setembro 2011 Posts no Blog (427)

SOMBRAS & LUZES (Poesias)

 

 

Eu e meu pai - Antonio Lycério Pompeo de Barros - publicamos um livro em co-autoria: Luzes & Sombras (Poesias). Suas 124 páginas contém sonetos, rondéis, cordéis, indrisos e outras poesias. Sua Edição foi feita pela Câmara Brasileira de Jovens Escritores/ CBJE. O livro foi lançado no aniversário de 89 anos de Antonio Lycério, no dia 20 de julho de 2011.…

Continuar

Adicionado por Edir Pina de Barros em 30 setembro 2011 às 23:56 — Sem comentários

Canção de PRIMAVERA

 

Manhã de sol,…

Continuar

Adicionado por Maria das Graças Araújo Campos em 30 setembro 2011 às 18:30 — 7 Comentários

A MAIS BELA FLOR

A MAIS BELA FLOR



À beira da estrada

Uma linda flor…

Continuar

Adicionado por Zélia Mendonça Chamusca em 30 setembro 2011 às 17:45 — 5 Comentários

Minha doce amada. . .

 

  

Minha doce amada, as linhas que traço trazem consigo saudades imensas.

A mim parece uma eternidade, mas foi ontem. Sim! Ontem a tive em meus braços.…

Continuar

Adicionado por Wilson Carlos Roberto em 30 setembro 2011 às 17:30 — 1 Comentário

VERSOS SANGRENTOS

## VERSOS SANGRENTOS

 

Seu eu conseguisse colocar em meus versos

Toda a tristeza e a dor que estou a sentir

Meus versos seriam sangrentos

Porque estou tão perdida quase a desistir.

 

Estou doente e tão sozinha

Ma abrange uma magoa intensa

Faz-me perder as…

Continuar

Adicionado por THALYA SANTOS em 30 setembro 2011 às 16:33 — Sem comentários

A GRANDE AVENTURA DA MINHA VIDA (respondendo ao Escritor Hildebrando Souza Menezes Filho)





A GRANDE AVENTURA DA MINHA VIDA

(respondendo ao Escritor Hildebrando Souza Menezes Filho)



Jean Paul Sartre é o fundador do existencialismo ateu com a obra L'Être et le Néant, escrita em 1943.

Segundo ele a existência precede a essência, ou seja o homem primeiro…

Continuar

Adicionado por Zélia Mendonça Chamusca em 30 setembro 2011 às 15:30 — 1 Comentário

POEMA AMOR PORQUE TE PERDI





Entraste sem pedir licença

Nem dei pela tua presença

Iludiste-me de forma leviana

Beneficiaste do meu…

Continuar

Adicionado por joaquina vieira em 30 setembro 2011 às 13:42 — 1 Comentário

Confesso

Continuar

Adicionado por Sueli Fajardo em 30 setembro 2011 às 12:27 — 3 Comentários

VIDA



Aos tropeços pela vida tenho vindo,

Colhendo flores, pedras e espinhos...

Vivendo dias de amargura,

Noites de tempestade

E tempos de ventura...

Tenho…

Continuar

Adicionado por Maria Luiza Silveira Teles em 30 setembro 2011 às 12:18 — 2 Comentários

Sobras

Sobras…

Continuar

Adicionado por Sueli Fajardo em 30 setembro 2011 às 12:00 — 1 Comentário

Projeção é Danação





Acho que todos sonhamos com alguém,

Que, de nós, cuide muito bem...

Tome…
Continuar

Adicionado por Claudio Poeta em 30 setembro 2011 às 6:30 — Sem comentários

O Maravilhoso Mundo da Música - violão, solo

            Poderia ficar escrevendo. 

            Mas não.  Este violonista é Antonio Pecci Filho, mais conhecido pelo apelido.…

Continuar

Adicionado por Jorge Cortás Sader Filho em 30 setembro 2011 às 3:32 — 5 Comentários

DESEJO DE AMOR

DESEJO DE AMOR

Marcial Salaverry





Sentindo aquele desejo de amar,

amar e longe não querer ficar...

Ficar abraçado,

abraçado com beijos colados...

Colados os corpos, e desejar,

Desejar com o olhar,

olhar, desejando tudo beijar...

Beijar com um doce querer,

querer te ter...

Ter-te, é um desejo quente,

quente, é um desejo urgente,

urgente, e não tem mais jeito,

jeito para ser satisfeito...

Satisfeito, enquanto… Continuar

Adicionado por Marcial Salaverry em 29 setembro 2011 às 22:15 — 3 Comentários

SER ALENTEJANO

SER ALENTEJANO ( QUADRAS )



Tenho um orgulho intenso

De ter nascido alentejano

Olho este campo imenso

... Daqui perto do oceano



Ser alentejano é para mim

Uma honra e um prazer

É preservar até ao fim

O que melhor há para ver



O alentejo é um mundo

Que a todos quero mostrar

Venham ver isto a fundo

De certeza que vão gostar



Tem praias maravilhosas

Tem campos com seus trigais

Tem paisagens tão formosas… Continuar

Adicionado por Jorge Manuel Brites Pereira em 29 setembro 2011 às 22:03 — Sem comentários

DIA DO POETA VIRTUAL

Adicionado por Alvaro Sertano em 29 setembro 2011 às 22:00 — 1 Comentário

REDENÇÃO=Alvaro Sertano

Alvaro Sertano"REDENÇÃO"!



REDENÇÃO!



Trinta moedas...

Tropeços... Quedas,

entre a…

Continuar

Adicionado por Alvaro Sertano em 29 setembro 2011 às 21:59 — 2 Comentários

RECORDANDO-Alvaro Sertano



Alvaro Sertano"RECORDANDO"!



 

 

Alvaro Sertano.."A Face do Amor"![Poemas]

RECORDANDO!



Diante de mim, a neblina

vultos indivisíveis...

cálidos... gélidos...

Na mente…

Continuar

Adicionado por Alvaro Sertano em 29 setembro 2011 às 21:52 — 2 Comentários

Legião no Rock in Rio







Sou obrigado a registrar em poesia,

A entusiasmante maravilha,

Que foi a épica…
Continuar

Adicionado por Claudio Poeta em 29 setembro 2011 às 21:46 — Sem comentários

ANTECIPANDO A PRIMAVERA

O clima de setembro em Brasília, antes das chuvas, lembra o deserto do Saara.

Dentro do carro a coisa piora. Não há ar condicionado que dê jeito. Embora resfrie tem como efeito colateral deixar o ar ainda mais seco. Fica difícil respirar.

Estou próximo ao destino. Quase cinco. A loja deve estar… Continuar

Adicionado por Nilson da Cunha Gonçalves em 29 setembro 2011 às 21:06 — 7 Comentários

Queremos "paz".

 

 

Queremos paz. Falamos de paz. . .

E onde está a paz que almejamos?

Será que realmente a buscamos?

Ou uma negativa nos apraz

 

Que venha a paz como bonança. . .

Seja nas mãos que oferecem flores,

Seja na beleza de todas as cores

Ou na inocência…

Continuar

Adicionado por Wilson Carlos Roberto em 29 setembro 2011 às 21:00 — 1 Comentário

Arquivos mensais

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...