Madalena Gomes
  • Feminino
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Madalena Gomes

  • Maria Madalena de Jesus Gomes
  • Paolo Lim
  • Lais Maria Muller Moreira
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

Música

Carregando...
 

Página de Madalena Gomes

Últimas atividades

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Madalena Gomes
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
Madalena
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Convite de Sílvia Mota
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
A arte, a poesia, o amor são fontes de vida para minha vida, são minha essência, minha célula de formação, de existência... Tento aperfeiçoar-me aos critérios diferentes da forma de vivência do mundo e, embora não consiga, faço da natureza o meu berço, minha mãe, minha filha primogênita! Sou o amor...! Madalena Gomes
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Sim, concordo.
6 - Link para site/blog próprio.
Blog:
http://madalenagomes.blogspot.com.br
Recanto das Letras:
http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/37209
Luso-poemas:
http://www.luso-poemas.net/modules/yogurt/index.php?uid=12432
7 - Insira aqui os links para os teus perfis nas Redes Sociais.
Facebook: https://www.facebook.com/madalena.gomes.3538
Youtube:
http://www.youtube.com/user/madalenapoesia?feature=mhum
Skype: mamadalenagomes
8 - Publica três poemas ou textos da tua autoria.
Ariana...!

A arte, a poesia, o amor são fontes de vida para minha vida, são minha essência, minha célula de formação, de existência...
Sou o amor!

**********************

LEMBRANÇAS

O vento e a vida te levaram pra bem longe de mim
Vejo apenas o teu vulto lá,
distante no eco dos meus pensamentos, no riso dos meus olhos.
Vejo apenas o acenar alegre de todos os dias
Com olhares mágicos a me chamar
O vento e a vida não me ensinaram a te esquecer
Não me mostraram o caminho do teu deserto
Levaram-te, mas deixaram a saudade e o mesmo bem querer
A música que soa suave, o som dos amores quietos, distantes
De todo o sempre...
Levaram-te... Mas, deixaram o teu brilho no fundo do túnel
O teu cheiro nas flores do meu caminho,
o teu abraço nas noites esquecidas pelo luar,
que só tem tempo para abraçar o mar.
Levaram-te... Mas, esqueceram de levar o som da tua voz,
O riso do teu olhar, o riso do teu corpo quando me abraçava!
Hoje, aqui à soleira da porta vejo o mar gritando teu nome
Para me fazer lembrar a cada onda que abraça a praia,
Que és o amor que o vento e a vida transformaram em súplica
Em distância e lembranças.

Madalena Gomes
João Pessoa, Pb
22.10.2014

**********************

VIVER POESIA

... E o som da poesia invade meus ouvidos
vai tomando forma dentro da minha boca
Assim como toma forma o beijo doce do meu amor
Ao tocar os meus lábios.
Invade, incrusta nas paredes do meu íntimo
e sai pelos meus poros,
A jorrar nuances que sopram versos delicados, apaixonados.
... A poesia toma forma dentro do meu coração
e dilata-se pelas minhas veias a circundar meu corpo,
sai pelos meus olhos de forma fumegante
Como vulcão em erupção a soltar ao vento palavras no meu silêncio.
O tom da poesia efervesce bolhas coloridas de dentro do meu sonho
Para colorir minhas verdades latentes aproximando cada palavra do meu mundo sem cor, toma forma, dá forma, vive quente e multicor.
... E dentro de uma performance etérea, a poesia me vive!

Madalena Gomes
João Pessoa, Pb
08.04.2013

**********************

MULHER - MÃE

Lembras quando me destes tuas entranhas
Para que eu pudesse juntar todas as
Minhas partículas e me fizesse Ser,
De corpo e alma numa perfeição
Jamais compreendida¿

Lembras quando me preparastes
Todas as células numa perfeita dinâmica,
Quando uma força enigmática
Me conduziu dentro de ti durante
Longos nove meses
Formando-me, transformando-me!

Depois me deste segurança
E confiabilidade através do teu cheiro,
Das tuas mãos delicadas
E do teu carinho inconfundíveis...
Ensinaste-me os preceitos humanos,
A ter critérios e ser verdadeira.

Hoje ainda és meu baluarte
Onde deposito toda
Potencialidade de caráter e personalidade
Como razão de ser.
Fizeste-me Única!
Obrigada Mãe!

Madalena Gomes
08-05-2007
Publicado no Livro À Flor da Pele - Editora Kelps - 2012

Blog de Madalena Gomes

Agradecimento

Postado em 5 abril 2017 às 20:40 1 Comentar

Antes de tudo quero me desculpar com todos os amigos pela minha ausência tanto tempo... Estou às voltas com problemas existenciais tendo, portanto, me afastado de vários compromissos na Net. Tão logo as coisas normalizem virei compartilhar com vcs, o que amo fazer, poesias e agradáveis momentos. Por favor, não pensem que sou omissa ou pouco interessada, realmente não posso, no momento compartilhar ativamente.

Quero agradecer o carinho de todos por ocasião do meu aniversário, em 28.03.…

Continuar

Caixa de Recados (8 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Em 11:09am on outubro 28, 2017, ROSEMARIE PARRA deu para Madalena Gomes um presente...
Presente
no 31 de outubre COMEMORAREMOS O DIA DO POETA VIRTUAL, CRIADO E ORGANIZADO PELA ESCRITORA E POETA URUGUAIA DESDE 2009 ESTAO TODOS CONVIDADOS
Em 6:47pm on maio 16, 2017, Lúcia Cláudia Gama Oliveira deu para 39rsbdg6zgpz9 um presente...
Presente
Cada día de la semana es un momento para comenzar algo nuevo. Nunca dejes de brillar que el mundo necesita de tu luz. Felices sueños!!
Às 19:39 em 28 março 2017, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 8:50 em 21 setembro 2016, ROSEMARIE PARRA disse...

Às 7:54 em 26 julho 2016, Maria Iraci Leal disse...

Às 17:01 em 24 julho 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 17:01 em 24 julho 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 17:01 em 24 julho 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

 
 
 

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...