SOFRO, CHORO, LAMENTO !

Perdoa-me se sofro !
Dissimulo meu sofrimento
Para em mágoas não envolvê-lo,
Mas não me culpe, 
Pois meu coração não bate lento !

Perdoa-me se choro !
Não gostaria de assim fazê-lo
Só desejo dar-lhe o céu, o paraíso
E muito farei para meu pranto contê-lo !

Perdoa-me se lamento !
Pois o desejo de comigo tê-lo
Torna-se cada vez mais constante 
A espera de para sempre em meus braços envolvê-lo !

Perdoa-me se se sofro, choro e lamento !
E compreenda a razão para tanto ainda
Em tudo isso existe um alma
Que o amo como nunca amou na vida

Suely dos Anjos 
São Paulo , há muitos anos ....

Exibições: 65

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sílvia Mota em 11 novembro 2017 às 21:07

 Belo e emocionante poema, que expõe os sentimentos da alma que sofre, chora e lamenta o muito que perdeu. Parabéns! Beijosssssssssss

Comentário de JOSÉ CARLOS RIBEIRO em 11 novembro 2017 às 11:11

 Lindas palavras aclamativas trazido pelos ventos dos teus lindos olhos acionando um amor que está dentro do coração; poema apaixonante, emoção

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço