Meu amor...

Mesmo já com o meu corpo cansado pelo tempo,
Andarei ao teu lado, navegarei em tuas águas
Nas manhãs de céu aberto ou em dias nublados.
Agasalhar-me-ei em teu manto de paz,
Sem nunca me arrepender do que deixei pra trás.
Caminha ao meu lado até o infinito?
Que fiquem nossos versos pelo mundo escrito
Para que eles inspirem a própria inspiração!
Para que saibam que o nosso amor existe,

Nunca foi uma ilusão e nem um mito...

 

Sandra Galante.

Exibições: 28

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sandra Galante em 13 dezembro 2017 às 11:36

Obrigada querido Dely! Um baita abraço!

Comentário de Dely Thadeu Damaceno em 3 dezembro 2017 às 13:58

Atrasado,mas não esquecido de te ler...Maravilhosos versos!!

Comentário de Sandra Galante em 19 novembro 2017 às 13:35

Sílvia , um super abraço querida! Carinho...

Comentário de Sílvia Mota em 17 novembro 2017 às 1:49

 Eu-poético que ama...

"Caminha ao meu lado até o infinito?"

Lindo!

Beijosssssssss

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 16 novembro 2017 às 22:28

Belo poema Sandra.

Comentário de Elías Antonio Almada em 16 novembro 2017 às 18:20
Muito bom

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço