abril 2016 Posts no Blog (481)

TROVA - POR MAIS UM NATALÍCIO DE MINHA FILHA BEATRIZ

Sete letras e fonemas,
Três sílabas têm o seu nome.
Beatriz é nosso lema:
uma alegria a consome!…
Continuar

Adicionado por ROGERIO MARQUES SEQUEIRA COSTA em 30 abril 2016 às 22:47 — 1 Comentário

LOUCURA

Loucura

 

 

 

Foste tu...

Que levaste tudo em tua espada

E me pregaste a alma á fantasia

Que fizeste tua a minha estrada

E me deixaste louco num só dia.

 

Foste tu...

Que me…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 22:19 — 2 Comentários

Memorial

 

 

MEMORIAL

Escrevi algo de que não me lembro…

Escrevi algo...talvez em Setembro.

O meu olhar corre por entre as árvores

Do tempo em que a memória se quedou.

Quero e não quero mais sonhar as cores

Do…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 20:58 — 3 Comentários

Eco

Do outono no cerrado e seus desfolhos

Minha saudade caia ao chão fragoso

Do meu áspero e mirrado tristes olhos

Em tal lira de verso aflito e rancoroso



Nos ventos secos e enrugados chiavam

Os gritos da noite numa solitária canção

Onde lembranças aos astros clamavam

Esmolando do silêncio alguma atenção



Só um olhar neste brado de compaixão

Um olhar, um eco, uma mão...



Luciano Spagnol

30/04/2016, 18'00"

Cerrado… Continuar

Adicionado por Luciano Spagnol em 30 abril 2016 às 20:38 — 1 Comentário

Ainda Assim

 

                AINDA ASSIM

 

Nos teus braços encontro Amor

A paz dos campos que enaltecem

As árias de um trovador

Que teus lábios já conhecem.

Nos teus olhos vejo a verdade

Que andei anos a procurar

E no teu corpo uma felicidade

Que não consigo olvidar.

Não sei se partes…

Só por partir

Ou se de mim

Tu queres fugir

Ainda assim…

No teu rosto tenho a imagem

De uma estrela…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 20:32 — 4 Comentários

DOCE

Roubei-te o doce...fui inconsequente…

Continuar

Adicionado por Geraldo Coelho Zacarias em 30 abril 2016 às 20:20 — 1 Comentário

Visto do Rio

VISTO DO RIO

 

Foi junto ao rio…por entre marés errantes,

Por entre barcos atracados e gaivotas silenciosas

Que te roubei um beijo e tive por instantes

O ensejo de me deitar numa cama feita de rosas.

 

Foi no mesmo…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 19:28 — 2 Comentários

Naufrago

Naufrago

Quando triste estiveres.

A deriva... Sem rota ou rumo.

Navegando a esmo.

Naufrago em abismais.

Emerso sobre águas turbulentas.

Não sabendo aonde ir,…

Continuar

Adicionado por Adilson Tinoco Rezende em 30 abril 2016 às 18:18 — 2 Comentários

Vida

 Vida

É...! A Vida...

Vida que segue e ilude.

Vida que protagoniza.

Vida maldita, bendita...

Vida da vida

Vida da morte

Vida de azar, também da sorte.

Vida que para... Depois segue seu curso.

Vida dos desafios, das noites sombrias.

Vida das verdades e mentiras.

Vida que passa célere.

Vida dos erros e…

Continuar

Adicionado por Adilson Tinoco Rezende em 30 abril 2016 às 17:30 — 3 Comentários

Palco ou Plateia

Palco ou plateia

Há momentos na vida, que o melhor a fazer,

É uma sucinta reflexão...!

Refletir se valeu a pena. 

Os erros os acertos,

Os sonhos sonhados,

E os sonhos acordados.

Reflitamos a vida, num todo.

Viver...! É estarmos num grande…

Continuar

Adicionado por Adilson Tinoco Rezende em 30 abril 2016 às 17:23 — 1 Comentário

AMOR IMORTAL ( O MEU EU SEI QUE EXISTE )

Será que amor é imortal,…

Continuar

Adicionado por Geraldo Coelho Zacarias em 30 abril 2016 às 13:00 — 3 Comentários

O Grande caderno azul - LVIX

LVIX



Minhas mãos estão tremulas, uma fraqueza generalizada, fruto de dois dias direto enchendo a cara sem me  alimentar direito. São cãibras nos pés e nas pernas, não posso nem estica-las. Como sempre entro em depressão. Mas me recupero aos poucos. Os gatos entram correndo espantados com o carro de som. A boca amarga. Seu Mario, o pm vizinho da frente buzina para abrirem o portão. Bebi ainda pouco um café com leite para repor as energias. Minha cunhada contente seu 'filho' chegou de…

Continuar

Adicionado por Raimundo Nonato Rodrigues em 30 abril 2016 às 12:28 — 2 Comentários

AMOR E PAIXÃO

AMOR E PAIXÃO
Marcial Salaverry

Amor
Persiste
Existe
Paixão
É fugaz,
Amor
paixão...
Paz e fogo
no coração...

Marcial Salaverry

Adicionado por Marcial Salaverry em 30 abril 2016 às 9:48 — 4 Comentários

UMA FLOR... UM AMOR

UMA FLOR... UM AMOR

Marcial Salaverry

Uma flor no jardim colhida,

e ao amor entregue,

fala de amor para toda a vida...

Com flores, falamos de amor,

com amor recebemos flores...

Desejando um bom efeito,

oferece-se um amorperfeito,

para assim viver um amor perfeito...

Flor é uma obra de arte,

que pelo Artista Maior foi pintada,

por isso tem tanta beleza,

sendo uma maravilha da Natureza,

bela e lindamente…

Continuar

Adicionado por Marcial Salaverry em 30 abril 2016 às 9:41 — 2 Comentários

Solidão, amor e paixão

Solidão, onde escuto, onde arrojo

Longe dela me perco, me esqueço

Nela me crio, torno o meu refojo

Onde posso dizer é meu adereço

Em sua sombra eu me desagrego

Sou vários, sou um, fim e começo

Só com ela no tempo eu desapego

Me entrego aos devaneios, apreço

E assim neste cenário de mansidão

Tenho total criação, sou recomeço

Pois a solidão é safari, é expansão

Posso ter os espinhos, ser tropeço

Cair e levantar sem ter repressão

Se… Continuar

Adicionado por Luciano Spagnol em 30 abril 2016 às 9:36 — 1 Comentário

¡¡¡ ROMANCE DE ALUMBRE Y AGUA !!!

http://www.youtube.com/watch?v=WubToRFKcdY



 

 

¡¡¡ ROMANCE DE ALUMBRE Y AGUA !!!…

Continuar

Adicionado por Críspulo Cortés Cortés em 30 abril 2016 às 5:10 — 3 Comentários

Noite

 

 

NOITE

 

Ontem a noite...

Era de vidros partidos

A noite...

Eram os meus sentidos.

No chão...

Dos meus brancos lençóis

O clarão...

Outros mundos outros sóis.

Na noite...

Tão cheia de mim

Chovia...

E…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 3:18 — 1 Comentário

Retorno

 

 

RETORNO  

O tempo vai para onde quer

E leva coisas pequeninas

Parece-me que estou a ver…

São memórias repentinas.

Tu e eu…lá bem atrás

Em perfeita sintonia

O tempo leva, o tempo traz…

Até o som da telefonia.

Tudo o que se perde na…

Continuar

Adicionado por Fernando José Corte Real Azevedo em 30 abril 2016 às 3:11 — 2 Comentários

Rogo

com som

Pai, livra-me do mal…

Continuar

Adicionado por Waulena d'Oliveira Silva em 30 abril 2016 às 3:00 — 9 Comentários

AMOR ADOLESCENTE

AMOR ADOLESCENTE



Te conocí, tus ojos miré…

Continuar

Adicionado por Miriam Inés Bocchio em 29 abril 2016 às 22:30 — 4 Comentários

Arquivos mensais

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...