Pablo Alfonso
Compartilhar no Facebook
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (1)
  • Eventos
  • Grupos (1)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Pablo Alfonso

  • Imelda Maria Neis Bilinski
  • Maria Iraci Leal
  • Paolo Lim
  • Lais Maria Muller Moreira
  • Arlete Brasil Deretti Fernandes
  • Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
 

Página de Pablo Alfonso

Últimas atividades

Imelda Maria Neis Bilinski deixou um comentário para Pablo Alfonso
20 Abr
Pablo Alfonso recebeu um presente de Imelda Maria Neis Bilinski
20 Abr
Pablo Alfonso deu um presente para Maria Iraci Leal
20 Abr
Pablo Alfonso agora é amigo de Imelda Maria Neis Bilinski e Maria Iraci Leal
20 Abr
Maria Iraci Leal deixou um comentário para Pablo Alfonso
17 Fev
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ deixou um comentário para Pablo Alfonso
14 Abr, 2016
Maria Iraci Leal deixou um comentário para Pablo Alfonso
27 Mar, 2016
Pablo Alfonso recebeu um presente de Maria Iraci Leal
27 Mar, 2016
Pablo Alfonso e Arlete Brasil Deretti Fernandes agora são amigos
27 Mar, 2016
Pablo Alfonso deixou um comentário para Lais Maria Muller Moreira
"Muito Obrigado por seu amizade "
26 Mar, 2016
Pablo Alfonso deixou um comentário para Paolo Lim
"Um prazer ter voce como amigo. "
26 Mar, 2016
Pablo Alfonso deixou um comentário para Pablo Alfonso
"Muito obrigado a todos pelo cariño que me oferecem e as mensagens positivas. Peço desculpas se por falta de tempo não posso passar seguido pelo lugar, mas espiritualmente estou. Sento-me honrado de estar"
26 Mar, 2016
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ deixou um comentário para Pablo Alfonso
26 Mar, 2016
Pablo Alfonso deixou um comentário para Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
"Olá, como está você? Quero agradecer por convidar-me a que fizesse parte deste maravilhoso lugar das letras. Peço desculpas se às vezes complica-me entrar por falta de tempo. Tratarei de ser mais ativo. Envio-lhe um…"
26 Mar, 2016
Pablo Alfonso respondeu à discussão Antologia Imagem e Literatura nº77 - POEMA : A borboleta e a Transformação de Arlete Brasil Deretti Fernandes no grupo Antologia Imagem e Literatura
"Poesia maravilhosa! Eu gostei deste soneto muito, muito. Um prazer de ler. Eu vou voltar aqui em breve."
26 Mar, 2016
Pablo Alfonso entrou no grupo de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
Miniatura

Antologia Imagem e Literatura

Espaço reservado aos exercícios literários, em verso e prosa, a partir da imagem proposta.Criadora do Grupo:Sílvia M. L. MotaAdministradora Moderadora:Maria Iraci LealVer mais...
26 Mar, 2016

Informações do Perfil

1 - Indicar teu nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.
Pablo Alfonso
2 - Local da tua residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.
San Carlos, Uruguay
3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Alguém me convidou. Não recordo seu nome agora
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.
Parte de meus poemas têm sido publicados em editoriais de renome: por exemplo Dunkan, Sudamericana, Trilce, entre outras. Meus textos fazem parte de vários livros coletivos.
No entanto, catalogo-me como um simples amante da poesia.
5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Não costumo escrever nada erótico. Menos publicar imagens desta índole. Mas, respeito a ideologia das demais pessoas
6 - Link para site/blog próprio.
http://www.pabloalfonso.mex.tl/

http://poemas-del.mozello.com/

http://www.redescritoresespa.com/A/alfonsoA.htm

http://www.poesiaspoemas.com/pablo-alfonso

www.mundopoesia.com/.../343012-anda-a-cantarle-a-gardel.html

http://escritoresypoetas.com/poema-de-amor-a-karin-lizbett.html

http://www.safecreative.org/user/pabloalfonso
7 - Insira aqui os links para teus perfis nas Redes Sociais.
https://www.facebook.com/pabloalfonso70

https://twitter.com/PabloAlfonso_uy
8 - Publica três poemas ou textos da tua autoria.
Um velho mulo

Em um caminho em círculo,
cinchando de um pau
com os olhos cobertos,
um velho mulo,
triste e resignado,
dá voltas cabisbaixo.

E sempre idêntico,
sempre o mesmo circular caminho,
sem prazo nem começo,
que o pobre mulo ao fim
percorre com esforço
para ganhar seu capim.

Tenaz e convencido
de sua grave missão
neste mundo, como muitos,
morre de chato,
fatigado e sem glória,
maltratado e sofrido,
o mulo da roda.


Natureza

Natureza...
O que fizeste de o meu ser?
Por que você me deu para viver
sem verificar o seu trabalho
tão estranho e complexo?
Isso seria feito para o prazer,
organizado para o sucesso
e, no entanto, destinado a passar
e fracassar.

Admirável física me deu,
saúde de ferro, temperamento ardente ,
sensibilidade e emoção me concedeu,
alma dum trovador
robusto e feio,
forte e nervoso,
distinto e sonhador.
E um coração grande e generoso.
Nenhuma organização em minha mente
pode colocar de todas as artes
valores equivalentes
e meu cérebro colmaste
com memória, a intuição ,
ouvido fino, penetrante visão,
clareza de pensamento
e compreensão...
Mas... Oh fatalidade!
Você se esqueceu
de vontade!
Para que essas correntes divinas
que não posso encausar,
e esses conformes e essas cores
que não posso expressar?
Tudo o perdo,
como os raios de luz
me vão subtilmente
porque não os posso fixar...
o ecletismo anula-me fatal;
me cativa a caneta, a nota e cor,
distrai-me o campo, o mar eo sol,
as Deusas da beleza chamam-me
por todos os caminhos,
por todos os rincões
me assinalam um destino
No entanto,
não sei que caminho percorrer...
Estou perdido na música
e na luz de meus sonhos;
Indeciso e vacilante
seguirei pela vida
como um sonâmbulo da arte...



Minha lira

Minha lira é o amor e que assim seja.
Quero ser amado e amor sento;
escrevo do amor com doce acento,
sento-o ao alma e assim seja.
Hoje se abrirá em capullo flor que cria
dará regozijo ao sentimento;
percebo não é perfeita, mas o tento,
quando vem o amor ou me golpeia.
Assim no amor ou dor levado
e assim quando a meus olhos a imagino
entregada em meu sonho e mais quisesse
a ter amado sempre e mais amado
quando em ceñudo tento o cruel destino
por outrora senda nos conduzisse.


Todos os direitos reservados

Caixa de Recados (13 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Às 21:57 em 20 abril 2017, Imelda Maria Neis Bilinski disse...

Às 17:11 em 17 fevereiro 2017, Maria Iraci Leal disse...

Às 14:19 em 17 fevereiro 2017, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Em 10:12am on fevereiro 17, 2017, Lúcia Cláudia Gama Oliveira deu para Pablo Alfonso um presente...
Presente
Felicidades! Parabéns. Abraço.
Às 12:32 em 14 abril 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Às 20:31 em 27 março 2016, Maria Iraci Leal disse...

Às 12:16 em 26 março 2016, Pablo Alfonso disse...

Muito obrigado a todos pelo cariño que me oferecem e as mensagens positivas. Peço desculpas se por falta de tempo não posso passar seguido pelo lugar, mas espiritualmente estou. Sento-me honrado de estar

Às 12:10 em 26 março 2016, Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Em 3:16pm on março 24, 2016, Marcia Portella deu para Pablo Alfonso um presente...
Presente
Bem-vindo ao recanto do amor e da paz
Às 10:34 em 24 março 2016, Dione Fonseca de Barros disse...

Bem vindo poeta a este portal de amigos e de paz onde somos felizes e encontramos o eco de nossas almas em pessoas que tem o mesmo modo de pensar e sentir nos mostrando que somos um só povoem sentimentos e necessidades. Seja muito feliz e encontre amigos; Te desejo belos escritos e paz.

 Dione Fonseca

Foto Dione Fonseca

 
 
 

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...