Sinto falta da sua presença
Sinto falta da sua oração,
Sinto falta da sua alegria
Sinto falta do seu coração.

Sinto falta do seu corpo
Sinto falta do seu cabelo liso,
Sinto falta da sua voz
Sinto falta do seu sorriso.

Sinto falta da sua amizade
Sinto falta dos seus desejos,
Sinto falta do seu espirito
Sinto falta dos seus beijos.

Sinto falta do seu olhar
Sinto falta do seu querer,
Sinto falta de alguém
Sinto falta de você.

Exibições: 32

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 5 julho 2018 às 21:29

Eu aprendi a me contentar com o que tenho e agradecer.

Não sinto falta de nada.

Lindo poema.

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 24 junho 2018 às 14:27

o ser humano é  um insatisfeito faz parte da sua natureza quer sempre mais e mais ,são plantaformas atingidas e procuradas incessantemente sempre algo que os não completou sente sempre a falta muitas vezes sem saber ao certo o que procura é próprio da insatisfação é uma procura que se pode considerar como um bem pleno mas atingir a plenitude das suas necessidades é constante nunca termina . Assim o  ser humano vai evoluindo numa procura incessante umas vezes essa procura é a necessidade  de ir ao encontro do que já conhece outras é um apelo a algo desconhecido .

Gostei desta sua abordagem a algo que sempre nos falta  parabéns poeta .

Comentário de Elías Antonio Almada em 20 junho 2018 às 14:24
Excelente. Parabens

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço