Ciganos sim aventureiros não!

Amantes da vida e da liberdade

Fieis aos seus ensinamentos

 

Uma lona envelhecida de pano

Um pedaço de terra marcado no chão

São meus pertences minhas paixões

Andando de cidade em cidade

Deixando ali a minha identidade

Reminiscência de meus ancestrais.

 

Somos um povo de uma longa historia

Habitantes de todos os continentes

Escrevendo sonho aureolado de gloria

Espalhando no tempo nossas sementes

De cantores de belíssimas canções nobres

Encantando os ouvintes com eloquência.

 

Paixão pela literatura das cartas

Das mulheres lendo seu futuro

Do romantismo e da liberdade

De viver sob o manto estrelado

Das nuvens do céu que vão devagar

Iluminando dia e noite a sua caminhada.

 

Cigano sim aventureiro não

Povos que amam a natureza

As flores os rios e as cachoeiras

Da vida a dança, o cântico e a beleza.

Da força contagiante dos seus passos

Unindo o seu povo na luta por direitos.

 

Ciganos sim aventureiros não!

Amantes da vida e da liberdade

Fieis aos seus ensinamentos

 

Luiz Gonzaga Bezerra

São Paulo.

 

Exibições: 41

Respostas a este tópico

Poema de lealdade.Muito bonito.

Boa noite Querido amigo Luiz Gonzaga!

Belíssimo poema!!!

Do começo ao fim, estou encantada

Meus parabéns por este primor em linhas

Mil aplausos

Beijos

Por favor querido escritor Luiz Gonzaga,

existem mais duas publicações iguais com este mesmo poema no Grupo Vida Cigana.

Poderia apagar as outras?

São normas da PEAPAZ.

Deixe só esta aqui que eu comentei, pois enviei para os amigos escritores

para lerem e apreciarem!

Agradeço desde já...

E aqui estou lendo de novo esta maravilha de poema

Gostei muito, beijos

RSS

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...