São eles do farto sorriso,

quando muitas vezes precisam chorar.

 

São eles do amor construído,

quando muitas vezes precisam sonhar.

 

São eles (elas) sonho de consumo de muitos,

Quando, com frequência, apenas precisam respirar...

 

São eles tão cantados em músicas de amor ferido,

enquanto seus sentimentos, foram sempre esquecidos.

 

São eles do pranto contido,

Porque, muitas vezes para sobreviver, precisam cantar...

 

São eles de alguns sonhos, perdidos...

Porque também precisam seguir e continuar.

 

Possuem eles corações partidos,

Foi a estrada da vida que decidiram amar.

 

Intercalam a solidão

com um toque de frisson.

Bandolins e violões,

Dança e alarido

Assim fica mais fácil.

Proteger um coração, já esquecido...

 

Ama o seu povo, a sua vida em seu colorido.

Segue seu caminho. Ora atento, ora distraído.

 

Amará aquela que compartilhe o seu destino.

Pro que der e vier, será o seu pão e também o seu vinho!

 

Doce coração de menino.

 

Exibições: 82

Respostas a este tópico

POema digno dum Povo tão único, quanto Grande, quanto ...Menino

no sentido de Livre e festivo!

Linhas preciosas, escritas por quem tanto conhece

a essência do Viver e Sentir Cigano!

BRAVO! querida Poetisa!

Beijos de poesiaaaa

Chantal Fournet

Obrigada, querida Chantal!

Mil beijinhos.

Marcia.

Parabéns belas linhas, meu abraço, mil felicidades Bjs

Uau! Vcs são mesmo generosos, hein?

Mesmo sem ter trocado o título...pra melhorar...Rsss.

Muito grata!

Adorei participar!

Como a Chantal bem disse: Coração festivo...

Uma alegria receber esta premiação!

Gratidão!

Marcia Cristina.

Querida Poeta Janete Sales!

Sempre te agradecendo pela parceria poética, pela amizade!

Por este capricho com os cartões! Lindos!

Fraterno abraço!

Marcia Cristina.

Obrigada, Leti!!!

Grande abraço!

Marcia.

Aproveito para parabenizar a todos que também participaram!!!

Boa noite!

RSS

Membros

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...