Benéfica

Em nossa vida nos aprisionamos

em nós mesmos. - Por quê?

São recursos da mãe

natureza, para nos

poupar de maiores

dores. Nossos mestres

também ficaram  reclusos,

dando um tempo, para que não

fossem atingidos  em suas saúdes,

espirituais  e carnais. Jesus praticava

seus longos jejuns. Paulo se prendeu

literalmente em sua própria casa,

na cidade de Roma, pelo  período de dois anos.

Os  pais  do nosso  Mestre Jesus se insularam

no   deserto,  motivados  pela perseguição.

Assim procedem os homens  e mulheres,

sempre  ocultando-se  em suas dores,

causadas pelas frustrações dos sofrimentos

que lhes proporcionam a vida mutuamente

no convívio humano, sendo que, são

motivos para  nossos aprendizados.

Às vezes a água se turva, mas o filtro

da  purificação, o  espírito do amor divino,

está sempre nos esperando para nos purificar.

Jamais esqueça querido anacoreta, você deverá

ser  bebido, degustado, foi para isso que veio

parar neste planeta, para se doar

completamente, mirando-se

sempre em Jesus.

Que Deus na sua plenitude

possa  devorá-lo  pelo seu

interior  com  o seu divino

amor sem  menor intervalo.

Saudações fraternais

jbcampos

Exibições: 18

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Jbcampos quinta-feira

Comentário de Elías Antonio Almada quarta-feira

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço