Juliana Viana
  • Feminino
  • Salvador, Bahia
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Juliana Viana

  • Nieves Merino Guerra
  • Irismarqueks Alves Pereira
  • Francisco Rangel G. de Oliveira
  • LOURDES RAMOS
  • Eduardo Knaip
  • JOSUE RAMIRO RAMALHO
  • Amália Faustino
  • Alvaro Sertano
  • joaquina vieira
  • Marcos Maia
  • antonio israel bruno
  • Vania de Castro
  • João Ademar Ramires
  • Hildebrando Souza Menezes Filho
  • Lais Maria Muller Moreira

Música

Carregando...
 

Página de Juliana Viana

Um pelo Outro

Não conheces este coração adormecido
Que muito se esconde dos perigos
Não conheces seu meio interno ou exterior
Enxergas apenas o que desejas neste jardim sem flor.

Não conheces este rosto de olhar rasante
O sorriso distrai da timidez constante
É continua a sensação de ter-te falante
Ao meu redor, desconcentra o elo pensante.

Confundes o compasso do meu viver
Ao pintar-se na água que não quero ver
Meu espelho reflete seu jeito protetor
Mas recuo, indomada, do teu abraço sedutor.

Não conheces este cheiro que te encanta
Nem a mão macia que roubas em segredo
Quando falas, conquista e evoca o medo
De ter-me envolvida em outro enredo.

Não. - Não encene esta peça para mim.
Acredito no início, mas desconfio do fim.
Basta-me fechar a cortina que embaça
Por não enxergar a verdade que, pelo meio, passa.

Não. – Deixe que a platéia se sinta ofendida
Pois a torcida parece maior que a importância proferida
Aos sentimentos que mascaram nossa atração
Um pelo outro, nossos olhos traem nossa afirmação.

Kitana,09/04/10.

Fotos de Juliana Viana

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Blog de Juliana Viana

Regresso

Postado em 4 janeiro 2012 às 0:42 6 Comentários

Voltar

De onde parti

É singela ironia do sentir

Que ronda a noite do meu querer encontrar.

 

Voltar

E permitir

Altera a nuance da percepção

Que carente degola a, já cega, razão.

 

Voltar

É perceber:

Que a busca não…

Continuar

Despertar

Postado em 4 janeiro 2012 às 0:22 0 Comentários

Quero o direito de reagir

De afrontar minhas escolhas.

O direito de partir-me de mim

Esquecendo, por vezes, de ti.

 

Desejo o egoísmo de poder alcançar

O vazio da lembrança de, talvez, amar.

O dever de reconstruir

Nos traços da terra, as nesgas de…

Continuar

Frustração

Postado em 9 março 2011 às 2:09 8 Comentários

 

Deixei que o mundo me esquecesse

Porque eu já havia esquecido de mim.

Deixei que a fragilidade aflorasse

E que as mágoas se aprofundassem.

Larguei-me de mim.

 

Deixei que o outro fosse mais importante

Que as dores maiores, perecessem.

O romper das…

Continuar

Frieza

Postado em 9 março 2011 às 1:55 0 Comentários

 

Espelho, espelho meu...

Onde vai meu coração?

- É meu?

- Algum dia, fui eu?

 

Rosto que se reflete em pedaços

Lágrimas que brilham...

Desfiladeiro dos olhos aos cacos

- Para onde vai tanta dor?

- Existiu…

Continuar

Caixa de Recados (40 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Em 2:19pm on outubro 17, 2013, natalia canais nuno deu para Juliana Viana um presente...
Presente
Parabéns Juliana, dia feliz. Beijinho.
Às 10:55 em 17 outubro 2013, Lais Maria Muller Moreira disse...

Feliz Aniversário! Paz Prosperidade!

beijo

Às 11:07 em 17 outubro 2012, Vania de Castro disse...

Querida Ju,

 



 Que seu dia seja esplêndido, cheio de amor, carinho e pessoas queridas.

Beijos e abraços.

Com afeto,

Vania

Em 4:37pm on outubro 16, 2012, Hildebrando Souza Menezes Filho deu para Juliana Viana um presente...
Presente
Parabéns! Felicidades! Vida longa pra ti bela Juliana. Beijos.
Em 1:24am on outubro 16, 2012, Waulena d'Oliveira Silva deu para Juliana Viana um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO !!! Muitas alegrias criativas, sonhos coloridos, saúde e paz !
Às 8:07 em 4 janeiro 2012, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 8:06 em 4 janeiro 2012, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 8:06 em 4 janeiro 2012, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 2:17 em 27 dezembro 2011, RZorpa disse...

Para começar o teu nome, Juliana
Depois, como se pouco, o teu sorriso que luz
E se já não bastasse tudo o que isso traduz,
Sobra a poesia que da tua alma, emana...


TENHO A CERTEZA QUE SEMPRE SERÀS TU, PORQUE AQUILO QUE ÉS NINGUEM TE PODE TIRAR...

 

Juliana é realmente surpreendente a tua poesia. Serei um seguidor assiduo da tua escrita. Muito grata esta surpresa, agradecendo-te o simpático comentário. Escreverei, doravante, tambem para ti...:)
Até sempre Juliana

 

Em 6:28pm on outubro 17, 2011, Mônica do S Nunes Pamplona deu para Juliana Viana um presente...
Presente
Desejo-te um Feliz Aniversário.  
 
 
 

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...