novembro 2016 Posts no Blog (273)

Pressentimento

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 30 novembro 2016 às 22:17 — 2 Comentários

QUERIDOS AMIGOS

AGRADEÇO AOS QUERIDOS AMIGOS PELAS FELICITAÇÕES POR OCASIÃO DE MEU ANIVERSÁRIO. NÃO OS AGRADEÇO UM A UM POIS ANDO COM DIFICULDADE DE ACESSAR A INTERNET. APROVEITO QUE HOJE ESTOU COM SINAL PARA AGRADECER-LHES EM CONJUNTO.

OBRIGADO 

ISABEL VARGAS…

Continuar

Adicionado por Isabel Cristina Silva Vargas em 30 novembro 2016 às 22:12 — 3 Comentários

EXORCISANDO POEMARIO AMORAMAR DE JOSÈ BELTRAN PEÑA

EXORCISANDO LA ANTOLOGIA POÈTICA AMORAMAR DE JOSÈ BELTRAN PEÑA

                                                                POR HUMBERTO PINEDO MENDOZA



Es un antología poética amorosa muy  conmovedora…
Continuar

Adicionado por humberto pinedo mendoza em 30 novembro 2016 às 20:58 — 1 Comentário

MADRUGADA

Adicionado por Eduardo de Azevedo Soares em 30 novembro 2016 às 18:28 — 1 Comentário

LÁGRIMAS DO MEU CORAÇÃO

Adicionado por Eduardo de Azevedo Soares em 30 novembro 2016 às 18:25 — 2 Comentários

JARDINEIRO DA CONQUISTA

Adicionado por Eduardo de Azevedo Soares em 30 novembro 2016 às 18:24 — 1 Comentário

ILUDIDA PELO AMOR

Adicionado por Eduardo de Azevedo Soares em 30 novembro 2016 às 18:19 — 1 Comentário

Confissões de um aprendiz de escriba _VII

VII



Quarta-feira no segundo dia de novembro - Dia de finados. Gordinho, o eletricista desempregado emprestou-me quinze reais que comprei uma lata de dissolvente e um litrinho de querosene. Dei um banho dessa mistura no portão e vamos ver se desta vez seca até amanhã.

  Minha cunhada com uns maços de velas pergunta-me se não acenderei vela para os meus entes queridos. Balanço a cabeça negativamente. Estou deveramente perturbado com todas essas circunstâncias negativas que meu…

Continuar

Adicionado por Raimundo Nonato Rodrigues em 30 novembro 2016 às 17:13 — 1 Comentário

SOBETO DAS ROSAS

Rosa, toda esplendorosa és relicário

do amor, vaidosa, da pureza irradia

os mistérios da noite nua em magia

narrando cheiro do seu santo sacrário



Toda luzidia, ardente e ímpar, todavia

deveria manter-se intacta, anti horário

pois de fado romântica é tão temerário

sua fugacidade, que no tempo jazia



Derradeira amante, de plural cenário

atraente, tentadora como amada guia

sustenta a fascinação sob seu velário



Rosa desejada,… Continuar

Adicionado por Luciano Spagnol em 30 novembro 2016 às 17:13 — 1 Comentário

Toda a sua procura

Toda a sua procura



Silencio

tão mal ouviste o retumbar, os ecos tristes

que brotam

de um triste coração,

a busca…

Continuar

Adicionado por SorrisodeRosas em 30 novembro 2016 às 15:58 — 3 Comentários

ESTRELAS VERDES



Eram todos pequeninos verdes astros que iluminaram a Terra, alegraram multidões, aprenderam lições e deram seus recados milhões...…

Continuar

Adicionado por Maria das Graças Araújo Campos em 30 novembro 2016 às 14:37 — 2 Comentários

Aqui estou

 

E aqui estou, depois de seguir tantos caminhos,…

Continuar

Adicionado por Mariangela Nunes Pamplona em 30 novembro 2016 às 14:00 — 4 Comentários

TODA JORNADA TEM FIM !!

Toda Jornada Tem Fim !!

Quando as lágrimas rolarem em teu rosto 

E não puderes sufocar,

Penses e…

Continuar

Adicionado por Suely dos Anjos em 30 novembro 2016 às 11:47 — 2 Comentários

¡¡¡ ENAMORADO DEL SILENCIO !!!

 

 

¡¡¡ ENAMORADO DEL SILENCIO !!!

 …

Continuar

Adicionado por Críspulo Cortés Cortés em 30 novembro 2016 às 7:01 — 2 Comentários

MEU AMOR DO LIVRO - Poesia nº 50 do meu primeiro livro "Em todos os sentidos"

Na tua distância, assim eu me procuro

Sem saber que por ti, fui deserdado.…

Continuar

Adicionado por Eduardo Eugênio Batista em 29 novembro 2016 às 21:30 — 2 Comentários

FERIDA DE AMOR - Poesia nº 51 do meu primeiro livro "Em todos os sentidos"

Não há mais o ontem depois que amanheço,

Porque lá estão as minhas feridas,…

Continuar

Adicionado por Eduardo Eugênio Batista em 29 novembro 2016 às 21:30 — 3 Comentários

Desentendimento

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 29 novembro 2016 às 21:00 — 1 Comentário

SONETO DE MI SOLEDAD Autor José Santiago

SONETO DE MI SOLEDAD por José Santiago

                             

Ay, Soledad, amiga…

Continuar

Adicionado por José Santiago em 29 novembro 2016 às 20:30 — 2 Comentários

É na vida.....

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 29 novembro 2016 às 20:00 — 2 Comentários

Confissões de um aprendiz de escriba _VI

VI



   Terça-feira, primeiro dia do decimo-primeiro mês de 2016 - Encontrou-me numa complicada situação, numa verdadeira sinuca de bico. Tudo conspira contra-mim. ´Sempre foi assim, mas Deus é grande! Dona Helena veio pedir para pegar o portão, raspa-lo e repinta-lo com uma outra tinta com secura rápida. Tudo bem, porém há uns probleminhas. Estou sem um tostão nem para pagar Gabi para trazê-lo ou comprar atinta e o querosene. Che situazione! E agora sou refém dos meus próprios…

Continuar

Adicionado por Raimundo Nonato Rodrigues em 29 novembro 2016 às 18:01 — 1 Comentário

Arquivos mensais

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

1999

Membros

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...