MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS
  • Masculino
  • Iúna - Espírito Santo -
  • Brasil
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Eventos
  • Grupos (20)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS

  • Antonio Cícero da Silva
  • Efigenia Coutinho
  • Sandra Galante
  • Dely Thadeu Damaceno
  • Janete Francisco Sales Yoshinaga
  • Loubah Sofia
  • Maria Fátima Galdino de freitas
  • Lais Maria Muller Moreira
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
 

Página de MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS

Últimas atividades

MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Etelvina Gonçalves da Costa
17 Nov, 2016
Maria Iraci Leal deixou um comentário para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS
17 Nov, 2016
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Maria Iraci Leal
17 Nov, 2016
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS atualizaram seus perfis
20 Jun, 2016
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Waulena d'Oliveira Silva
17 Nov, 2015
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Maria Iraci Leal
17 Nov, 2015
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Janete Francisco Sales Yoshinaga
17 Nov, 2015
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de ROSEMARIE PARRA
14 Jan, 2015
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de ROSEMARIE PARRA
11 Dez, 2014
Nieves Merino Guerra deixou um comentário para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS
17 Nov, 2014
Nieves Merino Guerra curtiram o perfil de MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS
17 Nov, 2014
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de João Pereira Correia Furtado
17 Nov, 2014
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de Janete Francisco Sales Yoshinaga
17 Nov, 2014
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de ROSEMARIE PARRA
12 Set, 2014
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS recebeu um presente de ROSEMARIE PARRA
2 Jul, 2014
MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS e Antonio Cícero da Silva agora são amigos
25 Dez, 2013

Informações do Perfil

1 - Indicar teu nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
MARCUS RIOS
2 - Local da tua residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
IÚNA - ESPÍRITO SANTO
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Biografia Atualizada


Marcus Vinicius Bertolini Rios nasceu em Iúna, Espírito Santo, em 1958. Funcionário público estadual há 33 anos, é secretário da tradicional EEEFM." Henrique Coutinho ". Escreve poesia desde 1983, emergindo sua inspiração das histórias de amor trançadas por Castro Alves e Jorge Amado, autores de sua maior admiração. Membro fundador da Academia Iunense de Letras, encontra na poesia o refúgio das aflições incontidas. Seus versos carregam a simplicidade da gente do interior e a força de sentimentos vividos ora na sublimação do amor, ora no enfrentamento da dor. Participou de três antologias: Poetas Iunenses, 1984; Centenário Poético, 1991; e Poemas de nossa gente, 1995. Sou fundador também da Casa da Cultura Iunense. Em 2011 foi classificado para participar da Antologia Melhores da Poesia Brasileira, livro que estará presente na Bienal São Paulo em Agosto de 2012 no Estande da All Print Editora. Marcus Rios é Embaixador da Paz pelo "Cercle Universel des Ambassadeurs de La Paix" Suisse / France - Poetas Del Mundo Membro da Literarte Associação Internacional de Escritores e Artistas MEMBRO CORRESPONDENTE da Academia de Letras de Teófilo Otoni – ALTO sediada no Município de Teófilo Otoni/MG Participação na Antologia Virtual Portal Cen Portugal " Cá Estamos Nós". Participação no Livro Essências na Região dos Lagos Rio de Janeiro.e-mail: mv.rios@bol.com.br
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
SIM
6 - Link para site/blog próprio.
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/publicacoes/index.php

“ SUBI A LUA E ENCONTREI SAUDADE “

 

Olhando agora para o céu estou

E me vi percebendo que o chão

Que me vejo pisando já não me pertence,

Impulsionado pela leveza do sentimento

Que vem de dentro de você,

Sem a minha sombra que é você,

Minha eterna companheira,

Neste meu voo fui te procurar

Por entre as nuvens, gritei teu nome,

Chorei mas nada, fiquei só.

Pois não te encontrei.

Sentindo que o meu pulmão

Não tinha mais ar para respirar,

Vi-me ignorando a gravidade

E fui até a lua e chegando lá

Só encontrei foi mais e mais

Saudade de você amor,

Não te achando eu meu vi

Indo muito além

A tua procura e subi ao sol

Sentindo que o teu calor me queimava,

Mas talvez por lá não estivesse,

Ou fingiu que não estava

Para nao escutar meus gritos.

Vaguei muito mais além e estive

Junto às estrelas e senti que

Este lindo espaço é a razão,

Razão do tempo e do impulso

E deste meu amor por você.

Já muito distante mesmo deste

Meu sentimento mais que profundo

Senti que a desesperança caia sobre mim,

E agora me vejo no mais profundo da terra,

Luto e tento renascer com a esperança

De um dia poder te encontrar meu amor.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

 

“ AMOR SEM LIMITE “

Parece agora não ter fim

Este amor que se habita

Dentro de mim sem limite.

Meu grito de dor rodou

Muito o mundo e nada de

Encontrar-te, emocionei

As pessoas que eu nunca

Tinha visto, mas o principal mesmo,

Que falhei foi no coração da

Pessoa que eu mais amava

Agora me vejo tremendo

Sentindo uma dor sem fim

Sem o teu calor para me aquecer

Que nasceu de um lindo amor

Como foi o nosso amor.

Nunca mais negarei amor

Mas de hoje em diante somente

Apaixonarei pela pessoa que

Fascina-me com um belo olhar.

Acho que sou o único

Ou quem sabe o mais iludido

Que vive aqui desejando

Somente a pessoa que não me quer.

E foi nesta ausência que seu calor

Fez-me sentir que foi falsificando

O amor que senti apor ti,

Que foi criaando uma paxao

Linda e bonita cheia de amor.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

“ NASCIMENTO “

 

Uma semente foi deixada

Num lindo ato de amor,

Num pulsar de dois enamorados

No ventre da amada.

Devagar, aos poucos foi crescendo,

Tomando vida, naquele lugar,

Quieto, bem aconchegado,

Se transformando, dois corpos,

Um crescer lentamente e

Aos poucos vai ganhando forma,

E a mãe toda feliz vai se acostumando

Com as tonturas, e os enjoos

Mas sempre com alegria e ternura.

Ela sente que teu corpo

Vai se transformando sua pele

Vai se alongando e vê que tudo vai

Se renovando no seu ser,

Sentindo a sensibilidade

Que a mão de Deus vai se aflorando nela.

Aos poucos ela sente mexer

Pela primeira vez e sem querer

Sente uma lágrima rolar

Por sobre a tua face.

E você como uma mãe carinhosa

Esta sempre atenta a cada

Momento e instante, sempre acariciando

Este filho que esta para nascer.

Pois tuas mãos buscam a tua barriga

Para sentir ele no ventre.

Chegando o momento do parto,

Você começa a sentir as dores,

Mas dores de amor e felicidade,

Por estar dando a luz a uma nova vida

Que será amado com muito carinho e amor,

E quando ele nascer teu rosto singelo

Num choro sem fim se transforma

Na chegada desta nova vida e

Você olha para a tua mãe que ali esta

Neste momento perto de você

E agradece a ela por tudo que ela te deu,

E olhando para o teu esposo

Você sorrindo diz obrigado.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

“ QUERO OS TEUS LÁBIOS “

 

Queria neste momento pegar

Os teus lábios para poder

Colar junto aos meus num

Ardente e delicioso beijo.

Deixe teus olhos ver apenas

Os meus olhos para que ele

Possa sentir a paixão que

Sinto por você amor.

Deixe agora que teus braços

Envolva-me meu corpo

Num aperto sem fim

Para que possa fluir esta

Energia gostosa de  nossos corpos.

Quero que você absorva toda a força

Deste amor que sinto

Por você e que possa também

Transmitir um pouco do seu amor.

Quero teus lábios, teus olhos,

Junto com teus braços quero

Sentir o teu amor que

Irá fazer renascer em

Mim um grande amor.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

 

“ AMOR “

 

Amor,

Este teu olhar que me fitas

Deixa-me louco com estes

Lábios grandes e sedutores que me

Persegues a procura de um

Beijo para me perder de desejo,

Junto a esta pele morena,

De um olhar verde e cabelos pretos

Com teus 1.72 de altura

Deixa-me cheio de desejo.

Você é uma mulher cheia de

Encanto com um presente

De sabedoria que nasceste

Menina misteriosa que agora

Surge aos poucos nesta

Poesia que faço para ti.

Amor,

Você é especial quando ama,

Suave quando adormece

E sua beleza irraida felicidade

Quando acorda e sorri.

Você é fera quando

Esta amando e é amada.

Mulher divina tu és quando

Mistura tua beleza numa passarela,

Que beija suave o teu amado,

Que chora de desejos e que

Fala aos ventos teus segredos.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

“ SABOR DE UM BEIJO “

 

Na minha boca ficou agora

O sabor do teu beijo,

E minha mão nas tuas

Demonstra o que

Sentimos um pelo outro.

Agora dentro do meu peito

Fica um suspiro fazendo

O meu coração ficar

Repleto de amor.

Não vá, fica mais um pouco,

Enxuga agora minhas lágrimas,

Deixe que esta noite

Possamos ser felizes,

Faz-me caricias deliciosa,

Toque meu corpo e

Faz com que me sinta feliz

Agora neste momento

Com você junto a mim,

Até o amanhecer meu amor.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

 

GRITAR TE AMO “

Na maneira quando
Duas rotinas diferentes
Encontram – se em duas vidas,
Acostumamos como que se diz
Na gíria ficar acomodado,
Não pensando em mais nada.
So crendo que o grande amor
Que estamos sentindo
Vai se transformando
Em algo mais que especial em
Nossas vidas simplesmente
Esquecemos-nos de viver e ao mesmo
Tempo esquecemos-nos de amar como se deve.
Para poder existir este amor
Lindo em nossas vidas e se tornar
Uma história maravilhosa
O que esquecemos mesmo e
De poder sentir que a cada dia
O amor cresce mais e mais
Dentro de nosso coração.
Dentro de nosso ser junto
A este amor nasce a paz,
Esta paz de poder correr,
Deitar na grama e poder findar
Como menino nos teus braços
E poder me sentir solto
E leve como uma criança.
Quero sentir no meu íntimo
Ao máximo que eu pedir sentir,
An tes que eu me perca e a velhice
Venha a tomar conta de m inha vida,
Esta essência de poder sentir
Teus lábios nos meus e poder te amar
Como se ama de verdade uma mulher.
Quero dar tempo ao tempo,
Parar este tempo,
Somente para sentir você
Todos os dias nos meus braços,
Sentir que teus olhos sorriem
Para mim quando olhas para mim.
Quero que de tempo ainda
Para eu poder te amar mais e mais,
E poder gritar bem alto que eu te amo,
Antes que eu desapareça
E somente de mim viva somente
A vontade de ser viver
E de não poder ter tido esta felicidade
E continuar a ficar sozinho,
Antes que eu vá embora,
E nunca mais possa
Estar pertinho de você.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

 

“ EU VIVO “

 

Eu vivo,

Que bom pode viver,

Sou um simples poeta,

Que olha ao redor procuro,

Não vejo e não encontro você.

Onde eu estou fico só,

Mas nãoe stou triste

Por estar só,

Vejo a criança sorri,

O cantor ao longe canta

Aliviando a dor no peito.

Vejo no jardim a flor

Tão triste de cabeça baixa

E no alto eu vejo a lua

Que enche as minhas

Noites simples de amor.

Eu vivo,

Com é bom viver,

Eu nãoe stou triste

Eu quero continuar a amar,

Pois o meu coração grita

Do fundo de minha alma

É a minha voz que clama.

Eu busco, te procuro,

Tento te encontrar,

Só escuto silêncio

De dois corpos que estão se unindo

Vivendo um amor de verdade,

Eu vivo,

Sinto-me feliz,

De verdade,

Quero viver na paz

Acima de tudo

A vida me sente

A vida nos chama

A vida nos ama

E viver é tão lindo,

Por isto eu vivo.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

“ SÓ SAUDADE “

 

Céu azul,

Luar, alegria, esperança,

Estrelas que brilham,

O violão toca uma música

Do passado e alguém

Sente saudade do passado

De um romantismo que foi vivido.

Agora nesta noite longa

Só resta solidão,

Um violão cansado,

Um amor sozinho,

Poeta sem a sua poesia,

Alguém esperou e cansou.

Noite longa,

Madrugada alta,

É hora de amar,

Pois outro dia virá,

Com eles os nossos filhos

Para ficarem no nosso lugar,

Pois estamos ficando velhos

Estamos cansados de trabalhar.

Alguém ao longe ri,

Envergonhado tenta

Esconder o seu riso,

Vejo no rosto das pessoas

Que estava com saudade,

Esperou, cansou, pensou,

Porque tanta saudade?

Mas eu vi alguém esconder o riso,

Vi secarem as lágrimas que rolava,

Vi alguém que dentro da noite

Não pode sorrir mais,

Cantar e amara,

Porque esperou, esperou, e só saudade,

Conseguiu chegar

Dentro do teu coração,

Só saudade.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

“ ADORMECER PARA SEMPRE “

 

Haverá uma época

Em que eu não poderei

Mais ouvir dos outros

O significado dos sonhos.

Haverá uma época

Em que eu não serei

Mais nada neste mundo.

Haverá uma época

Em que eu seerei apenas

Mais um romântico

Que irá adormecer.

Haverá uma época

Em que eu não poderei

Mais escrever poesias

E que as lágrimas das poesias

Apenas estará em cada rosto.

Haverá uma época

Em que os pássaros

Ficarão mudos,

Voando para um mundo

Distante deste mundo poluído.

Haverá uma época

Em que a humanidade

Vai me olhar e poderá

Compreender o meu silêncio.

E então,

Haverá um tempo

Em que eu nunca

Mais terei tempo,

Para pdoer ficar só,

Para lhe amar,

Sentir, meditar,

Porque o tempo se

Encarrega de me

Deixar sem tempo,

E ai sim, eu serei,

Apenas uma tragédia

Que irá adormecer

Para sempre nesta vida.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

 

“ POR AMOR “           

 

Por amor,

Eu busquei teu beijo

E você deixou

Que eu entrasse

Em tua vida.

Uma estrela logo

Foi-se abrindo em

Teu peito, e em seus braços

Você logo foi

Acolhendo-me.

Flor humana,

Sem pecado,

Eu sei que o

Sonho é como o

Barco leve,

Sei que a vida

É como o mar

Sem fim,

Sem destino,

Sem caminho

E sem um rumo,

Mas eu sei que

Eu também te levo,

Neste amor que

Você me deu

Sempre dentro

Do meu peito

Para sempre

Eu vou te levar.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

“ UM AMOR VERDADEIRO NUNCA SE ACABA “

 

Você é a paixão que

Eu nunca vou esquecer,

A lembrança mais doce,

O sorriso mais puro

Que alguém pode me oferecer.

Você sabia que foi

A primeira e a única vez

Que o meu coração se entregou

Sem receios e sem timidez de amor.

Eu me entreguei para

Você por completo,

E você me aqceitou de todo

O teu coração,

E eu posso dizer feliz

Para você que eu te amo,

Amo-te de verdade.

Você bem sabe que um amor

Verdadeiro nunca se acaba,

Ninguém pode esquecer

E por mais que se acabe

E se afaste do peito

Ele volta e nasce de novo.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

 “ VERSOS DE AMOR “    

Quando mais nada deste nosso
Amor restar guarda bem no fundo
Do seu coração, lá no canto,
Separado, distante, um pouco de mim.
Pois quanto eu te amei
Eu amei-te como um cego
Sentindo em cada beijo a
Vontade de te amar mais e mais.
Agora que tudo se acabou,
Guarda pelo menos este verso
De amor que eu fazia para você.
Marcus Rios
Poeta Iunense - Acadêmico -
Academia de Letras de Iúna
Embaixador da Paz
Poeta del Mundo
Membro do Portal de Portugal
Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

“ UMA GRANDE SEPARAÇÃO “

 

Que a distancia não faça

Uma grande diferença

Que não venha fazer

Uma grande separação

De um momento vivido,

Não faça um msonho se perder

Num sentimento que vai se cosumir,

Pois para mi9m o momento só existe

Quando estou perto de você.

Aí sim eu me perco,

Esqueço-me do resto do mundo,

Do tempo do que a distancia

Que nos separa,

Possa nos unir num beijo ardente.

Não seja a lágrima, o adeus, a partida,

Tormento, a solidão, sejo o presente,

Em nossa vida, o crepúsculo da lua,

Da paixão, pois só assim eu terei,

Sempre você perto de mim.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

“ REALIDADE DISTANTE “

 

Senti-me

Ao ver que o tempo vai-se esgotando.

Disse muitas verdades da vida

E ouvi muitos prantos da realidade.

Estendi minhas mãos

E tentei apanhar um

Pouco de esperança que resta,

Eu dei sentido ao meu pensamento,

Sentindo que as coisas existiam.

Eu ouvi o tempo falando

Para mim coisas sinceras

E vi que o meu caminho,

Aos poucos caminhava

E eu não fui, fiquei parado,

Para poder ver a vida que nos cerca,

Contar-nos muitas verdades,

Deixei transparecer no meu rosto

O sorriso que sufoscou o pranto

De uma realidade distante.

Deras-me um nome

Ouvi todos me chamarem

Vi a noite que escondia

Tragédia, fome e miséria.

Vi em minha caminhada,

Floes nascendo ao redor,

Ouvi muitos cantos diferentes

Senti o desprezo dos outros,

Que me rodeava dia a dia.

O tempo foi passando,

Tragédias, ilusões, mentiras.

Mas o tempo não teve culpa,

Eu não tive um amor

Pois eu não fui amado.

O vento soprava forte

Seguia  o meu caminho,

Mas eu disse a verdade

Sem medo das dores futuras,

Junto ao meu rosto sofrido.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

" O AMOR "

 

O amor é fascinante,
é como o simples voar
rasante de uma borboleta
que voa suave de folha
em folha, é como a abelha
que fabrica o mais puro do mel,
é como os pássaros que canta
as mais belas canções sem
ao menos se desafinar.
Assim é o amor que se
esconde dentro do peito,
que se transforma quando
surge a lua em seu formato
majestoso toda a iluminar
o céu e cada namorado.
Assim é o amor este amor
que vem de mansinho,
que toca suave cada sentimento
e faz brotar a doce vontade
de um dia ter você nos meus braços.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal de Portugal

Poetas e Escritores do Amor e da Paz

 

" JARDIM "

Em nosso jardim
Já foi plantado a
Plantinha da amizade,
Junto com o carinho do amor,
Devemos agora nos dois
Regar sempre para não morrer.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ EU SEI “

 

Eu sei

Que por onde eu andei

Por tudo que te falei e contei

Uns acham que só errei,

E outro que estou sofrendo.

Eu sei

Que já errei muito mesmo

Já pequei

Já fui diversas vezes e voltei,

E nunca neguei nada,

Nem reclamei com ninguém

E nem ao menos me cansei.

Mas eu sei,

Que nunca enganei na vida

Que mesmo quando errei acertei,

Porque sempre na vida

Aproveitei muito por onde andei,

Arrisquei-me e passei.

Mesmo quando te amei

E me dei por inteiro pra você,

Perdi-te sofri muito,

Perdi-me sem você

E me abalei por demais,

Mas me encontrei de novo,

Não chorei,

Não enlouqueci

Nem comentei com ninguém.

Agora estou consciente

Que o nosso tempo voltou

E voltou mais forte pra vivermos

Um grande e gostoso amor.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ O BEIJO “

Nossos olhos um no outro
Junto a nossa respiração
Que fica ofegante quando
Nossos lábios se aproximam
E quase tocam ficamos
Recuando e num suspiro
Sentimos que novamente
Nossos olhares num arrepio
N um leve toque de amor
Sentimos que tocamos um
No outro no mais doce do roçar.
Nossas mãos se entrelaçam,
Unem-se e um só corpo
Junto a um só coração
Cheio de amor e carinho
Sentimos que nossos lábios
Estão agora neste instante
Se tocando num delicioso
E gostoso beijo de amor.
Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Academia de Letras de Iúna
Embaixador da Paz
Poeta Del Mundo
Membro do Portal Cen de Portugal
Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz
AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )
Publicado no Recanto das Letras
T. 3777117

 

 “ É VOCÊ AMOR “

É você amor que invade
A minha alma e traz a felicidade
Que tanto tenho na minha vida.
É você amor que não
Me sai do meu pensamento
Dias após dia e me faz
Somente viver os momentos
Mais felizes de minha vida,
Fazendo-me recordar
Que cada palavra que falamos
São palavras cheias de amor.
Perto de ti eu flutuo apenas
Sentindo que o nosso amor
Não é um amor passageiro.
Você amor me faz suspirar
E esperar que a cada dia
Possamos amar mais e mais,
Abraçados um ao outro
Apenas numa conquista
De um grande amor vivermos.
É você quem invade os meus sonhos
E chega ate meus pensamentos
E vai arrancando suspiros
Fazendo com que meu coração
Bata mais e mais forte
Por eu sentir um profundo
E gostoso amor por ti.
Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Academia de Letras de Iúna
Embaixador da Paz
Poeta Del Mundo
Membro do Portal Cen de Portugal
Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz
AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores
Publicado no Recanto ds Letras
T. 3790941

 

“ MEU GRANDE AMOR “

 

Se não fosse apenas pelo

Toque de  nossas mãos,

Pelos nossos olhares que se atrevem

A se encontrar de vez em quanto,

Fazendo nascer um grande desejo

Dentro de nosso coração,

Sinto uma vontade enorme

De poder te beijar e deixar

Somente que o o meu grande amor

Por você seja maior ainda.

Nossa juventude era linda,

Nosso amor  era como

Um conto de fada

Que teve um final muito trsite,

Pois quando éramos jovens

Tínhamos um mundo diferente,

Um pensar sem pensar,

Só queríamos viver o momento,

Nossa cumplicidade junto

Fazendo de cada momento como se

Fosse apenas o começo de mais

Um emocionante momento,

Sem pensar que ao passar de cada

Dia a vida nos pregaria uma peça.

 O encanto de nosso amor

Era como a música que tocava

Na vitrola ao som romântico

De cada melodia e nos levava

A imaginar cada momento junto.

Eu me sentia girando,

Como que estivesse sendo

Levitado ou levado para outra dimensão.

O azul de teu olhar me fascinava,

Teu lábio grosso me fazia

Ser a pessoa mais feliz do mundo

Quando você me beijava.

Eu confunndia o céu e o mar,

Junto ao riacho que nascia,

Sentindo que este nosso amor nunca

Mais iria se acabar e que nossa vida

Seria assim um eterno amor.

Hoje apenas ouço o suave som

Da nostalgia que teima com teu

Sorriso me fazer sofrer,

Dizendo-me que este amor que eu tié

Um dia nunca mais terei

Em minha vida, pois sonho são sonhos,

E amor verdadeiro nunca mais terá na vida.

Viverei apenas de sonho,

Ou quem sabe, um dia encontrarei

Meu grande amor da minha vida.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ MEU AMOR “

 

Quando estou de olhos fechados

E fico concentrado nesta solidão

Que teima em querer me dominar,

Sinto que teu perfume meu amor

Começa a brotar como o perfume

De uma flor que nasce fora da estação.

Como se eu estivesse ao

Teu lado sinto a tua presença

E percebo que de algum modo

Que meu olhar te busca neste

Infinito sem fim e nada vejo.

Meu amor este perfume

Da tua lembrança me faz pensar

E lembrar no gosto do beijo

Que te dei um dia,

E pude sentir o gosto deste

Teu lábio como uma cereja.

As vezes o nosso amor nasce

Dentro dom meu peitono frio,

Na primavera, no calor e faz

Com que a minha alma sofra

De tanto pensar em ti

E ficar aqui sozinho a imaginar

Junto a esta chuva que cai

Cada momento lindo que vivemos.

Raros foram nossos momentos

E agora de olhos fechados

Tendo fixar a tua imagem

E nada consigo e o que me

Resta apenas abrir

Os olhos e viver a realidade.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ EU TE AMO “           

 

Eu te amo,

Mas te amo mais que tudo

Que tenho nesta minha vida,

Pois este amor que eu sinto

Por você é um amor verdadeiro

Um amor que foi feito através do tempo,

Pois ele foi nascendo, crescendo e quando,

Eu o percebi já tinha criado

Raízes no meu coração e no meu peito.

Eu não sei como medir este amor,

Só sei que ele não tem limites e nem fim,

Ele começa no meu coração, rompe barreiras,

Espaço e vai através do infinito

Até chegar no teu coração

E fazer a moradia dentro dele.

Esse amor que eu guardo dentro

Do meu coração ele foi reservado

Somente para você que sei que

Um dia vai vir conhecer este amor

Que eu tenho dentro de meu coração.

Com carinho e muita ternura

Tenho um amor que vai te amar

Para toda a eternidade.

Ficar sem te amar para mim

É um sofrer sem fim que tesouro

Nenhum consegue tirar você

De dentro de minha vida,

Pois onde eu estiver você estará

Sempre comigo pois a cada olhar

Somente enxergo a ti meu amor.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ SER PAI “

 

Ser Pai,

É ter autoridade.

Sendo ao mesmo tempo

Um ser extremamente

Extraordinário na educação

De seus filhos cheio de

Compromissos e que se

Preocupa realmente com os filhos.

Ser Pai,

É lutar pelo objetivo,

É ter fé, amor e esperança

É ser mais que um simples amigo

É ser forte e ter sempre

Um desejo a mais de ver

O teu filho vencer na vida.

Ser Pai,

É estar sempre na liderança,

É quem sempre esta dando

O sustento da família,

É alguém que inspira confiança,

E ao mesmo tempo paz e alegria.

Ser Pai,

É estar sempre em harmonia

Com os teus filhos,

É ser digno de toda honra

E principalmente respeito,

Cheios de qualidades e defeitos.

Ser Pai,

É não medir esforços

Contra as injustiças

E os preconceitos,

É um ser divino de Deus.

Ser Pai,

É nunca deixar que teu filho

Se desvie do Caminho de Deus,

E que siga somente

Em busca de Jesus para

Poder iluminar o teu caminho sempre.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ AMOR, AMOR, AMOR “

 

Amor é como um cavaleiro

Que corre sem destino,

Em busca desse coração

Para poder galopar

No peito desta estrada.

Amor é um sonho

Que nos chega dourado,

Como uma juventude florida,

Como um sorriso que

Dura pouca coisa,

Ou como o planto de toda vida.

Amor livre, uma expressão

Que vive a se encontrar

No rosto de cada pessoa,

Amor em si, amor livre,

Amor de um sorriso alegre,

Ou simplesmente amor

De uma tristeza profunda.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ AMOR “

 

Amor é como a flor,

É uma lágrima que rola,

É uma paixão ardente,

De poder encontrar o amor.

É uma questão de tempo

Para poder se instalar

Na pessoa certa.

Amar é liberdade

Como um pássaro

A voar livre,

Em seu vôo rasante

Em busca de algo mais

Para poder preencher

Ainda mais a sua vida

O amor, que chega

E toma conta da gente.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ AMOR E MEDO “     

 

Quando eu de ti fujo

Apenas tento me desviar

Da luz deste teu olhar

Que sempre dizes e suspira

Amor por mim,

Mas que bem no fundo

De teus olhos apenas

Eu consigo ver somente

A frieza que se encontra neste

Teu olhar que me observa.

Porque tenta me enganar

Pois meu amor por ti

É apenas uma chama  que vai

Se alimentando a cada dia

Por um amor

Que nasce dentro

Deste meu coração,

 E por mais que eu tente fugir

De você apenas me encontro

Como um louco,

Pois tu és bela,

Ainda menina moça,

Sem amor para mim

E eu somente tenho medo.

Tenho medo de tudo que

Vem de você meu amor,

Das sombras e deste silêncio

Que reina em teus lábios,

Das folhas que outrora cai

Agora da árovre por estar

Seca assim como

O teu amor por mim se encontra,

Tenho medo de este chorar que cai

Das fontes que corre mansamente

Por campos, riachos e se instala

Neste coração que ama e não é amado.

O véu da noite quando chega

E começa a brilhar as estrelas junto a lia,

Atormenta-me em dores e prantos,

A luz da aurora me faz refletir

Que ao cair de cada tarde

Eu me estremeço e me encontro

Somente sozinho neste momento.

E este vento que vem suave pelo campo,

Caprichosamente vai soprando

E fazendo com que esta chama viva deste

Amor que eu tenho dentro de mim

Vai fazendo nascer a esperança

Que somente eu tenho em minha vida.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ TEU RESPIRAR SUAVE AMOR “     

 

A noite quando estamos deitados,

Sinto a tua respiração suave

Junto a minha pele fazendo - me

Arrepios pelo corpo inteiro,

E eu me vejo numa loucura

E não consigo me controlar,

Minha respiração me falta,

E eu como um louco apaixonado

Desejo ser teu homem agora.

Preciso amor neste momento

De teu corpo nu junto ao meu,

Para que no encontro de nossos

Corpos podermos nos entregar

A noite inteira num único desejo

De amar e ser amado.

Agora você percebe que o meu

Desejo é podermos estar com

Nossos corpos encaixados

E fazer fluir de nossa alma

As mais loucas variações

Até chegarmos ao ápice total

Junto ao teu e meu respirar

Suave meu amor e doce mulher.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ SOU SUA BRISA “

 

Queria ser a brisa que toca

Agora suave o teu rosto,

E que carrega as suas preocupações

Junto com as tuas tristezas.

Queria ser a brisa que traz

Somente alegria e esperança

Para você através de um

Simples gesto e um toque de alegria.

Ser brisa é tão complicado, difícil,

Requer um enorme desafio para

Poder encher o teu coração de felicidade,

Junto aos momentos tristes de teu silencio,

Que seca agora as lagrimas que rolam

Pela tua face nos momentos de tristeza.

Queria ser a brisa suave para trazer

O amor e alegrar suas horas vazias,

Sentir a tua pele morena

A exalar o perfume que sai

De teus poros e poder

Matar a saudade de você.

Queria ser a brisa,

Para poder estar com você nos

Teus dias lindos e tristes para que

Você soubesse que sempre poderá

Contar comigo e poder tirar este

Medo que tens dentro de si.

Queria ser a brisa,

Para poder te ninar ate dormir,

Para poder comigo sonhar,

Sonhar que nos dois apenas

Somos uma brisa livre, solto,

E que estamos nos dois

Agora viajando sob a luz deste

Sol que brilha agora lá fora

E podermos experimentar um pouco

Desta felicidade que temos.

Como eu queria Menininha

Neste momento ser uma brisa.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ O INVENTOR DO AMOR “

 

Hoje parei e pensei,

Comecei a pensar

E fui buscando em cada

Linha do tempo

Uma maneira de encontrar

Algo que fale um pouco

Do inventor do amor.

Amamos, sorrimos,

Ficamos, brigamos,

Fazemos com que

A cada dia algo especial

Aconteça em nossa vida.

Sentimos que o amor

Apenas chega de mansinho

E de onde vem e depois

Para onde vai nada sabemos.

Por isto estou a procura do

Inventor do amor para quem

Sabe ele possa me explicar o

Motivo de uma grande paixão

Nascer dentro de nosso coração

E depois desta reviravolta

Para onde ele vai.

Assim é o inventor do amor,

Que na inquietude do amanhã

Faz com que a vida seja apenas

O nascer de um novo dia em nossa

Vida e faz com que em meu coração

Apenas o desejo de um dia te encontrar

Fez-me feliz nesta procura do

Inventor do amor.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ MEU AMOR POR TI “

 

Se um dia eu tentar

Explorar esta tua alma,

Sei que vou me perder

Neste teu amor

Que você tem para mim.

B uscarei dentro de um coração

Como o teu o amor

Que se encontra para

Uma eternidade em nos dois.

Eu respiro você,

Respiro o teu amor,

Respiro o teu viver,

A vontade de te amar,

De estar com você a todo o momento,

Contos os segundos, minutos,

Para que o tempo passe logo

E chegue a noite

Para que eu me sinta

Feliz ao teu lado.

Foi  em um sonho que

Eu sonhei em ter você

Junto a mim, me senti,

Como que tivesse você

Ali juntinho a mim.

Tenho vida, tenho amor,

Em mim, no meu amor por ti

Não tens pedras, pois eu não ando,

Simplesmente eu me levito

Ao pensar em você,

Em nosso amor,

Pois dentro de meu peito

Esta cheio de amores

Para que somente dois

Corações possam ser somente

Um coração só.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“  INTENSO AMOR “

 

Amor,

Intenso amor,

Imenso sentimento

De um infinito que fora

Cravado no meu peito,

Onde a dor junto à saudade

Que foi vivendo neste tempo

Que corre e faz sangrar o meu coração.

Amor, intenso amor,

Que traz junto às flores

Que cai a certeza de novas

Folhas que renovarão

Esta arvore que se encontra

Agora neste momento nua.

Como duas almas gêmeas,

Somos nos dois em forma

De beija – flor que sai em

Busca do néctar junto

Ao amor das flores sentimos

O perfume suave que desperta

Neste jardim neste momento

Depois que a chuva passou

E molhou as flores que estavam murchas.

Jardim este que será

O palco de nossas vidas,

Junto a um juramento que fizemos

De juntos ficarmos um perto do outro.

Neste jardim aprendi

Que a esperança do amor

Ensinou-me a te amar,

Fez-me ser feliz e te fazer feliz,

Na certeza de poder te amar

Como um amor de verdade.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

 

“ MEU AMOR “

 

Estou deitado sozinho

Neste momento com

Minha cabeça sobre o

Travesseiro e o telefone

Mudo ao lado pensando em

Você que me acostumou mal

Ligando para mim todos os dias.

Carrego sempre comigo

Este sorriso teu junto

Ao meu coração nas horas

Em que minha vida parece estar

Tão triste de tanto pensar em você.

Acredito que o nosso futuro

Nos reserva neste presente

O amor verdadeiro que sentimos

Um pelo outro e que sentimos

Aquele amor verdadeiro.

Estou completamente sem amor,

E eu não sou nada sem você,

E o que eu mais quero nesta vida

É poder sentir este teu lábio doce

Em meu lábio e poder dizer

Bem baixinho ao teu ouvido

Como é lindo poder te amar.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

“ GRANDE AMOR DE MINHA VIDA “

 

Como é doce este teu beijo

Meu amor que me leva

Para junto do paraíso

Em busca de um gostoso abraço.

Como é bom acordar e sentir

O teu corpo amor junto ao meu,

Poder sentir o teu calor

É um privilegio que muitos

Gostariam de ter e não tem.

Amo amar você e vivo

A sonhar um sonho perfeito

De um dia estar contigo

E poder fazer uma linda brincadeira

De amor com você ao meu lado.

Amor teus lábios tem o gosto

De um vinho doce, de uva nobre

De um mel saboroso,

Tua boca, teus lábios,

Tens o gosto de quero mais,

Tu és amor a melhor coisa

Que poderia ter me acontecido,

E espero nunca ser egoísta em

Minha vida de não te querer

Dividir com o sol, com a lua

E nem com as estrelas,

Pois aonde tu fores estarás

Sempre comigo, pois tenho dentro

Do meu coração a certeza de que

Encontrei o verdadeiro

E o grande amor de minha vida.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Academia de Letras de Iúna

Embaixador da Paz

Poeta Del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro do Poeta e Escritores do amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

 “ DIANTE DO TRONO “

 

Diante do trono

Eu sinto você,

Minha alma feliz agora

Está diante de ti Senhor.

Diante do trono

Acima das nuvens

Aos pés do Senhor,

Minha alma se alegra

Vendo a ti nas alturas

Meus olhos de lágrimas

Se emocionam vendo

Você Senhor sentado no trono.

Sentado no trono estais Senhor,

Aqui na Terra agora um pecador

Clama por ti, peo teu perdão,

èla vida, pela paz.

Diante do trono

Venho agora de joelhos

Através de minhas orações

Pedir o teu perdão.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense se Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ AMEI-TE COM FERVOR “

 

Amei-te com fervor,

Dei-te todo o meu amor

Que eu tinha

Dentro do meu coração,

E me deixei que ele se

Apaixonasse e pegasse afeição por ti.

Um dia,

Não pude evitar,

Descobri algo que

Machucou-me e perdi

Somente toda a razão

De continuar a viver nesta vida.

Descobri que você

Deixaste de me amar,

Quanto sofrimento

O meu coração sentiu,

Quanta lagrima derramei,

Chorei muito e logo fui

Percebendo que estava

Chorando em vão,

Pois a cada dia que eu vivia

E sentia no meu coração por você,

Junto aos horrores da solidão,

E toda esta angustia da paixão

Estou vivendo agora

Com a simples lembrança

Dos momentos que foram poucos

Junto a esta lembrança feliz que

Toma conta dos momentos

Felizes que alma um dia bendiz.

Agora tudo se acabou,

O amor se foi,

A felicidade não existe mais,

O destino nos separou,

E somente a saudade ficouo.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense se Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ LÁGRIMA NO ADEUS “

 

Adeus!...

Nunca mais chorarei!...

Ficarei com minha lágrima

Oculta para que ela não possa

Nascer e poder me dizer

Que a dor continua ainda

Em minha vida e no meu coração

Quando nos despedimos

E tudo se acabou.

Adeus!...

Adeus!...

Foi o nosso último adeus,

A lágrima rolou

E marcou a minha face

E foi desvendando

Todo o mistério que eu

Tinha guardado em minha vida.

Essa lágrima quente,

Silenciosa e calma,

Foi discretamente audaciosa

E eu como que mudo apenas

Fiquei sem saber o que falar

Na tua despedida que marcou

A minha vida a partir do

Momento que você partiu.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense se Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ AMO VOCÊ “

 

Amor você,

Quando sentires meus lábios tocando o teu,

A tua pele suave e minhas mãos a percorrer

Este corpo de menina moça,

Sei que vou mergulhar no mais profundo

Do sentimento de tua alma,

E ai sim amor sentiras todo o meu amor

Que tenho dentro de mim para lhe ofertar.

Veras que toda a fantasia que nos dois

Temos ganharão asas e vai nos levar

A um lugar somente nosso,

E como cometa vai colidir

Num universo extasiado em extremo prazer.

Neste instante somente o silêncio será

Por segundos reinará absoluto,

Sendo vencidos pelas nossas palavras de amor,

Por gemidos e lindas palavras sussurradas

Docemente no teu ouvido e nossos corpos

Embargados em suor deslizara mansamente

Num movimento de carícias e cumplicidade.

Neste momento beijarei você com toda

Intensidade de minha alma e simples olhará

Dentro de meus olhos e sussurrarei ao teu ouvido

Amo-te vida minha.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ MORTE DE UM AMOR “

 

O tempo passou,

Passou como uma brisa,

Que teima em sobrar em

Meu rosto numa tentativa

De me encher de esperanças.

Um dia não haverá mais

A ternura e o desejo,

Este desejo de se completar

No encontro de nossos corpos.

Dois corpos que se unem

Que não se desejam mais

Morre a paixão, este amor lindo

E a esperança, surge o encanto

Junto com a desilusão

De não ter mais em nossas vidas

O mais profundo dos sentimentos

Que é o amor.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ AMOR É AMOR “

 

De um simples sim

Começa a vida de união

Entre duas pessoas.

Amor é amor pois a dois

Brindamos a vida.

Amor é sentimento eterno

Que encara obstáculos

Vencendo tudo que se

Encontra pela frente.

Amor não se inibe,

Amor não é egoísta,

Amor é a verdadeira felicidade

Que nasce no coração

Das pessoas que se amam

E a tudo vencem.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ VAMOS MUDAR A HISTÓRIA  “

 

Podemos sim em nosso novo rumo, mudar a nossa história, a história de nosso país e fazer diferente, ousar mais quem sabe, salvar as pessoas desta miséria e desta ignorância que assola cada pedacinho deste chão que é o nosso Brasil e se pararmos e pensar um pouco podemos sim, proteger nossas crianças deste egoísmo cruel que sempre vimos e estamos convivendo. Sonhar com uma humanidade mais linda e bela, deslumbrar e vencer o caos, assim unidos fazemos a diferença e teremos a solução. Bem devagar com os pés no chão e de grão em grão, pouco a pouco iremos notar que tudo em nossa volta se transforma. Sempre que ligamos a TV vemos noticias que nos abala, falam do aquecimento global que nos os seres humanos estamos destruindo nesta louca caminhada em busca de riqueza, deparamos com desastres e mais desastres ambientais tal como o que aconteceu no Estado do Rio de Janeiro e tantos outros mais. Destruição e miséria, se uniram e aos poucos estão aniquilando, acabando e a resposta esta ai no simples olhar depois de uma chuva a destruição, parecendo nos dizer que nos estamos envolvidos nestes desastres ambientais e se pararmos para pensar estamos sim, basta olhar para a frente e tentar enxergar um pouco e se não pararmos logo com esta destruição, com esta poluição, com o desmatamento ai sim nossos filhos terão sim um areal de deserto somente pela frente. Que civilização é esta que estamos vivendo, que discrimina, explora e que escraviza os seres humanos teus semelhantes, e que aos poucos vai destruindo o pouco que temos hoje, não se importando com o amanhã, pois tira da terra muito mais que precisa, apenas pela ganância do dinheiro e pelo lucro que ele vai ter e nada mais. Enquanto estou escrevendo esta crônica, no quarto de minha casa, no meu computador, sem ao menos sentir frio, fome ou sede, ainda existem por ai, pelo mundo milhares de pessoas que vagam pelas ruas, crianças sem escola, futuro, pais ou sem ao menos um pão ou agasalho juntamente com homens e mulheres sem um fio de esperança para poder sobreviver. Nunca senti fome, meu colchão é fofinho e a minha coberta me aquece do frio, e o meu alimento, o almoço e o jantar, hummm... Não sei o que é sofrer e chorar pela miséria, fome e sede, nunca sei o que é isto, e espero que a maioria de vocês que ao lerem o que estou escrevendo, também não saberá o que é sentir fome e sede, frio e não ter onde morar. Nisto somos ricos e o que fazemos em troca para poder ajudar ao próximo nada! Absolutamente nada.! Se pararmos e pensar saberemos que teremos uma enorme capacidade de mudar este País, de provocar uma revolução quem sabe social no nosso querido Brasil, mas isto somente irá acontecer quando finalmente abrirmos os nossos olhos e acreditarmos que o nosso pouco se torna muito para aqueles que vivem nas ruas e são ignorados por nos e pela sociedade em geral. O planeta clama urgentemente pelo clamor e pela compaixão dos homens e dos filhos dos homens, de todos nos, pelos nosso ato de misericórdia e amor, vamos estender a mão , ainda há tempo de mudarmos alguma coisa ao nosso redor, pois se pararmos e pensar um pouco, veremos que somos todos nós o responsável por tudo que esta acontecendo e ai sim podemos ser os agentes transformadores da mudança que o mundo precisa para cicatrizar esta ferida que chora e clama pela dor que esta sentindo. Espero que o que estou escrevendo e falando aqui neste papel, faça com que se influenciem as pessoas mais poderosas que estão ao nosso redor, e que se cada um com sua capacidade e com sua inteligência ou se não doando alguma coisa para estas ONGS  que estão precisando muito mais de ajuda para acrescentar, ai sim teremos mais esperança por um mundo melhor e muito mais justo. Fico aqui com estas pequenas frases, juntamente com vocês, daqui a algum tempo poderemos dizer sem medo de ser feliz e gritar bem alto para todos ouvirem e escutarem nos quatro cantos deste mundo lindo e maravilhoso que nosso Pai o Criador Deus nos deu, eu comecei a fazer a minha parte, espero que você continue a fazer o que comecei.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

“ O VERDADEIRO AMOR NUNCA MORRE “

 

Se achares que um grande amor

Nos enlouquce, você descobriras

Somente a força que ele tem

E exerce sobre cada pessoa.

Então tão logo verás que a vaidade

Estara presente em tua vida

Como num gesto meigo e puro

De um verdadeiro amor.

Amar é como a chama

Que nunca se apaga,

É a vida que nasce a cada amanhecer,

É um sentimento frágil e eterno,

Sincero que marca cada

Momento em nossa vida

Que somente quem ama

De verdade sente este momento,
amar é como dois olhares

Que quando se cruzam dizem tudo,

Como dois corações que

Esperam pacientemente toda

A eternidade apenas para viver um segundo

Ao lado do grande amor.
Amar é como um beijo

Que é dado com maestria,

Com desejo que faz o fogo

Se ascender a cada toque,

E que mantem sempre acesa

A chama da eterna pureza

Quando dizemos amor

Tú és minha eu sou teu.
o amor verdadeiro nunca morre

Vive sempre presente em cada coração,

Metade que nunca iras se afastar

De dentro de nosso ser,

A outra a saudade que somente

Iras fazer a única saudade

De nos dois uma so parte.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Acadêmia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da AssociaçãoInternacional de Escritores e Artistas

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores )

 

 

“ O ORVALHO E A ROSA “

 

Quero em noites frias

Que é agraciada por

Este lindo luar poder

Presenciar a eternidade

De um grande amor

Que se forma agora

Neste lindo jardim

Que se encontra agora

Em silencio igual a

Uma rosa que aguarda

Ansiosa por seu amante.

O amante desce do céu

Seduzido pelo perfume

Desta rosa que deixa

Somente cair em gotas

Os cristais sobre o corpo

Escorrendo lentamente por

Este orvalho que se chama amor.

A lua que a tudo fica

A observar ar lá do alto

Vai intensificando o teu

Brilho junto a luz prateada

Numa única intenção de

Poder perpetuar para

Sempre este amor

Que esta nascendo.

Com os raios de sol.

Começa agora neste

Lindo amanhecer juntamente

Com este lindo sol que inicia

O dia que chega para findar

O lindo e gostoso namoro

Dos amantes que amou

Sob o clarão prateado da lua.

A rosa singela e bela

Aguardará quieta, fechada,

Como um lindo botão

Pelo seu amante que sem

Duvidas viras em muitas,

Muitas e muitas noites.

Mas como tudo é lindo

Um dia a rosa murchara,

Perderá para sempre

O teu perfume que a

Muito amante encantou,

Restando apenas a semente

Deste amor que viveu

Junto ao teu eterno amante.

Passarão muitos dias,

Muitas luas e dias,

E o amante voltará

Para poder procurar

Por sua rosa e nada encontrará,

E ali caído ao chão padecerá

Em saudades e tentará de

Toda maneira alimentar

Os filhos deste lindo amor.

Neste jardim aonde

Um alinda rosa nasceu

E viveu um grande amor,

Virão muitas filhas que

Foram nascidas deste amor,

Fazendo nascerem outras rosas,

Que em noites frias de

Um lindo luar prateado

Presenciarão a eternidade

Deste amor que junto ao

Orvalho a rosa nasceu,

Viveu, perfumou e viveu,

Uma linda história de amor

Com o teu amante.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Academia de Letras de Iúna (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artista

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores)

 

 

042 “ BRILHO PERDIDO “

 

Oh! Como será que você

Passou em minha vida,

Sem que eu percebesse,

Pois nesta tua passagem

Você não teve tempo

Nenhum para poder me amar,

E eu tampouco tive tempo

Para poder ficar com você,

E assim sem ao menos

A gente apenas se notar

Tudo foi indo embora

Como o ar que respiramos.

E as coisas que iriamos

Falar um para o outro

Ficaram guardadas em nosso

Coração ocultas para uma próxima vez.

Isso as vezes acontece

Até com os casais apaixonados,

Quando se ama esquecemos

De dizer coisas lindas para a pessoa

Amada que se encontra ao  nosso lado.

A todo instante fico a imaginar

Como vai ser o nosso caso,

Tal qual o nosso amor

Assim é o nosso romance.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Academia de Letras de Iúna (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artista

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores)

“ PENSANDO EM TI “

 

Mais uma madrugada no meu existir,

Lá fora um vento cortante,

Frio e gelado invade o meu

Coração que se encontra vazio,

Penso em ti,

Na distancia em que se encontra,

Apenas abro a janela da minha vida

E deixo que entre o amanhecer

Junto a este pensamento que esta

Louco neste instante ávido

Para poder te ver e sentir

Teus lábios nos meus

Depois de uma noite mal dormida.

Onde andaras este meu amor,

Que fazes agora neste instante,

Indaga este meu pensamento

Não sei! O que me resta fazer,

Apenas imaginar você perto de mim.

Quem és tu menina que se encontra

Distante de minha vida e ao mesmo

Tempo o que representa para mim?

Será uma estrela?

Será somente o sol,

Mas assim como num alvorecer

Você estava me esperando

Para poder me amar.

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Academia de Letras de Iúna (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artista

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores)

 

" AMOR LINDO AMOR "

O amor é o começo de 
um carinho que sentimos 
pela pessoa amada e que desperta
dentro de nos os mais lindos sentimentos.
Hoje quero falar de sentimentos,
mas dos mais puros sentimentos,
que nos fazem viver belos sentimentos.
Falemos deste mundo que nos cerda,
da mais linda flor que nasce nos campos,
falemos de um louco e delicioso amor.
Nem mesmo a mais simples 
e bela flor vai fazer com que eu 
me esqueça de você amor.
Tua presença ao meu lado amor
é puro prazer é uma total alegria
que agora sinto nascer dentro de mim.
Sim eu sei, não vou negar,
existem muitas flores lindas, 
mas lhe afirmo que ninguém e nem 
eu irás encontrar nenhuma flor 
como você, pois você foi plantada 
dentro de meu coração e és a unica.
E agora vivo somente do teu aroma
a tomar conta de meu corpo, do ar
que respiro, pois em cada canto 
que passo sinto o teu perfume, 
e da fragrância que posso respirar
para poder amenizar a tua falta.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 


" RAZÃO DE VIVER "

A vida não é como uma tentativa,
aproveite este momento, 
ame, ame mesmo, mas acima
de tudo, ame ao teu redor as pessoas
que te observam, que caminham contigo,
que te fazem feliz e abra o teu coração 
para todos que te quer bem.
Nunca na vida feche os olhos
para o mal, para a impureza, 
para a sujeira que tem no mundo,
mate a fome das pessoas,
faça com que elas nunca sintam fome.
E aos poucos vai procurando tudo 
que a há de bom em cada pessoa.
Nunca faça que cada defeito
seja uma distância longa a ser 
percorrida, mas faça que somente
seja apenas uma aproximação,
aceite esta vida, as pessoas 
que estão junto a ti e simplesmente
faça com que elas sejam apenas 
a tua razão de viver.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

" AMAR É MINHA VIDA "

Sempre que estou só
meu pensamento viaja,
uma parte de mim, 
sai por este mundo maravilhoso
a procura de aventuras, 
e tentando descobrir novos caminhos.
A outra parte de mim 
fica dentro do meu peito
que é uma sensação muito
linda que é amar, amar de 
verdade, dar carinho e sentir
carinho da pessoa amada.
Porque se não for 
desta maneira meu 
pensamento iria vagar
sem destino e eu não 
saberia como te encontrar.
Se não te amar sei que 
parte de minha vida perde
a razão de viver, de existir
e sei que vou ficar triste.
Porque para mim 
o mais importante de tudo
se resume apenas numa
simples palavra amar
que será eterno para 
toda a minha vida.
E as outras vidas
estas todas também te ama.
a outra...também!!
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

" O MELHOR PRESENTE "

O melhor presente é quando 
acordamos e sentimos 
que temos uma linda
pela frente, que fomos 
presenteados com este
dom que é poder viver.
O melhor presente é 
sentir que a presença
de alguém que a gente ama,
é tão legal e nos faz um 
bem maior em nossa vida.
O melhor presente é estar
aqui agora neste momento,
fazendo algo que gosto que 
é sentir o carinho que vocês
tem por mim, este carinho tão
especial que me torna um 
ser iluminado por todos vocês.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

Membro do Recanto das Letras

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

“ FALANDO DE AMOR “

 

A afinidade às vezes

Não é muito brilhante

Mas nada é nada menos

Que o mais dos sutis,

Delicado e que penetra

Profundo no mais intimo

Do coração de quem ama.

Não se importa o tempo,

Nem mesmo a ausência,

O adiamento da distancia,

E nem mesmo as impossibilidades

Que irão surgindo a cada dia.

Quando o coração sente

Uma afinidade por outro coração,

Torna-se lindo o reencontro

Junto a relação que se toma a seguir,

O dialogo e a conversa se faz presente

Junto ao afeto no exto ponto

Quando juntos estamos.

Afinidade é nunca haver

Tempo de perder alguém,

É uma vitória que conseguimos

A cada dia através da pessoa amada.

Mas quando existe amor de verdade

Não precisa de palavras

Para que o amor se manifeste.

Existe antes do conhecimento,

E vai irradiando ternura e amor

Pois em cada coração o que

Vai permanecer vai ser somente

O verdadeiro amor que sentimos

Um pelo outro quando junto estamos.

Para o amor quando é correspondido

Precisamos sim ter um respeito

Mútuo um para o outro,

É ficar conversando um com

Outro somente palavras lindas,

Que vai tocando cada coração

E aceitar o que vem do outro

Coração como uma linda aceitação

Que vai de encontro ao entendimento

Dos corações apaixonados.

Quando a gente ama de verdade,

Ama loucamente uma mulher,

Sentimos que o amor nasce

A cada amanhecer mais lindo ainda,

E não temos como explicar este

Lindo amor que esta nascendo

Dentro de cada vida aqui presente.

É como que sentir de nunca ter

Necessidade de explicar para

Ninguém o que estamos sentindo,

É podermos olhar e perceber

Através do olhar o lindo

Amor que se encontra em

Nossa frente ali parada,

Apenas esperando um beijo

E pedindo para dizer  te amo.

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Embaixador da Paz

Poeta del Mundo

Membro do Portal Cen de Portugal

Membro dos Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membro do Mar das Letras

Membro do Beco dos Poetas

Membro do Mapa da Poesia

Membro da Associação Internacional de Escritores e Artistas

Membro do Recanto das Letras

Membro da Confederação Brasileira de Letras e Artes

Membro correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni - MG

Membro Correspondente da Academia de Letras e Artes de Fortaleza

AVSPE ( Academia Virtual Sala de Poetas e  Escritores )

 

 FELIZ DIA DO BEIJO

“ O BEIJO “

O melhor dos beijos
E aquele beijo bem desejado,
Quando duas pessoas se 
Beijam e se completam por inteiro.
O beijo com sabor de desejo
Que nos da vontade 
De sermos felizes unindo
Nossos corpos num gostoso
Beijo como ponto de partida.
Mas o melhor beijo mesmo
Que a gente pode se dar
É o beijo gostoso em que 
A língua faz com que o beijo
Seja sensual e romântico,
E ao mesmo tempo o beijo
Faz com que o sexo seja sexo.

O beijo nos revela momentos

Felizes e nos prepara para o

Prazer total que iremos viver,

Pois o beijo nos prepara,

Para o momento certo,

Para o sentido da vida

Que é o amor eterno e

Quando sentimos que nossos

Corpos já estão preparados ai

Sim o beijo se torna mais gostoso

E nos faz sentir que a felicidade

Esta caminhando junto com os dois.

Fazer amor sem beijar,

E fazer amor por amor,

Não funciona, tem que ter pegada,

Tem que ter beijo pois somente

Assim se ama de verdade

E sente realmente aquele amor

Gostoso pelo prazer do amor.
Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

 

 

“  PROCURO AMOR  “

 

Procuro alguém que

Um dia sem me dizer adeus

Partiu e somente deixou

Em minha vida a certeza

De que um dia amei de

Verdade este alguém que partiu.

Procuro alguém agora

Para que eu possa amar

De verdade e poder sentir

Que a chama de poder amar

Ainda mais um grande amor

Ainda existe no meu peito

O amor que eu tenho para dar.

Procuro em minha vida um

Amor que possa dividir comigo

O desejo de amar, ser amada,

Dar e receber carinho.

Sei que um dia encontrarei

Mesmo distante este amor

Que eu tanto procuro

Aquela mulher que iras

Fazer-me feliz e sentiras

Também a felicidade em seu corpo.

Quero que neste renascer

De um novo dia o amor

Que irei encontrar seja apenas

O começo de um novo renascer.

 

 

 

 

Comendador Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

 

 

COISAS DO AMOR III - MARCUS RIOS & HELENITA DUARTE - DUETOS - 

 

Fomos surpreendidos pelo amor

Este amor que vai e vem no

Balanço das ondas junto há

Seduções e cheios de desejos

Que vai surpreendendo o nosso

Coração numa linda coisa do amor.

 

Simplesmente este amor foi

Unicamente chegando e logo

Deu um lindo mergulho dentro

De minha alma e foi tocando

Este meu coração e foi ao mesmo

Tempo me surpreendendo e

Ferindo-me minha vida de amor.

 

Que a cada onda deste amor possa

Sossegar e permanecer no alto mar,

Esperando o seu tempo de amor na

Mais pura compreensão dos queres

Deste nosso coração que fora apenas

Surpreendido por este maravilhoso amor.

 

Que o destino seja nosso aliado e vai

Cuidando das nossas escolhas para

Que possamos fazer sem cobrança

E ao mesmo tempo sejamos mesmo

Imersos numa realidade muito diferente

Mas que junto nos dois faça valer

Para sempre o nosso sonho de amor

Para que juntos possamos amar de verdade.

 

Nunca iremos permitir que este nosso sentimento

O amor seja somente uma coisa de amor sem valor,

Mas que mesmo na saudade do passado possamos

Seguirmos sempre em frente sonhando e quem sabe

Sentindo ainda este amor que distante esta

Dentro de nosso coração e da nossa alma.

 

E finalmente quando o nosso momento de amor

For único e verdadeiro e estiver acontecendo

Em nossa alma vamos sim cuidar deste amor,

Para que este amor seja apenas o calor de nossa vida

Que vai nos aquecer em cada momento de nossa vida

Num lindo e gostoso sentimento que vai nos permitir

Finalmente o encontro do carinho de duas almas

Que se desejam, tocam e sentem o amor,

Numa simples coisas de amor para que juntos

Possamos amar incondicionalmente este lindo amor.

 

Marcus Rios

Poeta Iunense – Acadêmico –

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras ( AIL )

Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras

 

 

COISAS DO AMOR II

 

Somos surpreendidos por amor

Ele o amor vai e vem como as

Ondas do mar há sedução desejos

Tudo de novo... Coisas do amor...

 

Unicamente simplesmente esse amor

Chegou e mergulhou em minha alma

Tocou o meu coração ao mesmo tempo

Fui surpreendida ferindo-me de amor

 

Que as ondas desse amor sossegue e

Permaneça em alto mar a esperar o seu

Tempo de amor na compreensão dos queres

Dos corações surpreendidos por esse amor

 

O destino cuidará das nossas escolhas...

Façamos sem medo sem cobranças...

Sejamos nós mesmos imersos em realidades diferentes

Mas vamos fazer valer o nosso sonho e amar...

 

Não permitiremos que este sentimento o amor

Sejam somente coisas de um amor...

Saudade de um passado gostoso que nos faz sonhar

Mas façamos do nosso passado de amigos

As nossas alegrias de um futuro promissor e esperançoso

 

E quando nós estivermos nesse momento de amor

Vamos cuidar desse amor

Que este amor seja o calor de nossas vidas

Que nos aquecerá em nossos momentos de conhecer

Um sentimento que permitirá o encontro do carinho

Que sentimos um pelo outro

Coisas do amor... amar incondicionalmente meu amor.

 

 Helenita Duarte

AMOR

 

Amor,

Tenho algo para

Falar-te mas me

Faltam as palavras.

 

Amor,

Meu coração eu

Quero muito te dar,

E eu nunca irei conseguir

Explicar como eu gosto

De olhar para ti e sentir

Este teu olhar a me observar

E ao mesmo tempo me dizer

Coisas lindas que me fazem

Ficar mais feliz ainda.

 

Amor,

Meu amor por ti

Nunca faltará,

Pois a cada dia ele

Torna-se mais lindo,

Um amor que vai se

Resumindo em cada

Palavra que eu lhe digo

E ao mesmo tempo te

Faz sentir feliz e segura.

 

Amor,

A cada dia que passa

Mais e mais o meu amor

Por ti sempre estará

Aqui comigo presente

Em minha vida somente

Para te amar.

 

Marcus Rios
Poeta Iunense - Acadêmico -
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)
Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras

COMO VOU VIVER SEM TEU AMOR

 

Como vou viver sem teu amor

Se o que eu mais quero em

Minha vida e você para mim,

Eu te amo tanto e preciso deste

Seu calor junto a este amor

Que nunca vai poder ter um fim.

 

Em cada madrugada,

Encontro-me aqui sem sono sozinho

Pensando apenas em você que me faz

Relembrar o que juntos nos dois vivemos

E ainda vamos viver em nossa vida.

 

Quando eu te vejo sinto um

Aperto enorme dentro de meu

Coração fazendo com que meus olhos

Vai te perseguindo e eu sinto em

Minha alma que isto é paixão.

 

Esse nosso amor não pode ter fim,

Pois em cada sonho meu fico a imaginar

O dia em que em minha vida você vai

Estar presente para sempre

Para que juntos possamos viver

Uma grande e linda paixão recheadas

De amor e muito carinho um para com o outro,

Dizendo apenas no nosso ouvido que esse

Nosso amor nunca vai poder ter um fim.

 

Marcus Rios
Poeta Iunense - Acadêmico -
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)
Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras

 

 

 

 

 

Caixa de Recados (31 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Em 8:27pm on novembro 17, 2016, Etelvina Gonçalves da Costa deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
Parabéns imensas felicidade na sua vida com paz alegria e amor Um abraço
Às 19:12 em 17 novembro 2016, Maria Iraci Leal disse...

Em 10:03pm on novembro 17, 2015, Waulena d'Oliveira Silva deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO !!!! Muita saúde e poesia ! Waulena
Em 7:39pm on novembro 17, 2015, Maria Iraci Leal deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
FELIZ ANIVERSÁRIO, BEIJOS, MIL.
Em 4:41pm on novembro 17, 2015, Janete Francisco Sales Yoshinaga deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
Feliz aniversário querido amigo! Muita paz, amor, saúde e felicidades! Beijos
Em 5:36pm on janeiro 14, 2015, ROSEMARIE PARRA deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
VENHA A PARTICIPAR DO CONCURSO AKROSPEAPAZNEWYEAR 5 2015 PERANTE JANEIRO A TEMATICA SERA SOBRE OS PROJETOS QUE TEREMOS PARA 2015 FELIZ ANO NOVO
Em 8:39am on dezembro 11, 2014, ROSEMARIE PARRA deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
CONVIDANDO-OS/AS PARA O CONCURSO AKROSCHRISTMAS NO AKROS PEAPAZ, BEM VINDOS ATENTAMENTE - ROSEMARIE PARRA ADMIN DO GRUPO
Às 11:32 em 17 novembro 2014, Nieves Merino Guerra disse...

Em 10:18am on novembro 17, 2014, João Pereira Correia Furtado deu para MARCUS VINICIUS BERTOLINI RIOS um presente...
Presente
Parabéns, felicidades e longos anos de vida!
 
 
 

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...