Blog de Etelvina Gonçalves da Costa (216)

minha ausência

Venho dizer que a minha saúde se tem ressentido muito com as altas temperaturas do meu país especialmente onde vivo.  Nao estou em condições para elaborar meus poemas e vir aqui acompanhar todos os trabalhos  aqui expostos Estou a fazer exames pois há necessidade de regularizar o desconforto o mau estar ..que me têm provocado as altas temperaturas.Breve assim o desejo voltarei com a regularidade habitual  Até breve  Muito obrigada pela vossa compreensão bjos .

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 21 junho 2017 às 18:58 — 1 Comentário

Vencida

Poema minimalista

De…

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 16 junho 2017 às 13:47 — Sem comentários

Transformação

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 15 junho 2017 às 6:00 — Sem comentários

Concomitância do prazer e do pecado

Concomitância do prazer e do pecado

 

Nessa perspectiva…

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 14 junho 2017 às 16:00 — 1 Comentário

Perdida na nostalgia

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 14 junho 2017 às 16:00 — 2 Comentários

Falar do primeiro amor

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 14 junho 2017 às 14:00 — 2 Comentários

Visão do amor

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 13 junho 2017 às 14:00 — Sem comentários

És tu

  …

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 3 junho 2017 às 20:00 — 2 Comentários

Poesia

A poesia

DE…

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 3 junho 2017 às 18:00 — 3 Comentários

A viagem da felicidade

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 30 maio 2017 às 19:30 — 2 Comentários

Procura-me

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 28 maio 2017 às 16:30 — 2 Comentários

Confesso

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 27 maio 2017 às 18:30 — 2 Comentários

explicação sobre este tema

Peço que me entendam pela diversidade de tipo de letra que contem o poema este poema que me diz muito pois me fala das minhas recordações de África meu paraíso  minha palmeira minha boneca de pano  a representatividade do paai Natal que desde muito cedo descobri ser uma fantasia pois encontrei papai escondendo minhas prendas ,,, afinal papai er o meu pai natal

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 26 maio 2017 às 17:22 — Sem comentários

Deste poema de amor que te estou a dedicar

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 21 maio 2017 às 20:30 — Sem comentários

O azul da janela das minhas ponderações

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 21 maio 2017 às 19:30 — Sem comentários

Um caso de poesia

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 19 maio 2017 às 18:00 — Sem comentários

duplix e triplix









Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 19 maio 2017 às 17:35 — Sem comentários

Hesitações

Continuar

Adicionado por Etelvina Gonçalves da Costa em 19 maio 2017 às 11:30 — 2 Comentários

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...