FAROL

Quando ameaçar faltar-lhe sentido na vida

recorra ao ponto onde se apagou a luz

do farol que norteava o seu destino.

Reveja no diário de bordo o ancoradouro,

Onde nova luz doura as praias do cais!

Exibições: 44

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Maria-José Chantal F. Dias em 22 fevereiro 2018 às 14:20

Belíssimo conselho em forma de poesia pura.... todos o deveríamos aplicar 

Belo Poema!

Parabéns Poeta Mauro Martins Santos 

Beijos de poesiaaaaa

Chantal Fournet

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 13 fevereiro 2018 às 20:23

LINDO Poeta!

É reconfortante: "... nova luz doura as praias..."

Comentário de Elisiário Luiz em 13 fevereiro 2018 às 16:55

 Realmente temos estar sempre que possível em alerta às adversidades que nos impõem

...um belo empenho parabéns amigo! Fique Bem!

Comentário de Mauro Martins Santos em 13 fevereiro 2018 às 15:48

Obrigado amigo Almada pela gentileza da leitura e honrosas palavras. Forte e fraternal abraço!

Comentário de Elías Antonio Almada em 13 fevereiro 2018 às 12:12

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço