Armando Augusto Coelho Garcia
Compartilhar

Amigos de Armando Augusto Coelho Garcia

  • Críspulo Cortés Cortés
  • Lais Maria Muller Moreira
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

Grupos de Armando Augusto Coelho Garcia

 

Página de Armando Augusto Coelho Garcia

Últimas atividades

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ curtiu a postagem no blog Paciência II de Armando Augusto Coelho Garcia
segunda-feira
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ comentou a postagem no blog Paciência II de Armando Augusto Coelho Garcia
"Sábios versos. Parabéns! Beijossssssssssss"
segunda-feira
Lucineide Sampaio curtiu a postagem no blog Paciência II de Armando Augusto Coelho Garcia
domingo
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia

Paciência II

Paciência  II  Paciência, uma virtude a suportar infortúnioSem queixas, resignação, perseverançaÉ cristalina fonte de água mansaQue corre em noite de novilúnio É resignação, é a constância,Árvore que tempestade não derrubaNatural, é do leão a própria jubaRocha de primordial substância. Porte de alma nobre e generosaQue tem ânimo diligente, ativoE usa desse adereço na prosa Triunfando do tolo agastamentoQue em fiel e prodigioso motivoAfasta de si, a ira do pensamento ! São Paulo, 15-06-2017…Ver mais...
16 Jun
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia

Mãe!

Mãe! Coletânea de Poesias em Homenagem às Mães------------------------------- IO valor que a Mãe tem Senhor, Deus do UniversoDeste à vida o versoDeste o verso, a mim, tambémPara mostrar ao mundoO valor que a Mãe tem Até Jesus, o SalvadorTeu filho amado, SenhorFoi gerado pela MãePara mostrar o valorE o exemplo de Belém Nem todos devotam amorDo preito que são devedoresDisperso o pendor na idadeFilhos esquecem da MãeCometendo iniquidade  Afastam-se como apogeuDaquela que o protegeuNão lembram…Ver mais...
8 Maio
Marlene castilho comentou a postagem no blog A banalidade de Armando Augusto Coelho Garcia
"Lindo poeta ,escrito com alma ___ "
30 Abr
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia

A banalidade

 A banalidade  Trago no peito entranhada a solidãoÀ minha alma, já falta inspiraçãoEsperanças, especulações e fantasia...São hesitações do momento a cada dia. A banalidade da indiferençaSofrida com calma pela descrença,Fez de mim um intrépido lutador,Que nem na última gota, sente a dor E se a dor, persistir em magoar,Do meu peito, hei de a arrancarE não serão os delírios do coração, Que irão impedir de eu controlarNem mesmo evitar de abortarA intensidade dessa louca paixão ! São Paulo,…Ver mais...
20 Abr
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia
19 Abr
Sandra Galante comentou a postagem no blog Castelo encantado (Infantil) de Armando Augusto Coelho Garcia
"Muito bom e terno...."
18 Abr
Sandra Galante curtiu a postagem no blog Castelo encantado (Infantil) de Armando Augusto Coelho Garcia
18 Abr
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia

Castelo encantado (Infantil)

Castelo encantado (Infantil) Naquele castelo encantadoMorava uma linda princesaUm súdito era encarregadoDe proceder toda limpeza Certo dia caminhando, Moço nobre ali passouE meio desconfiadoAo súdito, ele indagou: Se alguém ali morava,No castelo tão bonito,E quem tão bem o cuidava.Mediante o elogio inaudito, Ele contou ao forasteiroQue uma princesa encantadaFoi vítima dum cavaleiroQue tentava desposá-la, Por não ser correspondidoEncanto mandou fazer;Pra só voltar ao sentido  Se um cavaleiro a…Ver mais...
18 Abr
JOSÉ CARLOS RIBEIRO comentou a postagem no blog Só ! de Armando Augusto Coelho Garcia
"Lindo poema que move os sentimentos de amor"
16 Abr
Armando Augusto Coelho Garcia deu um presente para Maria Iraci Leal
13 Abr
Armando Augusto Coelho Garcia deu um presente para Maria Iraci Leal
13 Abr
Posts no blog por Armando Augusto Coelho Garcia

Só !

Só ! Só, na trajetória, abandonadoEsgotado na mágoa e amargorCansado da vida, desventurado,Só ! O sonho escorre como a dor. As lágrimas dos olhos, inútil secarPorque as da alma, jamais secarãoEsperança morta, não pode vivificarA incessante aflição do meu coração. Só ! Nas mãos do destino a flutuarNo silêncio, d’ ansiedade e sentimentoContra os recifes na violência do mar Só ! Atirado nas ondas do destinoA minha vida, caí sem um lamentoNa última prova do estágio divino ! São Paulo, 12/04/ 2017…Ver mais...
12 Abr
Lais Maria Muller Moreira comentou a postagem no blog O Vate de Armando Augusto Coelho Garcia
"Gostei! Sinceramente gostei,   e sempre gosto da tua poesia.... As pessoas simples, ou humildes se colocam a uma avaliação...ao passo que os arrogantes impõem... e é bem por isto que gosto de ler os teus…"
11 Abr

Informações do Perfil

1 - Indicar teu nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Armando A. C. Garcia
2 - Local da tua residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
Armando
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Convite de Silvia Mota
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Tenho três blogs
brisadapoesia.blogspot.cpm
preludiodesonetos.blogspot.com e o recente
criançaspoesias.blogspot.com
publico na Usina de letra;
Recanto das letras;
Site de poesias;
O melhor da Web
Portal Miranda do Douro - Portugal e outros
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Não
6 - Link para site/blog próprio.
brisadapoesia.blogspot.cpm
preludiodesonetos.blogspot.com e o recente
criançaspoesias.blogspot.com
7 - Insira aqui os links para teus perfis nas Redes Sociais.
https://www.facebook.com/profile.php?id=100006693104742
8 - Publica três poemas ou textos da tua autoria.
P Á S C O A




Para salvar a humanidade do pecado
O filho de Deus, veio à terra feito homem
Na sua trajetória, ressuscitou, alçado
Aos céus, após imolado na cruz. Amém


Foi por ocasião da Páscoa, que ocorreu
O milagre da ressurreição e da vida
Nessa via, o filho de Deus, não morreu
Mas sentiu a esperança e a alma dolorida


Pela humanidade, imolado na cruz
Padeceu Ele um sacrifício ingente.
Foi cordeiro de Deus, seu filho Jesus
Que veio ao mundo na figura de gente


Para indicar o caminho da salvação
Jesus, dando a vida, venceu a morte
Revelando ao mundo sua ressurreição
Num sentido profundo de fé e norte.


Seu gesto de misericórdia e compaixão
Exala perfume que envolve o planeta
Levando a cada criatura compreensão
No feixe de luz que irradia e projeta


Reconfortou multidões, caminho afora
Fez paralíticos voltarem a andar
Depois da grande noite sem aurora
Fez cegos enxergarem e mudos falar


O balsamizante perfume dos espinhos
E dos pregos que o imolaram na cruz
Haverão de suavizar os teus caminhos
A cada pensamento de amor para Jesus !


O reino de Seu Lar em paz resplandece
Luzindo no firmamento estrelas de flores
Bendita seja a tortura que engrandece
E cobre as torpezas, de nós pecadores !


São Paulo, 18/03/2008 (data da criação)
Armando A. C. Garcia


Visite meu blog: brisadapoesia.blogspot.com

A luz de Deus

És a luz que dá esplendor
E a seiva à natureza
És a luz do Criador
A luz de Deus, com certeza

És do mundo protetor
O amor de Ti orbita
És lenitivo na dor
O amparo na desdita

És o consolo e a paz
A esperança de quem chora
De tudo Tu és capaz
Por este mundo afora

És o Mestre que afeiçoa
Ensinando o bom caminho
Na mensagem digna e boa
Tangendo amor de mansinho

Dás amparo ao decaído
Socorres na escuridão
O doente, o oprimido
Mesmo aquele sem coração

Tua Divina presença
Se estende, não tem fronteiras
Atende a humilde criança
E ao viço das roseiras

Na aflição e desventura
És a estrela, o caminho
A recompensa futura
De quem procura teu ninho

Mas quem és Tu, diz agora Visite meus blogs:
Que o verso não descortina http://brisadapoesia.blogspot.com
Sou Jesus, a Eterna Aurora http://preludiodesonetos.blogspot.com
Restaurador da doutrina

São Paulo, 27/09/2009 (data da criação) Direitos autorais registrados
Armando A. C. Garcia Mantenha a autoria do poema

As esperanças incertas


As esperanças incertas de progresso
Foram todas frustradas no desamor
O avanço, foi sempre um retrocesso
Caminhando de mal, sempre a pior

Nas auras de bonança aprendi,
A resignado suportar tormentas
Se o remédio salutar está em ti ,
De nada serve, perto dos oitenta,

Minha alma tem sido aguilhoada
Meu coração, pela dor espicaçado
A existência, não foi abençoada

Piorando na trajetória sem esperança
Do fingido brio, envergonhado
Da perjura de tua inverossimilhança !

Porangaba, 23/01/2016 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Visite meus blogs:
http://brisadapoesia.blogspot.com
http://preludiodesonetos.blogspot.com

Direitos autorais registrados
Mantenha a autoria do poema

Blog de Armando Augusto Coelho Garcia

Paciência II

Postado em 16 junho 2017 às 16:19 1 Comentar

Paciência  II

 

 

Paciência, uma virtude a suportar infortúnio

Sem queixas, resignação, perseverança

É cristalina fonte de água mansa

Que corre em noite de novilúnio

 

É resignação, é a constância,

Árvore que tempestade não derruba

Natural, é do leão a própria…

Continuar

Mãe!

Postado em 8 maio 2017 às 17:00 0 Comentários

Mãe!

 

Coletânea de Poesias 

em Homenagem às Mães…

Continuar

A banalidade

Postado em 20 abril 2017 às 15:59 1 Comentar

 

A banalidade

 

 

Trago no peito entranhada a solidão

À minha alma, já falta inspiração

Esperanças, especulações e fantasia...

São hesitações do momento a cada dia.

 

A banalidade da indiferença

Sofrida com calma pela descrença,

Fez de mim…

Continuar

Um contra-senso

Postado em 19 abril 2017 às 14:08 0 Comentários

Um contra-senso

 

Refletindo custa a crer

Que em Deus sejamos irmãos

A ciência salva os doentes,

Pra guerra, matar os sãos.

 

É, ou não, um contra-senso

Do ser humano animal,

Dentre seu labor imenso

Faz o bem, questiona o…

Continuar

Caixa de Recados (10 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Em 7:30am on abril 17, 2017, María Cristina deu para Cindy Lou um presente...
Presente
HAPPY BIRTHDAY BLESSINGS
Em 2:11pm on novembro 12, 2016, Lúcia Cláudia Gama Oliveira deu para Armando Augusto Coelho Garcia um presente...
Presente
Felicidades!!! Abraço.
Às 12:30 em 12 novembro 2016, Maria Iraci Leal disse...

Às 11:03 em 13 agosto 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Feliz, porque apreciastes meu poema "Eu, Sagitário"!

Muito obrigada, estimado poeta e escritor Armando Garcia.

Beijossssssssss

Às 1:28 em 3 abril 2016, Dione Fonseca de Barros disse...

Bem vindo poeta e mil alegrias e novos amigos

 Desejo belos escritos 

Saudações

Às 15:48 em 26 março 2016, Maria Iraci Leal disse...

Em 11:07am on março 25, 2016, Marcia Portella deu para Armando Augusto Coelho Garcia um presente...
Presente
Bem-vindo ao nosso recanto de amor e paz
Em 7:39pm on março 24, 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ deu para Armando Augusto Coelho Garcia um presente...
Presente
Sinto-me feliz e honrada, porque aceitaste meu convite. Grata. Beijosssssssss
Às 19:38 em 24 março 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

 
 
 

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...