JU, Poetando...
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Eventos
  • Grupos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de JU, Poetando...

  • RONALDO BALBACCH
  • Nefertiti Simaika
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
 

Página de JU, Poetando...

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Convite de Silvia Motta
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
São Paulo
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Poesias
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
sim

Cuidado

Não deixe nada inacabado
Como aquele bordado
que ficou guardado
dentro do armário.
Como aquele quadro
esquecido no canto da sala
que por falta de tinta
o céu ficou nublado.
Como aquela despedida cancelada
perdida na sombra do passado.
O que não é realizado
passa a ser sonhado:
O bordado fica lindo!
O céu iluminado!
O adeus explicado!
Mas quando o sonho finda eles
ainda estão lá: inacabados.

Verso

Meu verso não é rosa
Nem espinho
Somente um singelo carinho
Amar cor-de-rosa
Sentir a alma gostosa
Para mais tarde perder-se na dor
O espinho fere e sangra
Mas não tira a beleza da flor
A rosa como a vida
Luta, persiste, conquista
Enfeita o amor
Mesmo no leito da morte
Continua sendo rosa
Perfumando a dor

Teatro da vida

Subir ao palco
Desconhecendo o enredo
Protagonizar a vida
Desvendar segredos
Vivenciar os fatos
Ocupar espaços
Envolver momentos
Desfrutar amores
Inspirar perfumes
Afogar as mágoas
Expirar perdão
Viver o clímax
Cumprir o tempo
Cerra-se a cortina...
Receber aplausos
no tablado da morte
Olhar sereno
De quem acredita
que a história não termina
Só muda de lugar

Olhar diferente

Quando vejo certas pessoas
Com os olhos de antes
Reconheço quem elas são
Quando as vejo com os olhos de hoje
Fico surpresa de indignação
Não são o que eram
Será que mudaram?
Ou são meus olhos
Que aprenderam a lição?

Não

Não... não digas nada
Teus olhos já disseram
as palavras de amor
que eu queria ouvir

Não... não digas nada
Teus lábios já deixaram
em minha boca o gosto
da saudade que eu nunca
quis sentir

Não... não digas nada
Teus abraços já sufocaram
meus desejos antes mesmo
de te ver partir

Não... não digas nada
Posso suportar a despedida
Mas nunca me ouvirás
Dizer-te adeus!

Caixa de Recados (38 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Em 10:01am on setembro 10, 2017, Dione Fonseca de Barros deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
Mil felicidades poeta
Em 1:40pm on setembro 10, 2016, ROSEMARIE PARRA deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSARIO,BJSS
Às 13:02 em 10 setembro 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 11:20 em 10 setembro 2016, Maria Iraci Leal disse...

Em 3:04am on setembro 10, 2016, Waulena d'Oliveira Silva deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO !!! Muita saúde e poesia ! Waulena
Em 11:42pm on setembro 10, 2015, Maria Iraci Leal deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO, BEIJOS MIL.
Em 10:42am on setembro 10, 2015, João Pereira Correia Furtado deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
Parabéns, felicidades e longos anos de vida!
Em 3:08am on setembro 10, 2015, Waulena d'Oliveira Silva deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO !!! Muita saúde e poesia ! Waulena
Em 8:49am on janeiro 15, 2015, ROSEMARIE PARRA deu para JU, Poetando... um presente...
Presente
VENHA PARTICIPAR DO CONCURSO AKROSPEAPAZNEWYEAR 5 2015 NO AKROSPEAPAZ O TEMA A COMPOR ACROSTICOS SERA SOBRE PROJETOS AO LONGO DE 2015, FELIZ ANO NOVO, ESPERO-OS/AS
 
 
 

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...