FABIO RIBEIRO
Compartilhar

Amigos de FABIO RIBEIRO

  • Suzanaheemann
  • Dione Fonseca de Barros
  • LETI RIBEIRO
  • Mauro Martins Santos
  • Zeca Feliz Avelar
  • Nieves Merino Guerra
  • Paolo Lim
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
 

Página de FABIO RIBEIRO

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
FÁBIO RIBEIRO
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
MANAUS-AM
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
CONVITE DE LETI RIBEIRO
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Acadêmico de Letras-Português Inglês

***
PARTICIPAÇÃO EM ANTOLOGIAS

***
2ª ANTOLOGIA POEMAS E VERDADES
Poema – UNIÃO (Fábio Ribeiro – Abril / 2015)
***

Escrevendo Minha Primeira Obra - as LINHAS DA VIDA de um industriário - Romance Real-fictício.
***
A letra e a literatura sempre fizeram parte de sua vida. Transcrever em
prosas ou poesias os sentimentos e os acontecimentos do mundo real ou imaginário, é algo que o julga ser desafiador.

***
Página no Site Recanto Das Letras - Ativo Desde Dez/2014.

***
Tradutor - Inglês - Português - Inglês
***
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
SIM
6 - Link para site/blog próprio.
SIM
7 - Insira aqui os links para os teus perfis nas Redes Sociais.
http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=166839

https://www.facebook.com/river.junior.1
8 - Publica três poemas ou textos da tua autoria.
POESIA - SONHOS E ILUSÕES

Tu és o poema que eu nunca quero concluir
És um espelhismo que não me canso de mirar
E quando me aproximo o real toma o teu lugar
Como pode um homem o abstrato perseguir?

Talvez eu possa um dia para tua terra fugir
Pra ver aqueles que o sol um dia veio saudar
E depois do último verso foram contigo morar
Muitos não conseguiram o tal sucesso atingir

Os sonhos estão mortos nos sebos da cidade
O planador não foi páreo pro despenhadeiro
Voou, mas não conseguiu alçar a imortalidade

Nesse milharal nem todo vento é o derradeiro
O corvo voa feliz rumo ao leito da mortandade
A poesia deve ser d’alma um choro verdadeiro!

***
EMBRIAGADO DE POESIA

Dessa inspiração matutina tomei uma taça
E desancorado de mim sou barco a deriva
Impregnado de sonhos minh'alma está viva
Sinto libertar-me da solidão que me abraça

E a indelével tristeza em alegria se disfarça
Para que a cada dia o meu desejo sobreviva
Nesse recôndito, faço da poesia minha diva
E oculto nos versos tudo o que me ameaça

Na metáfora de um louco eu sorriu sozinho
Sou prisioneiro de mim nesse mundo liberto
Pois cada poema é pro poeta um caminho

Nesse momento já posso senti-la tão perto
Ela me afaga o rosto me fazendo um carinho
Ah! Poesia, porque deste sonho eu desperto?



***
DESEJOS DE UM AMAZONENSE

Amazonas, eu queria para sempre viver!
Pra banhar-me nos teus rios e igarapés
Embrenhar-me nessa mata que tu és
E no centro dela, água de cipó beber

Quero ouvir o mestre dos passarinhos
Canta! Uirapuru saudando um novo dia
Sábia natureza, em ti quanta harmonia
Mas o néscio não segue teus caminhos

Nossa terra é valorosa e repleta de fartura
Em tuas águas doces o cardume sagrado
Nas florestas para muitas doenças a cura

Em teu rico solo, muito ouro já foi lavado
Nos infindáveis rincões mistério e aventura
Esse filho orgulhoso reverencia seu estado!

Blog de FABIO RIBEIRO

TACITURNIDADE

Postado em 29 abril 2016 às 14:11 4 Comentários

Que eu jamais seja tolido pelo mundo ou por alguém, e que ao fim de minhas letras eu não me arrependa... De um verso que eu não escrevi e que eu o faço, ainda que de maneira oculta, só não quero…

Continuar

CONSTERNAÇÕES

Postado em 26 abril 2016 às 13:22 2 Comentários



CONSTERNAÇÕES



Tarde em que a tristura

Chapisca minha alma 

De cores desbotadas

Por que o Mestre Mundo...

Ainda faz salgar meu rosto

Com lágrimas inglórias



Procuro…

Continuar

ROSAS NA ESCURIDÃO

Postado em 26 abril 2016 às 13:00 3 Comentários

ROSAS NA ESCURIDÃO 



E essas visões que me chegam sem parar...…

Continuar

OLHARES E SEGREDOS

Postado em 6 fevereiro 2016 às 17:05 3 Comentários

Boa tarde! / E aos eternos apaixonados... /Há sempre de restar uma centelha / Para que nunca deixem morrer / A chama viva do amor e da paixão / Perdão, mas por trás do véu de minha…

Continuar

Caixa de Recados (13 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Às 0:00 em 22 abril 2017, Antonio Cícero da Silva disse...

Feliz aniversário, amigo poeta... Que esta data, seja repetida por muitos anos, com sáude, paz e sucesso... Abraços...

Em 11:20pm on abril 21, 2017, Antonio Cícero da Silva deu para FABIO RIBEIRO um presente...
Presente
Felicidades e muita paz...
Às 15:15 em 21 abril 2017, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

FELIZ ANIVERSÁRIO FABIO!

Em 10:43pm on abril 21, 2016, LETI RIBEIRO deu para FABIO RIBEIRO um presente...
Presente
Meu querido amigo, este dia tão especial, não poderia deixar de vir dar um abraço cheio de muita alegria e energia. PARABÉNS MEU QUERIDO AMIGO.
Às 21:39 em 21 abril 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Em 11:57am on abril 21, 2016, Dione Fonseca de Barros deu para FABIO RIBEIRO um presente...
Presente
Parabéns e mil alegrias hoje e sempre
Às 17:30 em 26 agosto 2015, Nieves Merino Guerra disse...

Bem-vindo!

Às 15:22 em 15 agosto 2015, Marcia Portella disse...
Fábio,bem-vindo esse canto de amor e paz...
Às 22:58 em 14 agosto 2015, Dione Fonseca de Barros disse...

Bom final  de semana. Logo estará acostumado. Ainda estou aprendendo.

  Feliz idéias. Saudações poéticas

Às 0:22 em 14 agosto 2015, Dione Fonseca de Barros disse...

Bem vindo poeta. 

Que bom poder ler e ter mais um poeta amiggo

 
 
 

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...