana doce estática // água do coco // néctares Divinos (3)  

 

TRIVIOLETRA TS

U ma dádiva // PRECIPITAÇÃO // trás benção e esperança (1)
G ranizo em pedra // neve em flocos // chuva e orvalho e neblina (2)  
A cana doce estática // água do coco // néctares Divinos (3)

A salgada... O mar // vasto mistério // via nossa... Lar da Sereia (4)

João Furtado

Exibições: 88

Respostas a este tópico

"A salgada... O mar // vasto mistério // via nossa... Lar da Sereia (4)" 

Querido Poeta João Furtado!

meu aplauso pelos teus tercetos, os ts,

cada um mais lindo que outro!

Obrigada pela riqueza de tua participação!

beijos de poesiaaaa

Chantal Fournet

C  - Como estou alegre
H  - Hoje com as tuas palavras
A  - Agradeço e sabes porque
N  - Nesta caminhada na arte
T  - Tu e muitos outros neste portal
A  - Ajudam-me a crescer passo a passo

L  - Lembrarei sempre e um abraço direi sempre

OBRIGADO
 

Querido Poeta João Furtado!

Sabes como sempre fico alegre com teus poemas e demais escritos!

Com este não é diferente!

Ao reler hoje, fiquei na dúvida sobre a contagem das silabas métricas do t4 dá-me a impressão (mas sabes como sou... rsrs!) que ultrapassa as 17 sílabas métricas! Porque há nesse terceto varios ditongos, aí a contagem é mais dificil! Importas-te de conferir por mim!? Obrigada!! 

É que na 1ª leitura só vi a poesia e a beleza do t........!!!

Beijos de poesiaaaaa!

Chantal Fournet

Na minha contagem, são 16 sílabas...

Belos e ricos "ts".

Encantada!

Parabéns e Felicidades!

Beijossssssssssssss

SILVIA

S ilvia minha amiga poetisa e mestra
I maginar e perceber a água é em Cabo Verde
L evanta-se antes do Sol se vestir
V amos para quatro cantos da Ilha
I mplorando por uma lata para beber e cozinhar
A gora de dessalinização da do mar... Temos-a nas torneiras...

Obrigado e abraço,

João 

Amei o seu trivioletra amigo  poeta.

Saudações  literárias

D este lado feliz e
I mensamente grato
O brigado de coração
N este mimos lindos teus amiga
E u me obrigo a melhorar para os merecer.

MUITO OBRIGADO DE CORAÇÃO.

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...