Blog de António Manuel martins Miguel (1)

A TI MULHER

MULHER, quem és tu?

 

Quem és tu?

De onde vens e para onde vais?

Tu, que deste ser aos meus pais.

E a mim, que nasci nu?

Quem és tu, ser sublime,

Que tens quem não te estime?

Tu, ser divino,

De força estoica,

Que sobrevives tantas vezes,

és heroica.

Ao amor que não tens.

São tantas as mães.

Ao sacrifício que padeces,

E não mereces.

Do amor que te recusam,

Os que de ti…

Continuar

Adicionado por António Manuel martins Miguel em 8 março 2016 às 7:46 — 2 Comentários

Últimas mensagens do blog

Mensagens do blog mais populares

Arquivos mensais

2016

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...