Trovinha da onda
De Té
Quem me dera ser onda,
e me deixar embalar
Só não quero que me escondas
nas vagas do alto mar.
De Té Etelvina da Costa

Exibições: 12

Respostas a este tópico

RSS

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço