Jose Gouveia
Compartilhar

Amigos de Jose Gouveia

  • Livita Silva
  • MARGARIDA MARIA MADRUGA
  • Sandra Leone
  • ROSEMARIE PARRA
  • Janete Francisco Sales Yoshinaga
  • Marcia Portella
  • Sílvia Mota
 

Página de Jose Gouveia

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Joantago
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
Guarda - Portugal
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Há muito tempo
4 - Traça-nos s tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Escrevi alguns Livros e tenho 2 Páginas no Facebook.com: QUASE TUDO e A PERDIDA
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Nao
6 - Link para site/blog próprio.
https://www.facebook.com/groups/289545617829268/
7 - Insira aqui os links para os teus perfis nas Redes Sociais.
https://wwww.facebook.com/eu.Joantago/
8 - Publica três poemas, textos ou imagens da tua autoria.
Mais que o óbvio.

A luz, incrível, dos teus olhos
Brilha na minha ideia de ti,
Quando, por instantes, me reparo…
A sua intensidade penetra-me
Pelo âmago, em que me acho.
Ao lembrar-me de como és,
Ou seja, de como me pareces,
Esqueço-me de mim, por acaso.
Se o infinito não tiver limite,
Os teus olhos brilharão sempre
E estarei á espera dessa luz,
Para ver, no meu caminho sombrio.
Quando se tornar suficiente claro,
Pararei os meus passos ante ti,
Sem contudo esbarrar contigo,
Porque isso já fiz e não resultou!
Guardaremos a distância de sentirmos
Que há mais, muito mais que o óbvio.

Joantago



O Fado.

O Fado das caravelas, dos que partiam
E dos que ficavam, mais a saudade…
O Fado que fez chorar os marinheiros
E encheu de angústia as viúvas e os órfãos.

O Fado que entornou vinho na Taberna
E que disputou brigas de ansiedade…
O Fado que fez parar os arruaceiros
Na sangria da morte de irmãos!

O Fado meteu faca na liga da perna
E lança, num coração desgraçado…
O Fado cantou a tristeza e a alegria,

De passar um vadio, com outra ao lado,
Com ar gingão, estilo de janota e ciumento…
O Fado jamais se perdeu, no seu momento…

Joantago

Acerca de divindades, conheço teorias
Muito diversificadas que tem a ver
Com a fé individual, ou a falta dela.
Acredita-se num Deus infinitamente bom,
Quando a fase da vida é feliz, agradável…
E num deus “distraído”, ausente
Assim que a doença, sem melhorias,
Faz dele um agente castigador, implacável!
Existem deuses naturais, sempre que se sente
Um “milagre” após uma promessa e remover
Um mal para não resultar em mazela.
Deuses gregos, cria-se que tinham o dom
De apaziguar os ânimos e os azares
Que aconteciam nas contendas de terra e mares,
Consoante os resultados bélicos e amorosos.
Os deuses romanos foram recurso implícito,
Para a construção de um Império reconhecido;
Roma foi história, foi memória e os estudiosos
Mostram sinais divinos, mesmo sendo um mito,
De obras que os crentes efectuaram, com ciência,
Filosofia, arte e mais que tivessem produzido.
No meu Deuísmo, confundo-me na consciência.
Eis que a divindade acontece na mente humana,
Como complemento da alternativa profana.
Joantago

A Passagem.

A Passagem.

 

Morre o Homem Velho, nasce o Menino…

Partem a experiência mais a sabedoria

Para darem lugar à descoberta, à novidade;

Foram-se as rugas da carga vital e penosa,

Mas também da alegria e da felicidade;

Dos momentos que encheram a sociedade,

Com o que há de melhor e efémero…

O prazo de uns termina, com a sua missão;

O de outros inicia-se, nas famílias,

Ansiosas pela sua continuidade e orgulho.

Os meninos terão saudades dos idosos

E lembrá-los-ão nos momentos de festa,

De confusão, quando precisarem de apoio.

Os velhos ficarão numa fotografia qualquer,

Na recordação, visitados no cemitério,

Ou como eu, olhando o mar, que tem o meu.

Este ano, será velho e não se repetirá,

Deixando-nos o balanço que fizermos;

O próximo, como novo, parecerá o menino,

Que, também ele, se fará velho um dia,

Num final de Dezembro, de uma noite fria.

Joantago

Blog de Jose Gouveia

O doce, esforço dos animais.

Postado em 13 março 2018 às 12:43 2 Comentários

 Tanto labor tem uma abelha

Captando o néctar de flor em flor…!

Como é admirável uma formiga,

Incansável, na labuta constante…!

Quantos exemplos de empreendimento,

Nos animais, que não descansam…!

Quem não tem pausas é o pastor,

Que num ano inteiro, com o seu gado

Percorre distâncias e trata do seu sustento.

Na renda, gasta-se uma velha,

Enquanto, “dá à língua” com a amiga.

A vida que passa num…

Continuar

Silêncio!

Postado em 30 janeiro 2018 às 12:29 5 Comentários

Silêncio!

As palavras que brotam da Alma,

Sem cor, sem imagem, incendeiam

O coração mais frio e opaco,

Mas não o alimentam de pena....…

Continuar

O Inferno.

Postado em 9 janeiro 2018 às 7:07 4 Comentários

O Inferno foi criado para os “maus”,

Para os criminosos, para os desumanos

E para os que ficaram às portas do Céu,...

Sem permissão para entrarem, sem vez,

Pela lotação esgotada deste mundo…

O Inferno pariu-se na ilusão da doutrina

Dos iluminados, no vazio da reflexão…

Tornou-se numa forma de depurar

Os…

Continuar

Qual Prejuizo?!

Postado em 5 janeiro 2018 às 7:51 2 Comentários

Não tenho noção do meu prejuízo,

Do tempo em que me perdi…

Sei apenas, que essa perdição...

Teve que ver com a minha vontade;

Se eu não quisesse, não me perdia!

Mas, como gostei de me perder!

Se voltasse atrás, juro que me perderia

Da mesma forma, sem alterar

O que fosse, porque foi essa perda

Que fez de…

Continuar

Caixa de Recados (10 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Às 16:42 em 28 agosto 2018, Sílvia Mota disse...

Estimado amigo poeta Joantago,

Transferimos o Portal PEAPAZ para o seguinte endereço: http://belasartesbelas.ning.com

Será um prazer receber-te em nosso recanto de Arte e Beleza.

Cordialmente,

Sílvia M. L. Mota

Às 11:30 em 5 janeiro 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

PRINCIPAIS MEMBROS - 3º LUGAR - PARABÉNS!

Às 15:09 em 30 dezembro 2017, Livita Silva disse...

Seja bem vindo José.

Obrigada pelo pedido de amizade.

Feliz ano novo.

Abraço

Às 13:05 em 27 dezembro 2017, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...
OBRIGADA PELA AMIZADE QUE MUITO ME HONRA.
FELIZ ANO NOVO POETA JOSE GOUVEIA!



Às 7:17 em 22 dezembro 2017, Sílvia Mota disse...

Às 7:16 em 22 dezembro 2017, Sílvia Mota disse...

Às 16:35 em 12 dezembro 2017, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...
BEM VINDO POETA JOSE!
Enfim você chegou! Respire fundo. Sorria. Deixe suas preocupações de lado. Entre e sinta-se em casa.

Em 4:34am on dezembro 12, 2017, ROSEMARIE PARRA deu para Jose Gouveia um presente...
Presente
E UM P0RAZER COMPARTILHARMOS AMIZADE E LITERATURA, BJSS
Às 9:42 em 12 dezembro 2017, Marcia Portella disse...

Poeta de além mar ,bem-vindo ao nosso recanto de  amor e paz...

Às 0:28 em 12 dezembro 2017, ROSEMARIE PARRA disse...

 
 
 

© 2019   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço