Blog de Antonio Cícero da Silva (40)

Ser criança

Ser criança...

é ser sapeca, ser ousada,

sempre risonha e inocente.

Ser criança é ser formosa

e para ela, tudo é festa,

tudo é alegria...

é não se importar

com nada na vida,

é viver em tempo florido,

sempre misturando

a realidade com a fantasia.

A criança canta e pula

e freneticamente dança,

é o futuro em desenvolvimento,

é o formador do amanhã...

Autor: Antonio Cícero da…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 12 outubro 2017 às 22:48 — Sem comentários

Terrível saudade

É terrível a saudade

que eu sinto por você

falo com sinceridade

que muito preciso te ver.

Saudade é sentimento por falta

de quem a gente ama

que quando de nós se afasta

o coração muito reclama.

A saudade terrivelmente a…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 27 agosto 2017 às 19:38 — 2 Comentários

Encontrar com você

Encontrar com você

Numa praça da cidade

Foi uma maravilha

E ficamos contentes.

Quando te encontrei

Meu coração se abriu

Para o teu amor

Que comigo se afeiçoou.

O dia tornou-se mágico

Tudo parecia fantasia

E entre beijos e abraços

Nos beijamos sem embaraços.

Encontrar você

Para mim foi um belo prêmio

De valor inigualável

Porque somos estáveis.

Autor:…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 28 abril 2017 às 20:43 — Sem comentários

Renovação

É o efeito de renovar

procurando novos horizontes

e mágoas no coração, jamais guardar.

Autor: Antonio Cícero da Silva(Águia)

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 28 abril 2017 às 20:36 — Sem comentários

Amo com sinceridade

Amo com muita sinceridade

a mulher da minha vida

por ser a minha beldade

é estrela esclarecida.

O meu amor é sincero

é legítimo e real

e assim muito eu quero

por ser para mim a ideal.

Ela é para mim uma dádiva

por fazer-me muito bem

é a minha estrela Dalva.

Sou para ela homem atuante

e portanto, vivemos tranquilos

e assim, iremos avante...

Autor: Antonio Cícero da…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 23 abril 2017 às 1:02 — 5 Comentários

As nossas palavras

                                                                              As nossa palavras

                                                                           possuem um certo poder 

                                                                             como forem aplicadas,

       …

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 20 abril 2017 às 23:14 — Sem comentários

Meu coração está aberto

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 19 abril 2017 às 23:15 — Sem comentários

É Chuva

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 19 abril 2017 às 23:11 — Sem comentários

Está na hora

Está na hora de revermos

a tudo o de mais importante

para se fazer cumprir as leis,

de igual teor para todos.

Sem se importar com quem,

a justiça precisa ser feita,

punir e corrigir aos errados

de qualquer que sejam

seus níveis ou profissões.

A justiça precisa prevalecer

e o certo, deve acontecer.

Tanto o mais abastado,

quanto o menos favorecido,

ambos estão abaixo das leis

e devem acata-las e…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 30 março 2017 às 0:16 — 1 Comentário

Invasão de espaço

Cada um de nós

possuímos os próprios espaços

Que ao serem invadidos

Tornamo-nos até irritados.

O próprio espaço é um direito

De cada cidadão

Para o seu bem estar

E tranquilidade de coração.

Invasão de espaço

É privação à tranquilidade

Por atingir a alguém

É sempre pura improbidade.

Não devemos atrapalhar

O sossego das pessoas

Isso é muito ruim

Que a nada…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 12 janeiro 2016 às 23:36 — 8 Comentários

Ardente beijo

Quando te beijo

Sinto-me realizado

Com o beijo molhado

Alimenta ao meu desejo.

Deitados lada a lado

Sempre estamos abraçados

E extremamente enamorados

Somos apaixonados.

Com um ardente beijo

Você acende ao meu desejo

E correspondendo ao máximo

Não perco o ensejo.

Selamos gostosos beijos

Com profundo amor e carinho

E assim vamos seguindo

Enamorados com…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 12 janeiro 2016 às 23:26 — 5 Comentários

Eu não desisto do meu País

"Bandeira colhida da internet"…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 3 maio 2015 às 20:33 — 2 Comentários

Ipê amarelo

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 4 janeiro 2015 às 18:36 — Sem comentários

Tudo e mais um pouco

Com você minha doce querida

eu quero sempre mais e mais

pretendo muito estar com você,

em todos os momentos da minha

vida, que és o meu sobreviver.

Sempre tudo e mais um pouco

é o que sadicamente, desejo de você

que é a minha princesa amada

que faz parte do meu alegre viver,

por ter completado a minha vida

e assim vivemos em doce lida.

A vida me presenteou você

que chegou para comigo ficar

e por…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 30 março 2014 às 20:41 — 14 Comentários

A MINHA MÃE

 Arte, Safira...

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 20 novembro 2013 às 23:00 — 9 Comentários

DA MINHA CAMA TE OUÇO

Deitado na minha cama

Com a cabeça sobre o travesseiro

Até ouço o teu chamado

Que faz meu peito fortemente saltar.

Procuro, mas não consigo adormecer

Os olhos secam-se e fico a pensar

Mas ouço o teu chamado

Que me convida para passear.

Será isso verdade?

Será que ela está a me chamar?

Ou estou louco de amor?

Bem! Sendo assim, lá eu vou!

Então me levanto

E vou com ela me…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 17 novembro 2013 às 9:21 — 6 Comentários

NO CIRCO

Fui ao circo

E muito gostei

Lá no picadeiro

Muitas risadas eu dei.

Até participei do espetáculo

O palhaço me chamou

E naquele embalo

Cada espectador vibrou.

Depois fui para a cadeira

A assistir de lá

Aquela gostosa brincadeira

Conseguiu me animar.

Bailarinas e trapezistas

Magia e ilusionismo

Alegria com risadas e músicas

Muitos truques e…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 16 novembro 2013 às 10:43 — 5 Comentários

A TERRÍVEL FOME

Ontem até chorei

Ao ver um menino chorar

Ele estava com fome

E sem condições de se alimentar.

A fome é terrível

O menino estava magrinho

A situação era muito difícil

E sofria, aquele pequenino.

Fiquei estarrecido

Ao ver tamanha situação

Que com apenas couro e osso

O menino chorava sem consolação.

E com tão triste cena

Eu jamais me contive

Também passei a chorar

Ao…

Continuar

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 4 novembro 2013 às 12:00 — 7 Comentários

SONETO A PERNAMBUCO

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 22 outubro 2013 às 20:39 — 4 Comentários

A mais linda das flores

Adicionado por Antonio Cícero da Silva em 20 outubro 2013 às 22:47 — 5 Comentários

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...