O Grande Diálogo do Amor... Act II

José à sua Amada, assim disse um dia:

Não quer ficar juntinho a mim, minha Maria?

Mas – a Amada disse: E se tivermos contratempos

E em nossas caminhadas formos contra os ventos?

Não receies os contratempos – diz-lhe José

Pois junto com o nosso Amor estará sempre a fé

Argumenta a Amada: E se houver tempestade

Nesse nosso caminhar rumo à felicidade?

Até a tempestade vira brisa – José responde

Se o nosso Amor for mesmo verdadeiro e grande

Diz a Amada: -E se no trajeto sobrevier a escuridão

Então a nossa caminhada não será em vão?

Jamais! Exclama José:

- Os 2 unidos un seremos

e com os olhos da visão e do coração veremos! 

E se formos no caminho castigados por forte calor

E não tivermos nenhuma sombra para dispor?

Fique bem tranqüila – lhe diz José – Amante -

Teremos o  frescor  de nosso amor a todo instante

E se formos atacados pelo frio e a fome

Que a tudo e a todos e ao amor consome?

Querida - diz o Amante - Vou apenas lhe lembrar

de que se colhe na estrada o que nela se semear

Porém – E se nos faltar a água como bebida

O que faremos sozinhos na Estrada da Vida?

Ao que José responde: - Amada Minha...

Teremos a água como não falta o vinho à vinha!

Ao que a Amada refuta: - E se nosso amor morrer

Diante de tal infortúnio, o que vai nos acontecer?

Querida – José diz – Assim como existem céu e inferno,

O nosso Amor jamais morrerá – pois é ETERNO!

Para que o Amor acabe, sendo mesmo AMOR

Só se dos Mundos não houvesse um CRIADOR!!!

.......

Oferecendo-lhe um Abraço – o Amante José então –

A segura amorosa e docemente com sua mão

E nos céus o Inventor do Amor que a tudo assistia

Colocou ainda mais luz no Sol e na Lua de cada dia!!!

...

by: Zeca Feliz - gaDs!

 

zkf


zkf

Exibições: 27

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Zeca Feliz Avelar em 20 abril 2017 às 17:31

Obrigado e Gracias por tu Visita:

Margarida Maria et Elias Antonio Almada...

.

SIM - Parezce que essa Maria - sem aforismo - vivencia o Pessimismo!

gaDs

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 20 abril 2017 às 16:51

Zeca, se eu fosse a "Maria" não seria tão pessimista. 

LINDÍSSIMO.

Comentário de Elías Antonio Almada em 20 abril 2017 às 15:56

Precioso, me encantò

Comentário de Zeca Feliz Avelar em 20 abril 2017 às 1:10

Livita Silva ,,, que mesmo sem ter a vogal "e" = Levita!

.

SIM - Além de Levitar - nos tornas "Levitantes" et... "Livitantes"!!!

.

BeijoZKissessss - gaDS

Comentário de Zeca Feliz Avelar em 20 abril 2017 às 1:09

Antonio Cícero da Silva,,, Querido Menino Poeta "Águia"...

.

Se vale dizer - saiba que sou ainda MAIS teu fãZK!

Mesmo com as saudades de Ti que me faz de P T K!!!

.

Abraços Amigo... Logo retribuo tua gentil visita!

ZKF

Comentário de Livita Silva em 19 abril 2017 às 23:28

Josê e a sua amada Maria...imaginação fértil!

Amei Zeca.

Beijinhos

Comentário de Antonio Cícero da Silva em 19 abril 2017 às 23:02

É a sensibilidade do poeta, a alto bradar ao mundo... Excelente!!!

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Poema ao acaso...

PLATAFORMA LATTES

É possível registrar, para efeitos acadêmicos, os textos publicados no Portal PEAPAZ. Quando se realiza o login na Plataforma Lattes, do lado direito da tela aparece uma janela com a pergunta: "O que você quer registrar?" com a listagem dos tipos de publicações a serem registradas. Entre essas, consta: "Redes Sociais, Websites, Blogs", onde o autor deverá clicar. A partir daí abrirá uma janela, na qual se realizará o registro. É necessário preencher todos os espaços.

Badge

Carregando...
*