Sílvia Mota
  • Feminino
  • Rio de Janeiro
  • Brasil
Online agora
Compartilhar

Amigos de Sílvia Mota

  • Jose Gouveia
  • Poeta de Garanhuns
  • Stefano Caranti
  • claudio cruces
  • Neide Himenes
  • Jaime A.
  • Rocío Biedma
  • HOMER CÁRDENAS ANGULO
  • edmundo torrejón jurado
  • PÉRICLES ALVES DE OLIVEIRA
  • Neyd Montingelli
  • MARIA MANUELA VIEIRA DE MATOS
  • Rafael Alvarez Cordero
  • Roberto J Fraga Moreira
  • oscar alberto marchesin

Música

Carregando...

Blog de Sílvia Mota

Um vendaval de desejos

Postado em 22 dezembro 2017 às 6:35 9 Comentários

Burburinho em Dalí

Postado em 23 janeiro 2017 às 20:30 13 Comentários

Entre ondas e areia...

Postado em 8 janeiro 2017 às 1:30 14 Comentários

Discussões de Sílvia Mota

Exposição de restos humanos em museus

Iniciou esta discussão. Última resposta de Poeta Malume do Brasil. 8 Nov, 2017. 3 Respostas

LINKS RECOMENDADOS

Iniciou esta discussão. Última resposta de ROSEMARIE PARRA 15 Jan, 2017. 5 Respostas

CIGANOS - Reality Shows - Canal TLC

Iniciou esta discussão. Última resposta de Dione Fonseca de Barros 14 Fev, 2017. 14 Respostas

Peixe fresco

Iniciou esta discussão. Última resposta de Críspulo Cortés Cortés 17 Out, 2015. 6 Respostas

AIDS NO BRASIL

Iniciou esta discussão. Última resposta de Sílvia Mota 2 Jun, 2016. 5 Respostas

O ideal do crítico - Por Machado de Assis

Iniciou esta discussão. Última resposta de Luiz Mário da Costa 25 Fev, 2015. 4 Respostas

Os segredos do sexo tântrico

Iniciou esta discussão. Última resposta de Dione Fonseca de Barros 10 Out, 2015. 10 Respostas

 

♫♥ Meu Eu-poético sente saudades de algo eterno, do qual não se consegue lembrar... ♫♥ (Sílvia Mota, 19 nov. 2011)

Informações do Perfil

1 - Indicar nome verdadeiro, por completo, e o nome a ser usado no Portal PEAPAZ.





Eu, Sagitário!
Kheiron! Centauro virtuoso e amigo do saber,
que alforriaste Prometeu às garras do inferno,
alçaste aos céus e ali eternizaste sonhos,
por entre estrelas e báratros incontáveis,
na impérvia desnudez da Constelação de Sagitário.

Abrolho dessa lírica e sutil nebulosa,
como navegante afoita dos oceanos do céu.
Sibilo a flecha ferina do conhecimento,
nua em pelo e em sons, à poeira divina.

É por essa criatura, meio humana e animal,
que me desfaço em dualidade poética
e reconheço meu ser em desalinho,
no soluço dorido de cavalgada ao léu.

Arrebento em fúria os botões do abismo
e liberto os bicos róseos do meu paraíso
ao sabor da Via Láctea, que louca e lésbia
suga-me os seios sem pedir licença.

Meu leite jorra esquizofrenicamente
e, nesse fado, fadas e demônios alimenta.
Homens e mulheres sacia, para perder-se
no acaso infecundo da fluidez do pensamento.

Kheiron! Lanço-me ao mistério das conchas estelares,
a permitir estupro em amarras vermelhas.
Arreganho-me ao pisotear das patas mitológicas,
cujas bocas ensandecidas devoram meu corpo.

À iniquidade santa do meu verbo danças feliz,
enquanto vertes sêmen ao embalo das minhas pernas.
Preciso arfar na imortalidade deusa que perdeste
ao desejo de humanidade frágil e pecadora.

Busco a verdade na força desse arco empeçonhado
e, sou teu manto magnânimo, sem jamais ser tua.
O feitiço das minhas veias é a teia do teu prazer
e, sem piedade, a agrura eterna da tua traição.

Sou mulher e cavalo - sei cavalgar-te, fêmea!
Sou cavalo e mulher - sei atiçar meu homem!
De quatro restarei aos teus desejos loucos,
se endeusares o som da minha boca
na seiva agridoce do teu estro armado!
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Foto pessoal (2008) sobreposta às imagens dos centauros,
capturadas, separadamente, na Internet. Arte por Sílvia Mota
Cabo Frio, 20 de fevereiro de 2010 - 4h35


Às saudades... todas as saudades...


Poeta suicida
Há dias aos quais sonho a vida
de forma tão insana,
que desgrudo meu olhar de mim
e afloro primavera queimada.
Hastes secas,
pétalas ressequidas
ao sol do meio dia
- enxerto mal feito -

Há dias aos quais morro em vida
e de forma incontida
revelo a insolência tola
do peito atrevido.
Exibo ao mundo
uma indecorosa felicidade,
que chora escondida

e se amofina à cópula dos ratos.
Há dias aos quais fantasio sexo
através das rendas
e veludos vermelhos
enfurnados na lembrança.
Cubro-me de lingeries
negra, verde, azul, branca...
e colorida de ilusões
enluto-me na saudade.


Há dias aos quais me acavalo
na cauda dos arco-íris
e sumo no vento, pelo Infinito,
a sugar o sexo dos anjos.
Embebedo-me consciente
ao sabor agridoce... gota a gota...
empanturrando-me de vertigem,
até vomitar Eras no paraíso das estrelas.

Nesses dias, aos quais sou humana,
h u m a n a m e n t e monstro de mim,
é preciso estourar os tímpanos
com a granada da Esperança.
Emparedo-me viva – como vampira,
nos poros sanguinolentos da própria pele
e por apodrentar em perfume,
suicida viva, despetalo.

Ao então, quando a escuridão desaba
e o Universo se arrasta aos meus pés
a bolinar-me morta, os meus Eus imortais
arreganham-se em orgasmos múltiplos.
Nessa ménage indescritível
arrombo o sarcófago da inércia
e renasço falena... meio fada... meio bruxa...
borboleta noturna... meio fêmea... meio poeta...





************** *********************
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 30 de março de 2010 – 16h45
Fundo musical: Frank Pourcel. Mourir d'aimer.



Fé, Amor, Paz e Poesia


Nomeada Embaixador Universal da Paz pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz - Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix - France & Genève Suisse, em 16 de novembro de 2009. Humanista, há vinte e seis anos pratico o Budismo de Nitiren Daishonin, sob o desafio de contribuir para a concretização da Paz Mundial, a exemplo do meu Mestre da Vida, Dr. Daisaku Ikeda. Acredito na mudança interior de cada indivíduo, por meio da cultura. Neste contexto, sob a condição de Mestre em Direito, pela UERJ, meus escritos científicos nascem do anseio de despertar nos leitores um pensamento crítico-reflexivo, para que possamos, juntos, interferir na realidade fática em benefício de um mundo melhor. Quanto aos meus poemas, são as flores de mim. Ofereço-as ao mundo. Através de cada verso, pretendo alegrar os corações, espargindo-lhes um perfume de Amor, Paz e Fé.
 
2 - Local da residência: cidade, estado e país. Por motivos de segurança, não indicar endereços completos.

3 - Como chegaste ao Portal PEAPAZ?
Sou a criadora do Portal.
4 - Traça-nos tua trajetória no âmbito das artes/literatura/ciência.

A dois monstros temo e emudeço

- a Morte e o Amor! -

5 - Concordas que utilizarás o Grupo Sensuais e Eróticos SE publicares imagens de nu explícito?
Sim, concordo.
6 - Link para site/blog próprio.
Primeiro site, no ar desde 2002 e, agora, na Plataforma do Recanto das Letras:
http://www.silviamota.com.br
Enciclopédia Virtual de Bioética e Biodireito:
http://biodireito.ning.com
Centro de Pesquisa Jurídica Sílvia Mota & Filhos:
http://cenpesjur.ning.com
Belas Artes Belas:
http://belasartesbelas.ning.com
7 - Insira aqui os links para os teus perfis nas Redes Sociais.
Facebook: http://www.facebook.com/silviamotapoeta
Facebook: http://www.facebook.com/silviamotapoetadoamoredapaz
Facebook: http://www.facebook.com/peapaz
Facebook: http://www.facebook.com/groups/poetaspeapaz
Twitter: http://www.twitter.com/peapaz
Linkedin: http://www.linkedin.com/profile/view?id=57261542
8 - Publica três poemas ou textos da tua autoria.

Toque

Não falarei de rosas ou crisântemos

neste mundo devastado pela chuva,

onde tropeço em esqueletos

alinhados no chão.

Chamo corrupção

a esse mal insano

cortado em róseas auréolas

mastigadas a sangue frio

bem à frente dos meus olhos,

na mesma rua onde moro.

Seja qual for meu protesto

contra as histórias sem futuro,

assisto bocas sem dentes

que sorriem ao falso riso.

Chamo incultura

aos sonhos obesos

plantados em terra de fins lucrativos,

mas cortados prematuramente

ao surgir do novo amanhecer,

por cimitarras desprovidas de ética.

Lembram-se – ao menos –

daqueles que tocaram?

 
Faustosa pornógrafa
Ensaiei obscenidades
e ocultos fetiches.
Fiz-te meretriz enferma
e pintei teus lábios de sangue
na ânsia de abafar de mim
tua ridícula anemia.
Ensaiei obsessões
e cenas de canibalismo.
Como se fosse numa zona do cais
lavei-te os perfumes naturais
e ao afã de injuriar-te
salpiquei cheiros estranhos no teu chão.
Depois, num ato insano, rameira perfumada,
permiti que homens estúpidos te deflorassem
sob meus olhos concupiscentes...
Foi assim, Orbe Terra, foi assim,
que ao roubar tua juventude explorei teus encantos
e joguei-te indigente aos meus pés... quase morta...



Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 23 de agosto de 2009 – 23h13

Fotos de Sílvia Mota

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS

Creative Commons LicenseO acervo intelectual (obras científicas, técnicas, literárias, pictóricas e de outras categorias) publicado nos Sites e Blogs Particulares de Sílvia Mota sob as assinaturas de Sílvia M. L. Mota ou Sílvia Mota é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil. Based on a work at http://peapaz.ning.com/. Permissions beyond the scope of this license may be available at http://silviamota.blogspot.com; http://www.silviamota.com.br; http://biodireito.ning.com; http://letras.ning.com; http://cenpesjur.ning.com; http://www.silviamota.recantodasletras.com.br

Caixa de Recados (1,587 comentários)

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Às 10:19 em 12 janeiro 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

BOM DIA SÍLVIA!

QUERIDO FIM DE SEMANA, PASSE BEM DEVAGAR. OBRIGADA.

Às 13:31 em 6 janeiro 2018, Maria-José Chantal F. Dias disse...

PS

PARABENS PARABENS MIL OBRIGADAS MIL TUDO!!!!!!! ADOROOOOOOOO!

ADORO O NOVO FUNDO ROS (Júlia!!! kkkk) E AS ROSAS??????!! AIIIIIIII QUE LIIIIINDO O NOSSO PORTAL ESTAVA NA QUINTA-FEIRA!!!!!!!!!!!  

E SEMPRE ESTÁ TÃO LINDOOOOOOOO...

Às 13:26 em 6 janeiro 2018, Maria-José Chantal F. Dias disse...

Querida Sílvia foi com todo o meu Amor que fiz o cartão imaginando as alegrias de ser vóvó bem de pertinho dos netinhos!! Sabes que eu sou vovo de longe rs e há muitas coisas que vivo de longe mas o abraçar cheirar e ficar lambuzada vivo só na imaginação e no sonho! De qualquer forma a minha fraca mobilidade e força nunca permitiriam ser a avó que eu sonhei ser: rebolar na erva e na areia, ensinar a nadar e dar mergulhos, ver o peixinho-rei passear nos nossos pés, na agua baixinha do mar, bem tudo à medida dos menininhos!!! Foi isso que tentei transmitir no cartão enquanto o fazia .... mas vivo animada por ter feito isso tudo com meus filhos!! ao menos isso eu fiz mesmo se não é reconhecido!! rs

Beijinhos e mil abraços ....aqui deste canto Português, onde os limões têm o céu cinza por moldura, mas lavadissimos da forte chuvada de ontem! exclamam como o poeta Eugénio de Andrade: " Olha como brilham o limoeiros!"

Chantal Fournet

Às 11:29 em 5 janeiro 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

PRINCIPAIS MEMBROS - 2º LUGAR - PARABÉNS!

Às 21:16 em 4 janeiro 2018, Etelvina Gonçalves da Costa disse...

Às 21:13 em 4 janeiro 2018, Etelvina Gonçalves da Costa disse...

 Silvia  é com carinho que lhe deixo aqui umas palavras simples mas que revelam o carinho e amizade que tenho por si e a grande admiração pela pessoa que é e por ser uma Linda avózinha esmerei.me a escrever para si mas acho que a paisagem que escolhi comeu as palavras desejava-lhe e desejo um Ano repleto de realizações pessoais e muito amor paz e luz na sua vida e nos seus.. dizia mais algumas palavras todas elas referenciando o ano que findou e o que estamos com fé e esperança nos traga todo o bem que necessitamos.  referi-me também a umas postagens de videos que a ndado doente gripe que me apanhou fortemente dai minhas festas serem de cama e mais ou menos dentro de casa ..   faço votos para que suas festas tenham sido de muita paz e luz.

 

Às 20:43 em 1 janeiro 2018, Rafael Mérida Cruz-Lascano disse...

Feliz Año 2018, Comienza un nuevo año y te deseamos que sea de muchas bendiciones, alegrías, amor, felicidad y muchas sorpresas bellas para tu bella inspiración. Como continuamos con la alegría del adviento estas letras vienen con los acordes del cielo. Gracias. Y con todo nuestro agradecimiento también te deseamos una Fiesta Pascual con felicidad familiar

Amparito y Rafael. Mérida

Às 20:10 em 1 janeiro 2018, Maria-José Chantal F. Dias disse...

Às 20:08 em 1 janeiro 2018, Maria-José Chantal F. Dias disse...

Amada Sílvia Vóvó!!!

Vóvó Sílvia Mota em êxtase está
Alegrias do Ano Novo vestem
Rosa e verde primaveril
Beleza se encaminha nas cores do coração
Júlia vem chegando!
Júlia vem amando por tão amada já ser!
Vóvó vai tecendo no coração desejos.
Julia vem preenchendo sonhos de flores em braçadas!
Poemas em seu interior se formando
Sementinhas no jardim se plantando!
Crescerá em Alegria Amor e a traquinice própria!
Parabens Vóvó Papai e Mamãe!
Viveremos todos, os amigos de Sílvia Mota,
Expectatantes da Hora, que se deseja pequenina,
Pois grande demais é o MOMENTO!
Gratidão Universal sempre que um Ser nasce!  
beijossssss
Chantal
Às 19:15 em 1 janeiro 2018, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

FELIZ 2018 SÍLVIA!

Em 6:58am on janeiro 01, 2018, María Cristina deu para Sílvia Mota um presente...
Presente
Felices Fiestas Silvia para ti y toda tu hermosa familia. Desde Argentina con mi cariño de siempre!!! Cris
Às 11:41 em 1 janeiro 2018, ROSEMARIE PARRA disse...

Às 20:40 em 24 dezembro 2017, Rafael Mérida Cruz-Lascano disse...

PASO A VISITARTE Y DESEARTE LA MEJOR DE LAS NAVIDADES

Como ya estamos con la alegría del adviento estas letras vienen con los acordes del cielo. Gracias. Y con todo nuestro agradecimiento también te deseamos una Fiesta Pascual con felicidad familiar

Às 12:31 em 21 dezembro 2017, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

BOA TARDE - FELIZ QUINTA-FEIRA - BOAS FESTAS!

Às 9:00 em 13 dezembro 2017, Neusa Marilda Mucci disse...

Agradeço pelos votos. Bom dia

Às 16:52 em 6 dezembro 2017, MARGARIDA MARIA MADRUGA disse...

PARABÉNS SÍLVIA! - 1º LUGAR - PRINCIPAIS MEMBROS

Às 19:26 em 4 dezembro 2017, MARIO ROLANDO VIDES ALVARADO disse...

GRACIAS A TODA LA FAMLIA PEAPAZ https://www.youtube.com/watch?v=LqUoOdpSpfI

Em 5:46pm on dezembro 03, 2017, Iván deu para Sílvia Mota um presente...
Presente
"Que tengas grata semana"
Às 23:55 em 2 dezembro 2017, Imelda Maria Neis Bilinski disse...

Em 5:22pm on dezembro 02, 2017, Dulce de Souza Leao Barros deu para Sílvia Mota um presente...
Presente
Silva Mota, Paraabens! Que Deus na sua infinita bondade, te conceda tudo o que voce desejar. Beijos.

Vídeos de Sílvia Mota

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos
 
 
 

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço