ADEUS

 

Quem já viveu um adeus

E su’alma ainda chora

De certo não compreendeu:

Quem ama, não vai embora.

Eri Paiva

Exibições: 24

Respostas a este tópico

Eri, querida.

O segundo e o último verso não contém a contagem simétrica necessária, para uma trova.

Pena, pois são lindos teus versos.

Bjsss.

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço