Blog de Ana Maria Teixeira Freitas -- dezembro 2016 Arquivo (1)

Natal

Natal

 

fosse Dezembro Junho Setembro o Sol

Janeiro Julho Fevereiro a Esperança

Março Abril Maio a Flor

e assim o ano inteiro

num renascer perfeito

 

a Vida acordaria

dos destroços da guerra

das casas saudosas vazias de homens

dos lares inquietos pelos filhos que partiram

das casas angustiadas sedentas de trabalho

dos lares tristes à míngua de pão

 

um sorriso rasgado…

Continuar

Adicionado por Ana Maria Teixeira Freitas em 5 dezembro 2016 às 16:57 — 4 Comentários

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço