Denise Pizzetti
  • Feminino
  • São Paulo/SP
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Denise Pizzetti

  • MARGARIDA MARIA MADRUGA
  • Paolo Lim
  • Sílvia Mota

Presentes recebidos

Presente

Denise Pizzetti ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Denise Pizzetti

Últimas atividades

Denise Pizzetti atualizaram seus perfis
ontem
ROSEMARIE PARRA deixou um comentário para Denise Pizzetti
14 Abr, 2018
Sílvia Mota deixou um comentário para Denise Pizzetti
"Pela passagem do teu aniversário..."
5 Abr, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Denise Pizzetti
2 Abr, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Denise Pizzetti
27 Mar, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog Ode Aos Sonhos Perdidos de Denise Pizzetti
"Belíssima construção."
26 Mar, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA curtiu a postagem no blog Ode Aos Sonhos Perdidos de Denise Pizzetti
26 Mar, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog Sentença de Denise Pizzetti
"Que Sentença! - Belo poema Poetisa. Parabéns."
26 Mar, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA curtiu a postagem no blog Sentença de Denise Pizzetti
26 Mar, 2018
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog Prisma de Denise Pizzetti
"O poema é lindíssimo. "Quem ama não entende malquerer" - Esse verso me faz pensar. Se o malquerer é para mim e eu me amo..."
26 Mar, 2018
Elisiário Luiz curtiu a postagem no blog Prisma de Denise Pizzetti
26 Mar, 2018
Elías Antonio Almada comentou a postagem no blog Prisma de Denise Pizzetti
25 Mar, 2018
Elías Antonio Almada comentou a postagem no blog Sentença de Denise Pizzetti
24 Mar, 2018
Elías Antonio Almada comentou a postagem no blog Ode Aos Sonhos Perdidos de Denise Pizzetti
24 Mar, 2018
Elisiário Luiz curtiu a postagem no blog Réquiem de Uma Alma Desgraçada Ou A Roda de Íxion de Denise Pizzetti
22 Mar, 2018
Posts no blog por Denise Pizzetti

Réquiem de Uma Alma Desgraçada Ou A Roda de Íxion

Sepultaram-me viva E me castigaram com a imortalidade Eternidade punitiva Com a mais voraz das fomes insaciada E o mais glacial dos invernos a cobrir meu corpo despido Consumido em síncrono pelas brasas dos sete infernos Alma maldita, indigna da clemência do descanso eterno Agonizando in pertetuum e compondo versos funestos Já que os anjos não podem ouvir meus gemidos Contidos pelo mortuário lacrado e cimentado  Da vida e da luz isolado À escuridão e à podridão resguardado Apelo ao lirismo:…Ver mais...
22 Mar, 2018

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Denise Pizzetti
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
São Paulo/SP
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Indicação de um amigo
4 - Traça-nos s tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Piano Clássico (desde os 4 anos)
Pintura em nanquim
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Sim
6 - Link para site/blog próprio.
https://www.facebook.com/denise.pizzetti89
7 - Insira aqui os links para os teus perfis nas Redes Sociais.
https://www.facebook.com/denise.pizzetti89
8 - Publica três poemas, textos ou imagens da tua autoria.
Desalentos

Se a vida é um oceano
És um vento incerto
Traz tormenta e mar aberto
A um coração deserto

Meus dias são cinzentos
Minhas noites aos relentos
Incessantes desalentos

Almejo o silêncio da sepultura
A essa dor que me tortura
Paz eterna à desventura.

13/10/2009

Prece à Noite

Envolve meu corpo em relento
Livrai-me do tormento
Serena minha alma em teu silêncio

Abrigue-me em teu breu ermo
Onde gemem os enfermos
E descambam os ébrios

Traz-me um sono profundo
Já morri pra este mundo.

?/?/2010

Carnaval

Um sorriso desenhei em meu rosto
Pintado com lágrima e sangue
Mascarei em alegria o desgosto

Ornamentei com rosas minha sepultura
Tão suaves e tão mortas
Criando assim essa armadura
Que carrego em vias tortas



14/02/2010

Blog de Denise Pizzetti

Réquiem de Uma Alma Desgraçada Ou A Roda de Íxion

Postado em 22 março 2018 às 10:30 3 Comentários

Sepultaram-me viva

E me castigaram com a imortalidade

Eternidade punitiva

Com a mais voraz das fomes insaciada

E o mais glacial dos invernos a cobrir meu corpo despido

Consumido em síncrono pelas brasas dos sete infernos

Alma maldita, indigna da clemência do descanso eterno

Agonizando in pertetuum e compondo versos funestos

Já que os anjos não podem ouvir meus…

Continuar

Pureza Obscena

Postado em 21 março 2018 às 10:30 2 Comentários

Como um raio de sol que entrou por uma fresta

No quarto escuro em que me tranquei da vida que me resta

Ludibriou meus sentidos, entorpeceu meu corpo

Minha filosofia se perdeu em teu nome

És como uma chama que a tudo consome

Quero o teu encanto e quero o teu veneno

A pureza de um santo e o pecado mais obsceno

Quero te ensinar que no amor 

Não há sacrifício, martírio ou dor

Como dizem os padres e…
Continuar

A Tragédia Humana

Postado em 21 março 2018 às 10:30 2 Comentários

Antes era cedo, agora é muito tarde

O tempo é a melhor escusa

Quando se é covarde

A noite chega confusa

Com aquela ferida que arde

Escuridão e silêncio

Que por dentro me fazem alarde

(Ouço minha alma gritar na quietação do mundo)

A manhã nasce obtusa

O orvalho, o cantar de um galo

Como todo dia

(A mesma monotonia)

O jovem…

Continuar

Sentença

Postado em 20 março 2018 às 10:30 2 Comentários

Ao silêncio da meia noite

Palavras sem sentido

Ceifando-me como uma foice

Hoje mais fortes do que golpes de açoite

Você: terreno infecundo

Trem perdido

Tudo o que me restou:

A cama ao sereno e um nó na garganta

Com lágrima inundadas; sufocou-me

Com o oxigênio do meu corpo; enferrujou-me

Herdeira sou de um pesar que nada acalanta 

Pecado: um quadro de querubins

Seus…

Continuar

Caixa de Recados (8 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Às 20:41 em 14 abril 2018, ROSEMARIE PARRA disse...

Às 9:34 em 5 abril 2018, Sílvia Mota disse...

Pela passagem do teu aniversário...

Às 11:09 em 2 abril 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

Às 15:48 em 27 março 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

Às 19:23 em 19 março 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

É COM MUITO CARINHO QUE RECEBO SUA AMIZADE.

BEIJINHOS DENISE!

Às 9:23 em 19 março 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

SEJA BEM VINDA DENISE!

Às 2:54 em 19 março 2018, Sílvia Mota disse...

Às 1:38 em 19 março 2018, Sílvia Mota disse...

 
 
 

© 2019   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço