De Repente
De Té


Estava só, e prostrada

Cativa do meu retraimento
Ausente de mim
Corola sem haste
Perfume sem cheiro
Caminhando sem norte
Perdida, no nevoeiro denso
Submersa, sob a chuva forte
Arrancada á terra, pelo fúria do vento
Arremessada através do nada
De encontro ao desconhecido
Naufraga perdida

Apenas ouvia gemidos de aves
No furacão das ilusões
De repente
Tudo o que eu pensava ser
Esfumou-se por entre as frestas,
das portadas das minhas janelas

Arrancadas pela fúria da tempestade
Por entre esqueléticos troços, do arvoredo

Pensei ser luz ,e tornei-me escuridão
Mais negra,que a negrura da noite do breu da terra
Apenas por sobre a folhagem ,que ia caindo das arvores
secas e nuas, deslizava a sombra fugidia
De quem eu pensava ter sido alguém ,e o não foi.

DE TÈ Etelvina da Costa

Exibições: 48

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 23 setembro 2017 às 12:24

Muito obrigada Sílvia pelo seu comentário   me agrada sobremaneira sua presença .. Emoção é o que me faz escrever  ultimamente são momentos em que necessitamos mesmo de extravasar nossos sentimentos... obrigada pelo destaque me honra fico feliz..... beijinhos

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 10 setembro 2017 às 3:58

 Querida Etelvina,

Teus versos, a cada dia, são mais emocionantes!

Parabéns e Felicidades!

Beijosssssssssss

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 9 setembro 2017 às 16:44

Muito obrigada Margarida Madruga preso bastante seu comentário no meu trabalho poético bjos amiga poetisa .

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 8 setembro 2017 às 21:24

Etelvina,

Muito especial. Eu leio com embalo da chuva, porque gosto muito.

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 7 setembro 2017 às 6:08

Um prazer receber seus comentários sobre o meu trabalho  muito obrigada caro amigo um forte abraço 

Comentário de Elías Antonio Almada em 6 setembro 2017 às 22:36

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...